Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

A CULPA É DO HOMEM ARANHA

É impressionante a forma como se pratica o famoso politicamente correto atualmente. Acaba de surgir uma lei no Distrito Federal e com grandes chances de se espalhar por todo o país que não mais vai permitir qualquer brinquedo semelhante a uma arma. Isso mesmo; até aquelas coisas coloridas que lançam bolhas de sabão não poderão mais ser comercializadas. Tudo isso com entrevistas e explicações de "especialistas" na área da pedagogia.
Segundo a óbvia explicação dos "doutores", isso incentiva a violência nas crianças. Pronto!!!  Encontraram um bode expiatório para a violência dos adultos, mais um.  Já foram os games violentos, depois as réplicas de armas, (nesse caso específico até concordo), mas tirar das crianças armas coloridas e disformes que lançam água, bôlhas de sabão, bolinhas de isopor etc....é de uma estupidez incrível.

Nossos legisladores deveriam se preocupar em verificar como estão cumprindo nosso código penal e não castrar fantasias infantis. Deveriam obs…

EMBARGOS INFRINGENTES

Vou deixar a política de lado hoje e me dedicar ao humor.  Encontrei essa pérola na internet e simplesmente adorei. Uma explicação simples, clara e objetiva .

Um menino chega para o pai e pergunta...


"...Pai, o que são Embargos Infringentes?

É o seguinte, imagine que nossa casa seja um Tribunal e que quando alguém erra, é julgado e todos podem votar! 
Um dia, por exemplo, o papai comete um deslize: É pego traindo sua mãe com 3 prostitutas.
Eu irei a julgamento. 
Sua mãe, a mãe dela, o pai dela, sua irmã mais velha, você e seu irmão mais velho, votam pela minha condenação.
Meu pai, minha mãe, o Totó e a Mimi, nossa gatinha, votam pela minha absolvição.

Tá pai, mas aí você é condenado, não?

Sim, fui, aí é que entram os tais dos "Embargos Infringentes" meu filho. Como eu ganhei quatro votos a favor da minha absolvição, tenho direito a um novo julgamento.

Mas pai, no novo julgamento todos vão votar do mesmo jeito.

Não se eu tiver trocado a sua mãe, o pai dela e a mãe dela pelas três …

PUTREFAÇÃO

Não adianta mais nada. Parece uma sina desse país ser assim. Sempre explorado, sempre sugado, sempre enroscado em seus devaneios de esperanças.  Disseram que foi "vitória da justiça" o acatado pedido de embargos infringentes (como aprendemos jurisdiquêz  nesses tempos, meu Deus!). Mas vitória de qual justiça afinal?  A justiça que protege os criminosos, ou a justiça que os trata como na verdade eles são...
... bandidos!

Se foi uma vitoria da justiça, o que dizer das inumeráveis derrotas sofridas por aqueles que NÃO TEM condições de acessar esses tais embargos infringentes? Daqueles que NÃO TEM acesso às diversas instâncias jurídicas?  Aqueles que se amontoam em "jaulas" e são tratados pior do que animais?

Como explicar que uma "amante" desempregada possa dispor de quase 40 advogados e todos eles com empresas fortíssimas nas costas que ficam garimpando cada recurso, cada embargo, cada letra torta ou de interpretação duvidosa do nosso código?  E quem está p…

EFEITO BILATERAL

Com algum óbvio exagero imagino a situação síria transplantada para o nosso país para fins de analogia.
Imagino Bashar Al Assad como representante de nossa atual oposição "limpinha" e os rebeldes como os atuais governantes ditos "sujos" e "perseguidos de forma cruel" .  Começam os "debates".
Os "Assadistas" acusam os rebeldes por crimes e os levam a julgamento. Realmente houve crimes, realmente foram usadas armas químicas, mas a cara-de-pau e a hipocrisia fazem com que pareça apenas que o uso foi exclusividade dos rebeldes.  Bashar posa de santo e acusador, os rebeldes posam de santos e perseguidos injustamente. MAS E DAÍ????  Ambos cometeram seus crimes. Ambos estão tão limpos quanto pau de galinheiro.  Essa é a questão.

Embora guardadas as devidas e contrastantes proporções, a analogia tem algum sentido. Mas acontece que lá, existe uma ditadura sanguinária, aqui, dizem, um Estado Democrático de Direito. Lá, as pessoas morrem numa gue…

SERÁ??????

Imagem
Como todo brasileiro com algum interesse na vida e no desenvolvimento de seu país, estou também ansioso pelo desdobramento final do julgamento desse mensalão. Não somente desse, mas de todos os outros que existiram e continuam existindo e que, todo mundo já está careca de saber como se "alimentam" certos vampiros no trato com a coisa pública.
O povo não dispõe de uma consciência abrangente nessas questões. Estão pouco se importando desde que tenham sua barriga razoavelmente abastecida com restos e suas cabeças entupidas de promessas e fantasias onde ele sempre acha que vai se dar bem. O velho pão e circo cumpre seu eterno papel dentro de uma sociedade manipulável!   Só se alteram quando o time perde. Festejam quando chega o carnaval. Se deliciam com novelas e big brothers.  No máximo, se abrigam no velho conceito de que não tem nada a ver com isso. Que não gostam de política e deixam, é claro, isso para aqueles que gostam....Justamente os que lhes governam.
Quem não iria gos…