Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

ARGILA SÍRIA

Imagem
Fico imaginando a cena;  Dezenas de pessoas correndo, homens, mulheres, crianças, idosos, enfim, para onde se olhe, pessoas correm desesperadas sem saber exatamente para onde.
Explosões intensas são sentidas, daquelas que fazem o chão tremer a ponto de se perder o equilíbrio e cair.
Não se consegue então enxergar direito, pela poeira levantada e pelo crescente desespero que se sente ao ouvir os gritos de dor.  As pedras lançadas para todos os lados rebatem no corpo com violência causando lesões que não doem de imediato, mas nos fazem sentir que estamos feridos.
Aqui e ali, vultos de corpos estendidos pelo chão, alguns se contorcendo, outros já imóveis sepultados pela lama de pó e sangue.
Pensamos naqueles que nos são caros, filhos, pais, amigos, não importa. Nesse momento em que a princípio o instinto de sobrevivência clama atenção, forçosamente nos vem às imagens de nossos mais caros entes. A angústia de ter que decidir para onde ir, para onde correr, onde buscar refúgio se agora alg…

LIMITES, VÉUS, DESTINOS...TEMPO.

Imagem
É sempre a mesma coisa. Lá vem você de novo. Correm os dias, passam-se as noites, até que, sem motivo algum, fico nesse estado. Pensativo, introvertido, sentindo que falta algo...ou alguém.
Não consigo me concentrar em nada, não posso ficar parado tampouco. Sinto saudades de algo que não aconteceu, de um tempo que não vivi, de um momento que simplesmente não existiu. Nunca existiu, mas filhadaputamente não sai da minha cabeça!

Volto às lembranças das conquistas passadas, mas nada!  Nenhuma em especial pra chamar a atenção. Todas vazias, passageiras, efêmeras....!

É inverno e apesar das estepes estarem ensolaradas, a neve pesa sob as garras já cansadas. Apesar do brilho do sol, a imagem ao redor é perturbadora. Você está perto agora, eu sinto isso.
Que se foda o destino. Já estou cansado de esperar pela porra do destino. Essa merda que criaram para justificar uma espera insana, uma resignação forçada, uma aceitação absurda de que tudo tem seu tempo, seu lugar, sua hora!

Já escrevi aqui…

OLHANDO O TEMPO

Imagem
Fim de tarde de domingo ensolarado. Lá vou eu garimpar algumas pérolas musicais no youtube. Hoje em especial, lá pelo início dos anos 80. Época maravilhosa.  Acho que toda época é maravilhosa quando se tem seus vinte e poucos anos. Época de curtir. Curtir os estudos, o trabalho e principalmente a ebulição hormonal. Nesta época em que o tigre corre as estepes, domina seu território, busca infinitamente a tiguesa certa, mas enquanto não encontra essa certa, vai traçando as erradas mesmo!

Talvez alguém se lembre dessas pequenas fissuras, talvez outros não, que importa? Eu me lembro e isso já me basta.

Eis a seleção das 10 escolhidas!  Algumas marcaram momentos, já outras, apenas à própria época!

10 sucessos nacionais!

1 -  http://www.youtube.com/watch?v=wxIERN5-E8U&feature=related

2 - http://www.youtube.com/watch?v=nO5WTc1Z7k0

3 - http://www.youtube.com/watch?v=wU1Th2te5-0&feature=related

4 - http://www.youtube.com/watch?v=HJW5ftPMoAU&feature=related

5 - http://www.youtube.co…