DOIS IRMÃOS

Ufa, agora com muito pouco tempo, um novo trabalho, e tantas outras preocupações, fica difícil encontrar tempo e ânimo para escrever qualquer coisa.  Mas não poderia ficar alheio, e nem estou, a tudo o que vem ocorrendo no campo político do nosso país.

Principalmente nos últimos acontecimentos que se apresentaram  recentemente e que chocaram, (não a mim) toda a opinião pública.  A bomba gravada e filmada por dois irmãos donos da JBS .

Eles fizeram um acordo com o MPF e apresentaram gravações onde Temer praticamente confessa crimes e Aécio também.  Certo...!  Até ai tudo bem!  O MPF aceitou o acordo e os tais irmãosinhos ganharam imunidade.  Não pagarão pelos crimes que cometeram e se safaram numa boa.  Até ganharam dinheiro aplicando em dólares antes da explosão da bomba e, devem ter faturado alto na venda em alta logo no dia seguinte...jogo rápido e lucrativo.

Sendo assim, deixaram todos se matando por aqui e foram pra Nova York curtir a vida adoidado.

Bem,... eu achei meio estranho tudo isso, embora não goste do Temer, nem do Aécio, aliás, como tenho demonstrado em meus textos nesse blog, sou contra todos eles indistintamente.

Só que estou sentindo o cheiro de uma enorme armação nessa história onde todos os bandidos resolvem se matar.

Sabemos que Lula pode ser preso a qualquer momento. Sabemos também que, se ele for condenado em primeira instância, não poderá se candidatar a nada.  Dessa forma, o que me parece ter acontecido, foi um acordo entre o PT e os irmãos da JBS para que esses, já mesmo envolvidos nos recentes escândalos da Lava Jato, pudessem sair ilesos e com algum de lucro, além de ajudar "os amigos" e, como de hábito, receberem uns extras mais à frente.

Minhas suspeitas são de que:  Ao denunciarem Temer, mesmo com provas aparentemente forjadas e editadas pelos dois, iria derrubar o Presidente interino e também inviabilizar a candidatura de outro opositor, o Aécio.  Lógico que teria que haver alguma acusação ao próprio PT para não dar muito na cara, embora essas sem provas concretas e sim, apenas as costumeiras delações.

O PT, dessa forma, articularia uma grande movimentação de massas com os apoios costumeiros e levando junto, boa parte da população até mesmo os anti-petistas que, já cansados de tanta criminalidade, em busca de pressionar para que haja eleições diretas e não indiretas como prevê a Constituição em casos assim.

Lógico que com o apoio dessas massas, haveria algum vacilo do Congresso em aprovar algo nesse sentido, mesmo porque esse Congresso é há muito, considerado inapto a assumir qualquer eleição entre seus membros com tantos já denunciados, ou em vias de ser.

A aposta seria nesse sentido, derrubar o atual Presidente, em seguida fomentar manifestações em favor de diretas e, conseguindo, Lula pode se candidatar com boas chances de vencer e postergar por mais 4 anos a sua prisão, já que, como Presidente, não poderia ser processado por crimes cometidos anteriormente ao seu mandato.

E em 4 anos, pode-se fazer muita coisa como mudar muita gente de lugar.  Aparelhar instituições, comprar favores, enfim, é tempo pra cacete.

Não estou acusando ninguém ainda, até porque isso tudo é apenas uma suposição em vista dos fatos que tenho presenciado.  As complexidades também foram suprimidas, simplificando as intenções.

Só acho estranho que agora venham dizer que as tais gravações foram editadas, e isso pode sim, mesmo ilegais, inviabilizar e até exterminar o governo de turno.

Acho que os "dois irmãos"  da JBS devem retornar e prestar mais esclarecimentos, ou ainda terão que vir para preencher mais algumas lacunas.   Se um crime ou crimes são cometidos para punir outros crimes, esses, também devem ser punidos, mas sem deixar o primeiro impune.

É o que penso!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS