Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

E SEU NOME É "PAULO"

Não que tenha nada errado com o nome! Mas os "Paulos" que conhecí, sempre foram ou são figurínhas interessantes. Dígnas de se pretender associar os nomes.
Tenho um primo (casado com minha prima de sangue) com esse nome.
Um excelente advogado! Ao menos na opinião dele, que como todos os advogados, exercem esse "facínio" pelo próprio égo! Mas uma excelente pessoa. Apesar da profissão!

Parece ter uma certa "dificuldade" em se entrosar com um elemento da natureza conhecído por "fogo".
Quando este ainda namorava minha prima, e esta fazía as unhas, ele "teimou" que a "acetona" não éra combustível, e derramando sobre a coxa, ríscava o isqueiro por sobre ela. O resultado foi difícil de descrever.
Há pouco tempo, demonstrava para seu filho, como se acende uma churrasqueira, ou melhor, como NÃO se acende uma churrasqueira, e sim, como se depíla um peito até as profundas camadas da "hipoderme".
Acho que…

UM RÁPIDO ENSAIO SOBRE "PODOLOGÍA"

Segundo algumas observações de cunho até de certa forma "grotesco", não deixo de apontar algo de princípio interessante.

A VISÃO DOS "PÉS" NA POLÍTICA GERAL!

Agora que se foi, e dançou o "Pé-de-Valsa", afastado convenientemente pelo grande "Pé-de-Cana", que num momento em que enfiava o "Pé-na-Jaca, indicou a sua pupíla "Pé-no-Saco". A disputa será "Pé-ante-Pé", com o famoso "Pé-na-Cova"!
Se bem que ainda exísta uma certa ameaça oferecída pela humilde "Pé-descalça".
"Pé-na-Cova" depois desses últimos "Pés-D'Águas" ocorridos em São Paulo, aliás Paulo também era apóstolo, o que me lembra dos sacerdotes apreciadores de "Pés-de-Moleque"...mas isso não vem ao caso.
O fato é que estamos entrando em "Pé-de-Guerra", e com certeza de uma forma ou de outra, não importa quem ganhe, o Brasil continuará sendo "pisoteado" em sua pretensa liber…

A DIFICULDADE DE TENTAR SER IMPARCIAL

Domingo, dia de jogo, e jogo importante. Voce é convidado pelos amigos pra assistir. Apesar de detestar futebol, fica pensando nos convítes, e em qual vai aceitar. Os dos amigos corinthianos, ou dos amigos palmeirenses?
Que merda!

Isso ocorre com frequência, inclusíve na política. Ah! A política!
Ninguém me convida pra nada, nem tampouco querem saber a minha opinião, mas com essa onda de blogs na internet, isso acaba virando um verdadeiro "CAMPO MINADO".
É quase como briga de filhos, ou filhas. Minhas duas estão quebrando o pau, e tento ser o mais inparcial possível. Mas sempre uma delas sai magoada.
Esse é o ponto "G" das paixões! A passionalidade das questões político-partidárias, impôe que sejamos discretos, cuidadosos, e de preferência CALADOS para não ocasionar uma verdadeira "revoada de cadeiras".
Há muito tempo, ou melhor, uns quase dois anos, resolvi participar de um blog na net. Chama-se "Balaio do Kotscho" Cujo autor…

BOM DIA!...BOA TARDE!...BOA NOITE!...

Embalado mentalmente caminhei pelas ruas. Sem compromísso. Sem lugar para ir, apenas andar por andar. Respirar um ar saturado, sentir um emaranhado de energías víndas de todos os lados se misturando num novêlo incompreensívo de sensações.
Foi então, que lá pelas tantas, eu te ví!
Lá estava voce parado numa esquina sorrindo, com o olhar perdido enquanto tocava um "acordeon". Depois, mais adiante, também te ví. Parecía perdido. Olhava para todos os lados com um pequeno papel nas mãos, e algumas perguntas para os passantes.
Eu rí! Confesso que imaginava que soubesse de tudo!
Novamente alguns passos mais, e lá estava voce discutindo com voce mesmo sobre uma pequena barbeiragem no trânsito. Rapaz...! Que boca hein?
E quanta alegría demonstrava logo depois numa "fast food" servindo, e sendo servído naqueles lanches horríveis com gosto de água!
Alí mesmo por perto, voce estava contrastando, e demonstrando sua humildade engraxando sapatos, ou simplesment…

AH! QUE DELÍCIA DE MAÇÃ !

As vezes me pergunto por que não temos uma Deusa, ao invés de um Deus!
Esse machísmo imposto até nas escrituras, nos trás sempre homens seguidores dos seus destinos, e quase nada sobre suas companheiras, ou a falta delas.
Começando por Caím e Abel. Um matou o outro, e desapareceu...
Depois outros surgíram, grandes homens, grandes atos, grandes personalidades.
As poucas vezes em que as mulheres são descrítas, são de forma "pejoratíva" ou de intúito pecaminoso.
Com raras excessões, algumas conquistaram seus pequenos espaços, onde os homens permitiram. Até porque não havía outra forma de proceder.
Quando Eva, me passou a maçã, há muito tempo atrás, eu me deslumbrei. Comecei a adquirir todo o conhecimento que ela me passava através dessa fruta.
Todo o conhecimento que eu "achava" que tinha, mas que na verdade, já era de propriedade dela. Sempre foi!
Conforme nós homens, vamos degustando nossas "maças" é que vamos conhecendo aos poucos es…

POR QUE OS SONHOS DEVEM SER COMPLEXOS?

Nessa última semana, reuní meus funcionários, e fiz uma proposta.
Após um levantamento de produção, em que o tempo, o desânimo, e as dificuldades com o equipamento novo atrapalharam bastante, cheguei a estipular uma quantia produtíva para cada um. Essa quantía sería a básica, sendo que já me perguntaram se depois de atingí-la, poderíam ir embora!
Bem...Eu tive que rir! Nada como um pessoal "vestindo a camisa"!
Disse que sim! Poderíam, mas se ao invés disso continuassem, cada unidade produzída, eu iría pagar a mais!
Acertei o valôr, e eles então fizeram A MÁGICA!
A mágica da "produção inacreditável".
Já é a segunda vez que faço o mesmo. O resultado é sempre esse. Um aumento de mais de 100% sem perda de material, sem discussões, sem perda de tempo, e no fim, todos felízes.
Apresentei o "projeto" para o meu parceiro, e ele a princípio ficou em dúvida, mas logo no segundo dia aprovou.
Esse é o ponto positívo.
O ponto negatívo, é que depois de um certo tempo, o funcio…

AFINAL DE CONTAS. QUEM TEM RAZÃO????

Nos longínguos tempos do antigo ginásio, eu lí um livro chamado "O Gênio do Crime".
Uma historínha sobre um grupo de garotos que se vê repentinamente envolvídos numa investigação sobre fralde em uma empresa. No caso, a Fábrica de Figurinhas Escanteio.
Na história, contratam um detetíve "gringo" que não fala muito bem nosso idioma, mas mantém suas pitadas de humor inteligente.
Durante a investigação, o secretário do dono da fábrica que está sendo lesada, se sente o "politicamente correto", e expressa isso com veemência, e com grande frequência. Toda hora está criticando a atuação das crianças na investigação.
É óbvio que se trata de um drama fictício, mas todos sabemos o quanto ele tem RAZÃO nesse ponto.
Ocorre, que em determinado trecho do romance, um dos garotos, cai nas mãos dos meliantes.
Então, o "racional" secretário, aperta de vez, e solta á todo momento impropérios, e frases como:- "eu dísse que sería assim", …

A ETERNA QUESTÃO DA DÚVIDA NA HORA DO "TESÃO"

Não. Não é um têrmo erotizado! É uma simbología, uma forma de definição de decisão em que rumo seguir.

Na vida, no trabalho, no estudo, no amor, na guerra, na política, enfim, em quase todos os momentos que passamos nos encontramos frente a esse "tesão".
Estou me referindo ao que muitos chamam de "encruzilhada", outros de "bifurcação" mas nesse caso, refíro-me ao ponto onde só aparecem o caminho da "direita", e o da "esquerda" como opções. Devído ao formato radical de 90 graus para cada lado, nada melhor do que descrever como um enorme "T".

Realmente esse "enorme T" nos tira, ou nos coloca o "tesão" (erotizado) conforme a circunstãncia em que se apresenta. Muitos simplesmente adoram esse momento, pois nada melhor na vida do que encontrá-lo constantemente, e assim poder "exercitar" a tomada de decisão.
Outros já se defínem antes mesmo de qualquer "momento contemplatívo" por um dos lados sem…

O COMPLEXO DIREITO DE IR, E VIR.

Somente quem passa algumas preciosas horas do dia preso dentro de um "invólucro de lata", pode avaliar o quanto se pode perder o indivíduo, a sociedade, e o país, nos grandes congestionamentos urbanos.
Em um mundo cada vez mais "dinâmico", em que o tempo é extremamente precioso para cada um, uma verdadeira enchurrada de veículos é despejada diariamente nas já "saturadas" vías das grandes cidades.
Um labirínto de ruas, vielas, avenídas, túneis, cruzamentos, viadutos, trêvos, travessas, elevados, enfim, um verdadeiro inferno dígno de enlouquecer até um "GPS".
Já disseram que o motorísta brasileiro, é o que mais se perde no mundo.
Também! Com tanta falta de sinalização, buracos, desvíos, e uma engenharía de tráfego que não chega a um consenso!
Somos literalmente "sequestrados" todos os dias. Se somarmos esses sequestros, em um ano, passamos uma boa parte dele, nesse "cativeiro".
Não há solução que resísta…

O QUE A DIGNIDADE ACEITA??????

Até hoje tenho vísto algumas pessoas com uma carga negatíva de complexo e medo como todo mundo.
Tenho que reconhecer o quanto estava errado, e a forma também errada que enxergava determinadas pessoas.
Estou falando dos "egressos" têrmo que aprendí recentemente, e que se refere as pessoas que cumpriram pena, e tentam agora uma segunda chance.
Estou contratando esses indivíduos, e a princípio, o que mais me chama a atenção, são justamente suas narratívas sobre como são tratados depois de já cumprírem seus castígos impostos pela sociedade.
Essa mesma sociedade que NÃO PERDÔA jamais.
Vejo o sofrimento que é um ser ter que literalmente recomeçar "abaixo do zero", e encontrar forças de algum jeito para se superar, superar os outros, e recuperar a auto-estíma.
Muitos chegam a mim somente com os recursos DA ÍDA.
Saem dos complexos apenas com uma muda de roupa, muita bagagem de sofrimento, mas acima de tudo esperânça de não mais ser obrigado a r…

VOTO NULO: TER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO!

Como dizíam os poetas (?)...sei lá! Não gosto de poesía.

Gosto de pensar por mim mesmo, de debater idéias, de gerar argumentos contrários, enfim, de criar polêmicas em busca de algo que faça sentído.
Organizações foram criadas para assentar uma determinada ordem onde antes imperava o caos.
O problema começa a surgir, quando essa ordem se torna o próprio caos.
E pior! Um caos sedimentado em pseudo-racionalidade.
Existem perguntas simples, porém com respostas multi-interpretatívas.
Qual a razão de se contarem 100 milhões de escolhas inconsciêntes, para se chegar a um resultado que teoricamente expressa a vontade da maioría?
Por que cargas-d'água, não se contar apenas a vontade "consciente" dessa maioría?
Já sei. Apenas para se ter a certeza de estar no caminho certo, e com o amplo apoio da maioría.
O problema é...Quem sabe o que é o certo realmente?
A maioría?
Graças aos sempre democráticos conceitos majoritários, empresas quebraram, paises foram arruinados, condenados enfrentaram ca…

COMO ENTENDER AS MULHERES

Após inúmeras pesquisas, incontáveis programas de computador, e insistêntes noites insônes, um cientísta conseguiu finalmente "destrinchar" o DNA da personalidade feminina.
É tudo muito simples (segundo ele).

"Se levarmos em conta que a infalibilidade dos sentídos pode inexoravelmente se indispor em contra-partída com os pretêxtos argumentatívos e estereotipados da convenção humana não discutível, veremos que nesse exato ponto, deixa-se transparecer uma analogía precária e misteriosamente concreta. Vísto que tamanha amplitude comportamental se baseia em elaborados extratos antagônicos, competindo com princípios rudimentares, chegamos a observar que em detrimento de sintomas pré, e pós sentimentais, é indiscutível e amplamente verificável que todo um conjunto de fatores colaboram no sentido de se prever o imprevisível, e aceitar o inaceitável."

Partíndo-se desse básico princípio, o cientísta ainda declara que apesar de todos os rudimentares avanços obtíd…

DIFERENÇAS e IGUALDADES!

Depois de um dia cansatívo debaixo de chuva, chega a hora em que já em casa, sentamos na frente da telinha, e pá! Vem uma inspiração.
Algo que passou pela mente durante a batalha do dia. Um flash quase despercebido, que depois de algumas horas retorna.
Vendo dois funcionários discutindo um assunto qualquer que já nem me lembro agora, percebí que depois de algum tempo, os dois chegaram num ponto em comum.
Isso acontece todos os dias, todas as horas, e em todos os lugares.
Normalmente buscamos compartilhar opiniões, e sentimentos junto aos que nos são semelhantes nos mesmos.
Trocamos elogíos, buscamos massagear egos, enfim, nos colocamos literalmente como parte de um determinado grupo, e sua comunhão.
Esquecemos que o verdadeiro aprendizado, se encontra justamente nos campos opostos.
Nas divergências de idéias, pensamentos, opiniões.
Reforçamos nossas convicções com os de pensamentos idênticos, e criamos assim uma fraternidade de apoio.
Isso nos leva obviamente a ter a sensação de que estamos pl…

DO "UG UG" AOS POETAS.

Aproveitando essa sexta-feira da paixão chuvosa, apesar de ter amanhecido bem amena,tirei o dia para filosofar qualquer coisa.
Uma delas, foi o que durante a semana tem me passado muito pela cabeça.
É interessante o comportamento humano diante das trivialidades do dia-a-dia. Nossa língua, além de rica, é extremamente complexa. Temos um presidente em final de segundo mandato, que se comunica bem com o povo. Isso lhe serviu para galgar os degraus políticos de maneira rápida, se observarmos o histórico do político comum.
Para sabermos o que os homens comuns conversam, basta vermos os sinais, ou desenhos que são escritos nos banheiros públicos. Alguns, verdadeiros hieróglifos.
Normalmente em um grupo de jovens, os assuntos são de conotação sexual, mas no sentido "gay" do termo. Um brinca com o outro, dependendo da frase "infelíz" que esse outro tenha produzido.
Nos mais velhos, problemas com as mulheres em casa, família, trabalho,política, e futebol.
Entre os bem mais velh…