Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

DIVIDIR PARA CONQUISTAR

Imagem
Talvez seja uma "viajada" como diriam alguns; mas os acontecimentos são sintomáticos.
Não há dia em que não se noticiem nas mídias de formas diferentes de acordo com as partidarizações ideológicas ou meramente mercenárias sobre protestos aqui e ali. Principalmente no grande eixo Rio-São Paulo.
Movimentos sociais arrebanhados, violência animal alimentada em nome de supostas virtudes. Enfim, os protestos de junho, aqueles em que a população saiu às ruas para algumas reivindicações até aceitáveis dentro de uma democracia, parece que se tornaram espasmos de um movimento mais perigoso. Um movimento dirigido, alimentado, cuidado para que siga determinados parâmetros e ordenamentos de intuito político.


Começo a perceber, e não é de hoje, um movimento já bem perceptível de dividir o País.  O famoso e imortalizado "NÓS E ELES", sem que nunca sejam denominados com clareza suficiente qual seria um ou qual seria o outro. Isso varia de acordo com as circunstâncias.

Quando soube…

TIJOLO ECOLÓGICO - VARIAÇÕES NAS ALTURAS

Gostaria de avisar, em primeiro lugar que, todos podem dirigir suas perguntas aqui nesse mesmo espaço na área de comentários ao invés de manda-las para meu e-mail. Nada contra o e-mail, mas é que fica mais fácil se todos pudessem observar as respostas para não ficar repetindo-as. Todos os textos desse blog remetem automaticamente para minha caixa de e-mails e eu volto aqui para responder.

Conforme escrevi num texto anterior sobre as variedades em altura nos módulos prensados, e perguntei se alguém poderia me esclarecer a questão, bem...não houve nenhuma manifestação. Também não obtive alguma resposta satisfatória para aqueles a quem dirigi o mesmo questionamento. Chegaram até a rodar, rodar, rodar, mas nada de fato conclusivo!  Me lembrei do honorável membro da ABNT  ( Associação Brasileira de Normas Técnicas) quando discutimos sobre os melhoramentos na massa antes da prensagem.
Disse a ele que; - quanto mais se misturar a triturar os componentes (solo, cimento, água) melhor será o mó…

UMA MENSAGEM DO VENTO

Quando iniciei esse meu "canto de despejo", minha intenção era, a princípio, partir para assuntos mais, digamos, ecológicos como mais um defensor da natureza ou militante de uma causa. Mas que causa? A ecológica, é claro!  Logo vi que não tenho muito jeito pra isso. Não gosto de ser confundido nem de me prestar a defesas das quais só tenho dúvidas. Prefiro ficar num elevado no campo e tirar minhas próprias conclusões através dos sons emitidos pela maior interessada no assunto. Tenho comigo que a natureza não pode ser destruída, ela só pode ser transformada. Mesmo que detonemos todo o arsenal atômico do planeta, mesmo que despejemos todos os detritos guardados, mesmo que queimemos o mundo inteiro, a natureza vai estar lá. Nós e que não!!!

Portanto, o que podemos sim fazer é apenas "modificar" essa natureza. Talvez de uma forma tão radical que nenhum ser vivo possa sobreviver de início, mas com certeza ele se recupera, se adapta e volta a evoluir.
Assim aconteceu com…

PÃOZINHO MAIS BARATO!

Ah, mas que canseira!  É difícil se prestar a analisar algumas comparações imbecis sobre os tais "Domínios dos Fatos". Não sou jurista, não entendo nada desse jurisdiquêz  tão destilado nos dias de hoje. Mas adoro interpretar argumentos que apelem para historinhas bobas no sentido de menosprezar ou ridicularizar uma questão.

Nosso Ex-Presidente Lula, costuma apelar para contorcionismos futebolísticos, já outros, preferem expôr o cotidiano como uma fonte de sabedoria indiscutível;  Pois bem.
Vou lá num blogueiro que antes criticava, mas agora elogia, sendo que entre um tempo e outro passou a receber poupudas verbas do governo para isso, ou seja, uma parte também é minha e leio uma nota comparando o tal "domínio do fato";  UM DONO DE PADARIA NÃO PODE SER CULPADO SE UM FUNCIONÁRIO COMETER UM ESTUPRO!

Sério?  Ora vejam....!    Eu concordo com quem escreveu essa máxima. Não vejo porque culpar o pobre dono.
Mas a questão seria exatamente nesse sentido?  Ou esta,  é apena…

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

Apesar de já ter um bom conhecimento sobre o assunto, sempre se está aprendendo. Nunca paramos de adquirir novos conhecimentos. Para mim, o infeliz que "se acha" conhecedor de tudo, é um completo irresponsável, além de um perfeito idiota.  Mas cada um com seus defeitos.
Escrevo hoje sobre algumas dúvidas que, apesar do tempo, ainda não consegui decifrar satisfatoriamente.
Sei de muitas respostas, mas nenhuma ainda me deu a certeza do que realmente acontece.
A tal espessura variável do módulo solo cimento encontrada em variedades absurdas até dentro da própria fábrica, quanto mais de fábricas diferentes.
Não conheço ainda um único fabricante que possa garantir 100 % que TODOS os seus módulos possuem a mesma altura definida. Isso porque ela tem variações conforme a umidade do solo que está sendo aplicado.
Como não há meios relativamente baratos de se corrigir a umidade em sua constância, apela-se então para aquele teste prático da massa apertada nas mãos.
Com máquinas manuais …

VOLTA PRA CHUVA MENINO

É engraçado como com o passar do tempo vamos nos esquecendo de certas sensações; certos sentidos sobre o que nos cerca tão gratuitamente. Ainda aprecio um belo por-do-sol, o vento, mas negligenciei gradativamente a deliciosa sensação de um banho de chuva.  Já tomei inúmeros. Principalmente de moto e sem capacete. Daqueles banhos de encharcar até a alma. Como gostava de sentir o vento e a chuva açoitando minha face; a roupa grudando no corpo, as cuspidas aguadas a cada parada no trânsito. Muita gente naquela época olhava com dó. Eu lá, todo feliz!!!  ...e molhado que nem um pinto!!

Me lembro de um último banho que tomei no meio de uma mata....estava sozinho. Ninguém pra controlar. Senti os pingos grossos começando. A princípio me refugiei debaixo de umas árvores, mas as gotas vinham em abundância. Viraram rapidamente verdadeiras cascatas acumuladas pelas folhagens. O jeito foi fechar os olhos, tirar a camiseta e levantar os braços. Ouvir o baque das gotas nas folhagens secas do chão, o…

POTENCIAIS INIMIGOS

O que é "amplo direito de defesa"? Quem tem direito a ele? Somente aqueles que podem pagar? Somente aqueles que detém algum poder? Por que não existe para todos que são enjaulados nesse país? Certa vez perguntei a um advogado bem sucedido qual era o segredo para vencer nessa profissão. Fiquei boquiaberto quando ele sem titubear me respondeu " minta, enrole, ganhe tempo; e novamente minta.!!!
A mentira então, é a melhor defesa segundo esse "advogado". Afinal, foi dessa forma que ele conseguiu galgar suas posições.

Nossa justiça então, se vale da mentira como critério máximo de resolução. Assim como a já nossa conhecida política. O que é a política a não ser aquela tão bem descrita "arte de mentir e enganar"!  Isso é que tem causado a atual ojeriza pelo assunto. Isso é que tem aumentado as fileiras daqueles que evitam o tema. Isso é que tem alimentado o desprezo cada vez maior por ela (a política). E é isso também que tem atraído cada vez mais abutres …