Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

PETISTAS, PENTELHOS E PETRALHAS

Existem horas em que sinto uma certa vergonha por pensar e questionar.
Há tanta safadeza sendo exposta de forma explícita que tudo acaba por girar num redemoinho de incompreensões de certas atitudes ora de um, ora de outro lado!

O Ex presidente Lula está com câncer de laringe, ponto! Logo em seguida, e em diversos blogs a "pentelhada" começa a se eriçar.
São seres que não se importam muito com o que escrevem, não estão nem aí para nada, a não ser, criar "climas" para que possam mostrar suas "molecagens" politicamente corretas!
Atacam dizendo que a mídia está numa alegria só, que demonstram um respeito fingido e que na verdade, só querem mesmo que o quadro piore!

Já outros tipos como os "petralhas" termo criado pelo blogueiro Reinaldo Azevedo que respeito pelas opiniões e textos sempre contundentes, porém, com riqueza de argumentos, mas não frequento sua página de comentários por já estar cansado de ser censurado. Não faço parte de nenhuma "…

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

Interessante como as coisas funcionam, ou melhor, como funcionam "não funcionando"!
A velha e boa tática de se empurrar com a barriga. Não parece haver preocupação alguma com a possibilidade real, concreta e até palpável de o problema persistir.

Diz a máxima que errar é humano, concordo, mas a mesma máxima também termina a frase com o "insistir no erro é burrice", nada mais lógico. Porém, o que vemos é que a burrice criminosa de uns, só prejudica mesmo o coletivo e não os verdadeiros responsáveis.

Tomemos por exemplo, um tanto rude, concordo, os acidentes aéreos. Qualquer erro é fatal tanto para quem os comete, quanto para aqueles que são carregados dos céus para a terra ou o mar. As empresas então iniciam uma tarefa árdua, complexa e estressante de monitorar e estudar quais foram às falhas. Exaustivamente se empenham em localizar as "caixas pretas".

Ontem, mais um ministro caiu. Não é o primeiro, nem será o último. A pergunta que se faz é..."Que pro…

MEU PAI, MEU PAÍS.

Tem horas que não dá, a gente fraqueja mesmo. Uma simples busca na internet sobre um medicamento para constatar o custo do mesmo em relação a outros países. Países que apesar da enorme crise que enfrentam, ainda conseguem manter alguma positividade entre os seus cidadãos. Um simples medicamento contra vômito pós-operatório aqui, encontrei por quase 400,00, enquanto que em Portugal, o mesmo medicamento em torno de 40,00, dez vezes menor.  Mas tem que esperar chegar, os sintomas não esperam.

Estamos acostumados a esperar. Esperamos em filas o tempo inteiro. Não somente existe o exercício da paciência, mas o da resignação pelos maus tratos, pela indiferença, pelo pouco caso que fazem daqueles que mais precisam sendo que só são lembrados quando se querem tirar deles os votos.

Hoje, ainda leio sobre o tal "câncer" da corrupção e seu custo em "bilhões" com suas metástases cada vez mais se espalhando em velocidades catastróficas por todos os órgãos do país.

Meu pai está c…

NARIZES VERMELHOS

Imagem
Mais um sábado ensolarado em que decido fazer aquele "cooper internético" passando por diversos portais de notícias, visitando blogs, lendo opiniões, ou simplesmente buscando algo que nunca sei exatamente o que, para distrair um pouco, já que problemas de saúde na família são sempre extenuantes e requerem uma certa prontidão...!

Tamanha é a propaganda que fazem da revista "Veja", que confesso estar pensando seriamente em fazer uma assinatura. Nunca vi algo assim. Sei que é uma publicação "partidária" não há como negar, mas imputar-lhe um poder que realmente não tem, só pode sair do delírio daqueles que se acham perseguidos (veja bem) pelas culpas sempre comprovadas mais cedo ou mais tarde, é coisa de um vitimismo sem vergonha de incompetentes em argumentar com mais coerência do que o  famoso ""-eles fazem também"""...

Eu sei que fazem!  Recentemente apareceram denúncias de venda de emendas em São Paulo de que 30% dos parlamentares…

SE FICAR O BICHO PEGA, SE CORRER O BICHO COME, SE ENFRENTAR O BICHO FODE

Não adianta, basta ficar alguns dias mergulhado em outras preocupações achando que alguma coisa possa mudar nos caminhos políticos nacionais e voltando agora vejo o quanto as coisas não mudam, ou até pioram.
Mais um ministro acusado de receber propinas. Mais uma denúncia de outro "malfeito" (hoje em dia nem precisam mais fazer bem feito mesmo) dentro da administração pública. Mais um figurão da república denunciado.

Isso tudo diante ainda dos narizes protestantes de populares ainda com as marcas das faixas contra a corrupção nas mãos.

Desta vez, é o comandante do Ministério do Esporte o Sr Orlando Silva.  Não dá pra acreditar que essa avalanche de denúncias ainda sob os ecos dos protestos anti-corrupção possam não deixar o cidadão brasileiro mais indignado ainda...

Não pude participar infelizmente desse protesto nas ruas, mas com certeza ainda participarei dos próximos desde que não veja nenhuma bandeira partidária em minha frente.

Esse movimento irá crescer, não pelos apelo…

Neste momento em que irritantemente me sinto sem nenhum tipo de poder sobre qualquer coisa...
Neste momento em que as horas correm confusas e se misturam às lembranças rápidas de conselhos, tombos de bicicleta, jogos de futebol, de malha, de pebolim, ou de empinar pipa!

Neste momento em que vem à memória discussões intermináveis, brigas, birras, conflitos de idéias, de opiniões, de entendimentos e tudo o mais que brinda um relacionamento de décadas...

Neste momento em que as forças parecem serem sugadas para algum lugar justamente quando se mais precisa delas até para ajudar no amparo a outros...

Neste momento que opto miseravelmente por calar ao invés de falar o que sinto por alguém...

Neste momento em que também sei que o "calar", quer dizer muito mais coisas do que palavras...

Neste momento em que aquele que me foi um herói um dia, irá enfrentar em poucas horas, sua mais angustiante aventura terrestre.

...

Só posso entender esses momentos, como um certo divisor obscuro en…