Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

MASSA CRÍTICA

Quanto tempo ainda teremos que ficar expostos a atos bárbaros como esse que vitimou essa dentista em  São Bernardo do Campo?  Não existe possibilidade de fugir da notícia. Todos só falam nisso. Todos os canais, internet, jornais, insistem em mais esse espetáculo medonho protagonizado por um playboysinho safado.
Tenho a mais profunda convicção de ser contra a pena de morte, mas diante de casos como este em que requintes de crueldade foram expostos acima de qualquer limite imaginável de verdadeiros selvagens, não dá pra se ficar com cara de paisagem.  Sou a favor da prisão perpétua nesse país.  O Brasil, como Nação, tem o dever de implantar a perpetualidade das penas para crimes desse molde. A situação só vem piorando dentro daquilo que eles, os delinquentes, acham que mais cedo ou mais tarde, acabam se livrando das penas.
Não há mais o que se discutir. TEM QUE SE APLICAR antes que mais pessoas sejam trucidadas de formas absolutamente indescritíveis.  É preciso cobrar dos governos atitu…

PARECE, MAS... É

Alguns devem se lembrar de uma antiga propaganda de um "anti-caspa" que acabou virando um bordão popular nos anos 70. Um  tal de "denorex" . -"Parece, mas não é"  dizia!
O que vemos hoje em dia nos meios governamentais é algo parecido, só que por outros sentidos.

O surrealismo de certas apresentações nos é enfiado pela goela numa sequência quase enlouquecedora. Fruto do descaso e da ignorância em grau avançado da grande maioria da população. Terreno fértil para se semear os arbustos daninhos do populismo.

O brasileiro sempre se contentou com pouco, pouquíssimo mesmo. Acostumado sempre a acreditar, a confiar, a ter fé, enfim, uma credulidade quase cretina ao ponto de se submeter respeitosamente a aqueles que deveriam sim, cobrar, não agradecer.

Existem diversas formas de se começar uma ditadura. Não aquela ditadura clássica com seus horrores dramáticos, mas aquela ditadura que castra com xilocaína!!! Do morcego que chupa o sangue enquanto abana as asinhas…

VACAS GORDAS, VACAS MAGRAS

Depois do rebanho ter finalmente alcançado alguma maturidade. Ter ganhado peso e alguma expressão em tonelagens, fruto de trabalhos feitos por diversos veterinários e seus diagnósticos mágicos, a manada parece ter conquistado seu espaço nas planícies verdejantes.
O leite e a carne que fornecem, foram valorizados; não pela qualidade em si, mas pela queda repentina e acentuada de outros rebanhos! A condução do gado foi mantida, porém, mais uma vez os veterinários foram substituídos de forma relapsa. Muitos nem eram veterinários, mas sim, borracheiros, sapateiros, enfim, qualquer outra função não compatível, mas de prêmio pelos apoios à chegada dos novos proprietários da fazenda.
Como primeiro resultado, a infestação de "parasitas" em todo o rebanho que, apesar de forte e vistoso, começa a sentir os efeitos de tantos carrapatos em seu pobre couro. Sugam-lhe as energias de forma consistente e metódica. Os resultados, como não poderia deixar de ser, começam a aparecer.

A produção…

OVOS DE DRAGÃO

Interessante uma passagem que assisti há alguns anos num programa humorístico onde o sogro tentava ensinar o genro alguma coisa sobre finanças e economia. Segundo ele, "- inflação; é quando o dinheiro que está em seu bolso não vale nada; e recessão, é quando o dinheiro vale, mas ele não está no seu bolso.
É engraçado realmente!  Mas ao nos relembrarmos daqueles idos do final da década de 80 do século passado quando o dragão incendiava milhões de brasileiros com taxas até de 80 %  ao mês, a vontade de rir parece acabar.

Muitos jovens não sabem o que significa uma inflação descontrolada. Nem conhecem aquelas maquininhas de etiquetar preços no comércio.  Raramente as vemos em ação. Antes, eram verdadeiras metralhadoras.

Mas fazem parte de tristes lembranças de uma época de sufoco que ninguém quer mais que volte.  No entanto, o monstro parece ter deixado alguns ovos escondidos nas profundezas. Tal qual um grande lagarto que desaparece dando a impressão de extinção, mas que, bastando …

ESTUPIDEZ QUE MATA

Um assunto que muito tem sido discutido nos últimos dias, é sobre a possibilidade ou não de se reduzir a maioridade penal.  Recentemente um rapaz, um estudante, que mesmo não esboçando qualquer reação foi assassinado, por um moleque em vias de se tornar maior, e, portanto, de acordo com a lei, sem a  posse de suas plenas faculdades mentais como adulto!  Poderia ser meu filho, poderia ser seu filho, poderia ser até qualquer um de nós, como são selecionados milhares todos os anos no Brasil, para morrer nas mãos de bandidos.

A polêmica fica para o lado da questão jurídica. "É possível mudar a lei para que um menor seja punido a exemplo de um adulto? Embora, é evidente, de forma diferenciada, mas justa e dura?

Fiz então, algumas verificações de memórias. Lembrei dos meus 14, 15, 16 anos!  Lembrei das molecagens que fazia, assim como todo mundo faz, afinal de contas, ninguém é santo!  Mas todo mundo tem "consciência"  todo mundo tem sim, discernimento para analisar o certo e…

TIJOLO ECOLÓGICO - PARCERIAS E CONCORRÊNCIAS

Política é um troço chato, eu sei.  Mas existe em todos os lugares do mundo. Além disso  nos envolve muito mais do que pensamos. Qualquer um exerce a política o tempo inteiro; seja colocando seu ponto de vista sobre determinada questão,  uma conquista amorosa, uma venda, enfim, em qualquer atividade em que precisemos interagir com outras pessoas.  Até uma pessoa tímida e absolutamente calada exerce algum tipo de política, ao menos para demonstrar o que deseja.

Não gosto muito de misturar meu lado pessoal com o profissional, mas tenho que reconhecer que quase sempre é necessário. Afinal de contas, um acaba de certa forma interagindo com o outro em quase todos os momentos.

Trabalho fabricando um produto com a melhor qualidade que me é possível. Sei que não consigo chegar à perfeição, isso me frustra às vezes, mas continuo tentando. Cometo erros, de certa forma até absurdos. Mas faço o possível para corrigi-los porque acho que é da minha natureza não magoar ninguém, seja em que campo for…

A ROSA DE PYONGYANG

Existem muitas e variadas especulações sobre o desenrolar do problema na península coreana. Ao que parece, ninguém quer dar muita atenção às provocações e exageros de Kim Jon un. Uma delas, é sobre o que ganharia esse gordinho tirano safado se seu país saísse vitorioso de um hipotético conflito com a nação mais poderosa do planeta e seus aliados também poderosíssimos.  Tá na cara que é blefe, ao menos até agora. Me parece que esse paspalhinho comunista ainda não se situou. Não sabe direito onde está, nem com quem está arrumando encrenca.  Se os chineses, eles próprios aliados dos norte-coreanos já estão de saco cheio justamente agora que já possuem 300 milhões de milionários num PAIS COMUNISTA, o que é de se admirar.  Comunismo é bom para se ficar no poder e ser dirigente.  Mas descobriram agora um método mais adequado para se exercer um new-comunismo.  O capitalismo.!!!!

Bem.  Kim Jon "Wayne" é bem capaz de ficar tão humilhado frente às respostas que lhe vem todos os dias q…

GUERRA NA BLOGOSFERA

Talvez seja uma visão meio deturpada, mas é a minha visão. Nesses dias, deixei de acompanhar e comentar num dos melhores blogs que conhecia na internet. Melhor, porque seu criador, o Jornalista Ricardo Kotscho sempre postava assuntos amenos, sobre vidas, sobre histórias humanas, sobre gente!
Outro detalhe, talvez o mais importante. Inicialmente o blog não tinha moderação. Com isso, dezenas e dezenas de pessoas foram chegando e também se enturmando. Conheci pessoas incríveis naquele verdadeiro Baláio como ele mesmo batizou o blog.  A visão humanista, os comentários quase sempre tolerantes, enfim, mais se aprendia sobre coisas e circunstâncias do que se ensinava. Todos temos algo a ensinar e muito a aprender. Faz parte da vida.
O blog seguia conquistando cada vez mais adeptos dessas leituras leves, emocionantes, cativantes mesmo.
Como dizia um amigo de lá - " o único blog que tinha alma"!

Existiram madrugadas de discussões, de conflitos ligeiros, de debates mais acalorados que…

PARA ATRAVESSAR A RUA

Dizem que ao se atravessar uma rua, deve-se olhar para os dois lados. Faz sentido? Faz, é evidente. A menos que se tenha por objetivo acabar com a própria vida e levar problemas sérios à terceiros que não tem nada a ver com seus problemas.

Mas essa não é a questão. A questão é a "lógica".  Me lembro de uma grande emoção de pai quando uma de minhas filhas, a mais nova, ouvindo uma explicação minha sobre...(nem me lembro o assunto), uma determinada questão;  Ela, com seus 8 aninhos à época,  fez aquela carinha de quem ponderou no que eu disse, e , por fim, exclamou; -" é pai...faz sentido" -  É sério, me senti como quando ela deu seus primeiros passos.


Poucos meses atrás, um promotor de vendas de máquinas e equipamentos, visitando minha fábrica, se dizendo membro da ABNT e, portanto, descalçando as sandálias da humildade, interrompeu minha argumentação sobre a necessária responsabilidade no quesito preparação de massa como fator determinante da qualidade do produto f…