sábado, 20 de dezembro de 2014

ABSORÇÃO DE IMPACTO

Desde sempre podemos perceber como o nosso "jeitinho" se adapta às mais variadas situações.  Nossa justiça começa agora a adentrar no território onde provavelmente irá demonstrar inequivocamente aos cidadãos brasileiros se é ou não é "ajeitada".  Afinal de contas, bons e caros advogados são contratados para manipular detalhes técnicos como o que acaba de inviabilizar prova contra o banqueiro Daniel Dantas. São detalhes esses que causam transtornos magníficos mas que precisam ser respeitados já que vivemos em democracia e ela própria demanda assim.

Vimos recentemente o petista relator Marco Maia encerrar uma investigação de CPI  (comissão parlamentar inútil)  sem indiciar ninguém. Quanto nos custou essa investigação afinal?  Mas logo em seguida, ouviu seu coração e mudou graciosamente de ideia...que coisa interessante!

Essas novelas corruptas ganharam então mais um tempo até fevereiro para continuar a produzir seus protagonistas que, até lá, irão se reunir até nos esgotos para assegurarem negociações escusas e torcerem para que seus planos infalíveis voltem a produzir os frutos de que gostam tanto.

Enquanto isso, as provas irão se acumulando para formar uma avalanche incontrolável por sobre suas ainda aureoladas cabeças.

De um lado se prepara uma avalanche, de outro lado a absorção desse impacto e suas consequências. Lógico, todos tem o direito à defesa.  Mas precisa ser tão demorado assim?  Começo a ver aquela imagem da nossa justiça como uma senhora exageradamente obesa que mal consegue segurar seus apetrechos de trabalho.  As vezes, usando até a venda como uma tiara para combinar com a bolsa.  Mas tudo bem, temos que ser compreensivos com a corrupção sendo ela, como sempre digo, inerente ao ser humano em seus diversos níveis e graus.   O que não aceito é a impunidade.  Essa é a diferença entre nós brasileiros e nossos outros irmãos mais civilizados.

Como era de se esperar, todos negam a culpa.  Certo!  É um direito.  Aguardemos então a chegada de fevereiro, mês do carnaval quando todos vão estar mais anestesiados pela folia e dopados pela sensualidade para ver se vai haver mesmo algum impacto nisso tudo.  É provável que esse impacto seja, ou absorvido ou desviado para os lados, caso seja muito forte.  É possível que os únicos culpados de verdade sejam somente dois.  Sérgio Guerra e Eduardo Campos.   Que sejam então punidos.

sábado, 13 de dezembro de 2014

O QUE A POPULAÇÃO GANHA ATRÁS DA HORTA

As vezes eu penso se somos mesmo ou não uma república de bananas...!  Como o cidadão pode aceitar tão pacificamente certos atos praticados por seus governantes buscando claramente deixarem de ser governantes para se tornarem "donos" de tudo???.   Meu sangue espanhol por parte de pai e germânico por parte materna não consegue entender isso.  Leio agora sobre uma tal base que será construída para que o nosso Brasil tenha então submarinos sendo que alguns deles, nucleares.  A primeira pergunta que me vem à cabeça é;  Pra quê???   A resposta que recebo é para a NOSSA DEFESA.  Então eu elaboro outra pergunta. Defesa contra o quem ou o quê?   A resposta seguida é;  Contra àqueles interessados em nossas riquezas.  Então, eu novamente questiono.  Esse ""nossas" se refere à Nação, ou ao que o partido toma pra si próprio ?   A resposta é de que precisamos proteger nossas reservas no pré-sal,  criar milhares de empregos diretos e indiretos, colocar o Brasil num patamar competitivo no cenário internacional  etc etc etc...ótimo!!!   Eu continuo questionando...  Só existem as formulações bélicas para se projetar internacionalmente???

Países com ditaduras terríveis é que pensam e procedem assim.  A Venezuela que flutua sobre um oceano de petróleo investiu a maior parte de suas receitas obtidas com o ouro-negro na aquisição de armas e o país agora não tem industrias, não tem gêneros, não tem mais liberdade.  O mesmo com Cuba que precisa explorar a mão-de-obra escrava de seus cidadãos.  Esse processo que já terminou na Europa com o fim da maldita Guerra Fria, agora vem se instalar em solo Sul Americano?

Mas eu encontrei a resposta.  É claro!   Centenas de Empresas nacionais irão construir essas "preciosidades".  Bilhões de reais e dólares serão movimentados e, já que na Petrobrás não dá pra tirar mais nada, nem é bom continuar arriscando em outras estatais, então, estão criando outros sorvedouros para manter os caixas do partido prontos para as próximas eleições.

O que passa na cabeça dessa gente????   Não sabem o significado da palavra  ""prioridade""??   Um país deve investir naquilo que traga prosperidade à nação.  Por que precisamos demonstrar tanta incompetência diante do mundo ao mesmo tempo em que criamos mecanismos belicistas para tentar amedrontar os críticos?

Fico imaginando a cena de um pai de família que não tem nada.  Que sua família vive na mais absurda miséria onde faltam todos os tipos de gêneros mas o "animal" vem todo feliz trazendo mais uma, duas, ou três mulheres para a casa dando a ""boa notícia"" de que;  dessa forma, teremos mais donas de casa para lavar, passar, costurar, enfim....cuidar de todos e ainda aumentar mais a família.  Na verdade, esse filho da puta só quer aumentar a quantidade e variedade de sexo numa orgia insana onde a infeliz família é que paga e ele é quem recebe os benefícios.

Assim é que age Fidel Castro.  Assim é que agia Hugo Chaves, assim como o gordinho norte-coreano, enfim,  essa raça imprestável de vagabundos criminosos sangue sugas que sempre sorridentes obrigam seus povos à sorrir.  Não existe o dia da suprema felicidade na Venezuela???

Se vamos construir esses submarinos nucleares, então, é porque o nordeste brasileiro já tem água trazida pela transposição do velho chicão não é mesmo?   É porque nossa saúde, educação e segurança públicas estão tinindo.  É porque a população brasileira está satisfeita e feliz da vida com a honestidade todos os dias sendo exposta por todos os rincões dessa terra feliz.

Temos trilhões de barris abaixo do oceano.  Enquanto países sérios já criaram mecanismos que possam diminuir a dependência do petróleo em suas fronteiras, aqui, supervalorizamos e incentivamos a nossa dependência por ele.  Os americanos já tiram o óleo de pedra, os europeus e asiáticos investem cada vez mais em híbridos ou simplesmente elétricos, ou a diesel.

Se insistirmos ainda nessa porcaria negra que agora está se tornando a cada dia mais inviável,  corremos o sério risco de termos ainda algum acidente em que percamos todo o nosso litoral e comprometamos também  todo o litoral oeste africano.

Nossa bio-massa é que é a nossa verdadeira riqueza.  Nosso propulsor e nosso exemplo para o mundo.

O resto?  É sabotagem, e mais uma forma de surrupiar os valores de toda uma nação.


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE ANDRÉ VARGAS...E NÃO FALEI MESMO!!!

E assim caminha a humanidade tupiniquim.  Alguém ainda acreditava sobre o resultado dessa CPMI???  Melhor acreditar na CPMF que essa sim, corre o sério risco de voltar.  CPMI's  só servem para picuinhas partidárias, e para tomar mais dinheiro público.  Não investigam nada, e quando investigam, tratam de "negociar" o resultado, ou resultados!  Mas não deixa de ser mais uma vergonha explicitada pelo nosso garboroso congresso!

Quanto à tal "Omissão da Verdade"  dito dessa forma por ter apenas relacionados os crimes cometidos contra apenas um lado da história ocultando-se outro convenientemente, dizer o que?  Qualquer pessoa que conheço é contra esses crimes. Vamos processar os vovôs????  Afinal, querem revogar a anistia não é mesmo?  Concordo que deva haver investigações, mas que seja de toda a verdade e não apenas de meia.
Agora estão dizendo que parte da população está querendo uma nova ditadura...é mesmo?  Eu acredito que ninguém a quer de verdade.  É apenas uma forma de colocar pra fora a náusea que deteriora nossos intestinos já impregnados de tanta nojeira exposta pelos nossos representantes.  Eu sou contra....totalmente contra a pena-de-morte, no entanto, tem vezes que, a depender do que sinto, também digo que tal pessoa merecia mesmo morrer.  Isso é de momento.  Apenas exponho um sentimento maximizado, não existe a mínima possibilidade de vir a objetivar tal coisa estando calmo e ciente das consequências.  Qualquer ser humano quando provocado, age assim.  A menos que seja um ET e de um planeta muitíssimo evoluído moralmente.

Muita gente sofreu na ditadura. Muita gente morreu nesse período negro da nossa história, assim como ainda morrem da mesma forma em outros países ditos "hermanos" nossos!   E o pior é que os nossos sobreviventes concordam com a ditadura de lá e condenam a que tivemos.  Mentem que lutaram contra a ditadura e PELA democracia.....O CACÊTE!!!!   Discutir com um imbecil a respeito desse assunto é perder tempo e paciência.

Estamos num período fértil em acontecimentos.  Fatos se sobrepõem estrategicamente para um poder abafar o outro e nos deixar nesse sentimento de catatonismo social.  Porém, tais fatos são tão contundentes que dificilmente serão mesmo colocados para baixo dos já volumosos e aveludados tapetes do esquecimento.  Se a tal comissão da verdade ou meia-verdade já terminou com seu trabalho sobre o passado, ótimo.  Voltemos às atenções para os fatos presentes para não termos mais que chorar fatos futuros.  Com certeza eles já esqueceram das manifestações pelo Brasil. Com certeza estão agora mais relaxados e felizes contando que; basta voltarmos às ruas para que liberem seus black blocs e nos empurrem de volta.

Não sei não...

Isso pode não funcionar novamente...!  


       -..".Ao o povo nas ruas amado ou não...
            somos  todos vencedores de faixas nas mãos.
            Pois políticos lhes ensinam as mais novas lições.
          de como roubar a Pátria e viver em mansões.
         
            vem, vamos pra rua  protestar contra isso aí..
           quem sabe é agora que possamos reconstruir...

           ...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

ONDE ESTÃO OS BRASILEIROS?????

Bem, está feito.  Cheguei a pensar que alguma coisa surgisse para que os deputados e senadores que habitam o congresso nacional, (os minúsculos são propositais), não se vergassem a mais esse vexame nacional.  Confesso que estou envergonhado. Apesar de insistir em não cultivar o orgulho besta, não consigo me livrar desse sentimento de vergonha por qual passa nosso país.  Estamos na dependência de investigações de outros países para que apontem nossos já conhecidos bandidos. Estamos nas mãos de empresas sérias para mostrar que não somos nada sérios, como já dizia De Gaulle!!!

Mas o nosso excelentíssimo congresso arreganhou as pernas e ficou de quatro diante da chantagem do governo.  Essa raça só entende mesmo os símbolos que se resumem em cifrões!

Já agora, o governo irresponsável, pode comemorar mais uma façanha maquiavélica de, novamente, se utilizar de uma "maquiagem" para mostrar que, é sim, responsável.  Não bastava só alterar sempre os números ou a forma de lê-los, não bastavam as diversas estrepolias rocambolescas com dados e números falsos para que apresentassem resultados melhores.  Não !!!  Agora preferem gastar, gastar, e continuar gastando sem dar qualquer satisfação mais.  Vamos colher resultados péssimos devidamente embrulhados em embalagens de ótimos!

Se a justiça não começar logo a enfiar alguns excelentes bandidos na cadeia, o povo não vai mais suportar tanta vergonha e indignação.  Mesmo que tenham um ótimo emprego, uma ótima vida, um excelente padrão de consumo, eu não consigo imaginar um cidadão desfrutando tudo isso sabendo da forma como foi conseguido e o preço que terá que pagar por tudo mais a frente!

Será que é isso que o brasileiro quer mesmo?  Ser sustentado por programas assistencialistas?  Baixar a cabeça, ficar de quatro e agradecer os nabos que lhes introduzem no reto?  e ainda agradecer???

Ver sempre os gigantes criminosos saírem sempre impunes?   Pra que fizemos aquelas manifestações então?
Pra passear nas noites das grandes e pequenas cidades?  Pra desfilar modelitos ou exibir uma falsa indignação?   Onde estão os BRASILEIROS MEU DEUS????

A maior prova da incompetência desse governo foi justamente e claramente comprovada na própria confecção da linha ministerial.

Agora querem que o candidato que perdeu as eleições se explique o porque de ter chamado os que venceram de criminosos?   Nossa maior Estatal sangra por todos os lados e há, com certeza, fatos que demonstram que outras também para levantar dinheiro, dinheiro e mais dinheiro para o partido que governa?
Governa pra quem meu Deus?   Só se for exclusivamente para eles próprios.  Afinal de contas, quem pode se beneficiar de uma aprovação sem-vergonha como essa de não ter que justificar mais ou sequer limitar os gastos?  Ao invés de conter os gastos, pediram e RECEBERAM uma carta branca do congresso prostituído.

Tudo, é óbvio, ao amparo, ou ao menos aparentemente ao amparo da lei, pois resta saber se é ou não é constitucional.  Segundo alguns, não é....!

Acho bom procurarmos os brasileiros verdadeiros. Aqueles que não tem partido. Aqueles que não são servis ou reféns de planos.  Aqueles que não se dobram por restos jogados de um banquete.

Aqueles que, como eu, nesse momento, sente um profundo nojo dos rumos e das atitudes que estão sendo forjadas nos antros e nas pocilgas aparentemente respeitadas institucionalmente.

Sou brasileiro...moro no Brasil, não sou petralha da "petelândia"  


sábado, 29 de novembro de 2014

TIJOLO ECOLÓGICO - QUE MÁQUINAS USAR???

Tenho recebido muitas visitas na fábrica de pessoas interessadas em começar a fabricar o tijolo ecológico. Também, muitos, por e-mail, e alguns aqui no blog através de comentários nos textos sobre o assunto. As dúvidas são basicamente as mesmas; então, vou procurar resumir um pouco e tentar ajudar aqueles que querem produzir esse produto.

Devo lembrar que não sou do tipo que esconde segredos e também não me importo em que outros decidam fabricar também proporcionando assim uma concorrência, o que não verdade não é!  Meus concorrentes são aqueles que fabricam porcarias só "achando"  que vão ganhar dinheiro, quando na verdade acabam se queimando e me queimando por tabela.  Esses é que são meus concorrentes.  Já os que se decidem em produzir produtos de qualidade, na verdade, são até meus parceiros, já que ajudam na divulgação do elemento solo-cimento!

Algumas pessoas já me disseram que eu, às vezes, desanimo os pretendentes à empreitada.  Não é essa a minha intenção.  Deixo sempre claro que "fabricar módulos solo-cimento"  é chato, dispendioso, e é preciso gostar do que faz para não acabar caindo no famoso "jeitinho" tão comum aos brasileiros.  Se o objetivo for unicamente financeiro....então, fabrique blocos que também são ecológicos (não são queimados) e sempre vendem com mais facilidades ok?

Posto isso, aqui vão algumas considerações a serem pensadas;

Em primeiro lugar, é preciso saber para qual finalidade será o produto; para venda? construção própria? fornecer a parceiros construtores?  ou lavar dinheiro sujo?  (tem isso em tudo quanto é atividade) !

Se for para venda, então é bom saber de tudo sobre o produto que fabrica e o máximo possível sobre como aplicá-lo à obra.  Normalmente fabrico um excelente produto, mas o "encantado"  contrata um servente que "diz que é pedreiro"  e lá se vai a qualidade para o buraco.  É desesperador entregar um tijolo lindo, bonito e maravilhoso, e o comprador entregar para um desses pedreiros porcos que costumam resolver "tudo na massa".   Seria melhor nem vender.  Mas vá lá...!

É importante instruir o cidadão que irá pegar pela primeira vez que, o módulo requer um pouco mais de capricho e menos trabalho do que o tradicional.  Basta saber (e isso é uma obrigação), sobre três coisas básicas...."alinhamento, nivelamento e prumo."   O "pedreiro"  que desconhece um desses "detalhes", é tudo, menos um profissional.

Não é preciso ser um "especialista" também, como eu disse, basta saber os três itens acima.

Quando se produz apenas para venda, é preciso entender que o mercado para solo-cimento não é como o mercado para o bloco, o cerâmico, ou os comumente existentes.  Existem ainda poucas pessoas que entenderam a proposta do módulo-solo-cimento.  Não vá pensar que, basta começar a produzir, que farão filas para adquiri-lo!  Tudo vai depender de um trabalho bem feito e da resposta do equipamento que estiver usando.
Vamos supor que você adquira uma máquina hidráulica das mais simples.  Mais ou menos aí na faixa de uns 36.000,00.   Mais uma trituradora de uns 4.000,00.   Depois de um certo tempo, a máquina começa a dar problemas que simplesmente interrompem 100%  a produção....e aí?   Já se, ao invés disso, adquirir 3 máquinas simples manuais de 12.000,00,  e uma ou duas darem problemas, tua produção não para. Apesar de que os anos que utilizei as manuais me mostraram que muito....mas muito raramente dão quebra.  E se derem, uma simples solda resolve.  Elas tem uma vida útil menor, concordo, mas para aqueles que vão começar, eu sugiro que as utilizem.  Os módulos não saem lá com aquela aparência das máquinas que prensam em demasiadas tonelagens, nem precisam mesmo, basta um pequeno esforço para produzir um excelente tijolo.  Além disso, hoje em dia eu raramente vejo alguém comprar para construir aparente.  A imensa maioria pretende mesmo rebocar e texturizar ou aplicar qualquer coisa.  Vejam os novos condomínios e verifiquem por si só, quantas obras estão aparentes....?

Outro detalhe, é que, muitos fabricantes de máquinas querem te empurrar monstrengos que fabricam 10, 20 ou quem sabe 30 mil unidades/dia.  Ótimo!!!!....você tem mesmo como vender tudo isso?  Se não tiver, então tenha ao menos um espaço bem grande para estoque de produto, e lembre que esse estoque tem um custo ali parado.

Tenho utilizado já algumas máquinas hidráulicas e fico enlouquecido quando tenho que parar a produção toda por causa de um simples e maldito rolamento, ou um retentor que resolveu se dissolver.  Na hora que se perde óleo-hidráulico, também se percebe que o preço dele, para repor, é bem desagradável.  Isso ainda, quando o fabricante  se dispõe à prestar a assistência prometida em tempo hábil.

Não vou aqui citar nomes de empresas. Cada um que siga a própria lógica. Só estou buscando levantar questões que percebo o quanto são importantes para uma análise mais fria quando se entra nesse segmento de mercado.  Meu conselho é que, estudem com carinho suas necessidades e busquem parcerias de construtores, empreiteiros, ou empresários da construção que possam ajudar a dar vazão á sua produção.
Tendo feito isso, procurem equipamentos que não te deixem na mão e que atendam as reais necessidades dos tipos de obras a serem feitas.  Em seguida, um ótimo apoio estrutural como transportadores adequados, localização boa, manutenção preventiva, enfim, tudo o que geralmente costuma dar dor-de-cabeça nessa questão.   Na hora de adquirir teus equipamentos, veja se a empresa se dispõe a colocar num contrato tudo o que ela diz , e não apenas uma simples nota fiscal de compra. Contratar mecânicos à parte sai bem mais caro.

Lembre-se que, o que lhes mostram é sempre "teoria".  Uma máquina que fabrica 10.000 unidades dia, é porque projeta 1 unidade a cada 3 segundos. Já usei uma dessas e, na verdade, conseguia produzir menos da metade disso.  Não levam em conta o tempo para se limpar um excesso de massa que se acumula em diversas partes. Das esteiras transportadoras à própria prensa.  Não levam em conta as paradas para inspeção, as limpezas constantes, enfim.  Fazem a medição do tempo e multiplicam pelas horas do dia para ter a taxa produtiva.  Se na simplicidade de um equipamento manual, isso já é um problema, imaginem com tantos rolamentos e peças em movimentos constantes e sincronizados terminando em êmbolos ou cilindros de pressão complexos e cheios de delicados anéis de vedação, contenção, limpeza e pressão expostos a "casuais" rompimentos.

Caso queiram, podemos discutir esses assuntos abaixo na área de comentários.  Não sei tudo, e gostaria de debater com quem tem mais conhecimento que eu ou mais "experiência" !!!   Lembro que, mesmo que esse texto fique antigo, ainda recebo alertas por e-mail de que alguém aqui postou um comentário.
Agradeço a paciência pela longa leitura e espero ter ajudado em alguma coisa.  Busco sempre parceiros de boa fé.  Os de má fé eu dispenso.


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

PAÍS DO FUTURO

Eu sei que o brasileiro, durante os campeonatos, costuma ser, assim, digamos, um técnico e cheio de palpites para dar.  Insiste em ser crítico tentando menosprezar o trabalho daqueles que são pagos para exercer essa função. Tudo bem, não é o dinheiro imposto ao torcedor que está em jogo.
O problema é quando os valores são compulsoriamente retirados do cidadão para serem aplicados em coisas de seu interesse coletivo.  Os chamados impostos!  Nesse caso, os técnicos tem muito mais responsabilidades em tratar, ao menos, com muito respeito essas contribuições já que são provenientes de esforços de grande parte da população brasileira.
O certo mesmo, seria se pensar e agir como Brasil.  Buscar soluções como Brasil.  Atender sempre às prioridades de Brasil.  Não é o que temos visto!

As prioridades, as soluções, os interesses maiores, servem apenas a partidos e coligações.  Medidas consideradas impopulares raramente são colocadas em prática, mesmo que, por vezes, sejam estritamente necessárias.  Com exceção, logicamente, se for para tirar os partidos ou os aliados de uma situação incômoda como o governo tem tentado agora com a mudança na tal   LDO  (lei de diretrizes orçamentárias).

Tantos problemas, tantas necessidades mais importantes como o saneamento das contas públicas, sempre adiado.  Os diversos problemas enfrentados pela saúde, educação, segurança públicas e infraestruturas sendo esquecidos apenas para gastar e gastar e gastar mais e mais de forma criminosa, perdulária e inconsequente.  Fortunas são gastas para alimentar a máquina eleitoreira comparando-se a parcos recursos para essas áreas citadas acima,  e mesmo assim, boa parte acaba sendo desviada por outras esferas deixando praticamente nada como resultado.  Quando finalmente esse resultado chega, ou é insuficiente, ou se verifica que acabou sendo aplicado de forma errada . Tudo bem, quem paga é aquele que rala um terço de cada ano para alimentar tudo isso. É aquele que é "odiado" como mencionou uma eloquente "filósofa" deixando bem claro "quem" é que morde a mão-que-lhe-alimenta"!

Alguém está preocupado com Brasil???  Não!!!  Estão sempre preocupados com os próprios umbigos e os umbigos de suas legendas!  Em tirar-o-deles-da-reta quando são pegos com às mãos sujas nas cumbucas.
Essas são as únicas preocupações verdadeiras desses nossos "técnicos".   Mas enquanto há algum subemprego, enquanto ainda há como "se virar"  o povo vai se virando. Parte se sacrifica sustentando e parte se humilha recebendo esmolas e a vida segue enquanto os dividendos vão sendo acumulados pela classe política através de seus salários e benefícios em nada compatíveis com a realidade brasileira.

Essa raça, jamais é composta  por brasileiros. Essa raça é composta apenas por alienígenas parasitas sociais. Nenhum, nenhum mesmo se salva, pois a simples presença nesse meio já demonstra que; ou é cúmplice, ou acomodado, ou simplesmente um covarde!  Existiram bons brasileiros que até tentaram, mas se viram forçados a sair desse meio insultados, enojados, ou simplesmente decepcionados.

Nosso país....nosso Brasil, só não foi ainda para o buraco porque temos infindáveis recursos naturais que ainda nos dão algum alento.  Embora digam que Deus é brasileiro, com certeza, já deve ter atualizado o Seu passaporte e partido envergonhado.

Portanto, só nos resta mesmo esperar o futuro como quem lê a plaquinha de "...-fiado só amanhã" ...!

Ordem e Progresso????

...-só amanhã!!!!

Destino eterno de um "País do Futuro".





sábado, 22 de novembro de 2014

O QUADRAGÉSIMO MINISTÉRIO

Está certo então. Agora que estão novamente se defendendo expondo ao país que nem um simples paralelepípedo é colocado no Brasil sem que se "molhe" as mãos de algum órgão público, fica estabelecida mais uma pasta institucional do governo; o Ministério da Corrupção.   O governo petista que incansavelmente dizia que iria combater exatamente isso, resolveu então aceitar como inevitável e até progressismo tal expediente.  Também institucionalizou o "Caixa Dois" tão bem explicitado verbalmente por Lula durante a fase inicial do caso do mensalão, sendo então aperfeiçoado em seu significado por Delúbio Soares como "Recursos  não Contabilizados" dando então, um ar mais sofisticado ao "procedimento".

Essa é a tal revolução socialista que tanto pregam por aí?  É dessa forma que a Venezuela, mesmo sobre um oceano de petróleo não produz absolutamente nada. Nem sequer papel higiênico.  É dessa forma estatizante onde todas as empresas públicas devem possuir membros com funções específicas e dirigidas pelo governo para "produzir" verbas destinadas a interessados em perpetuações no poder.  Sendo assim, nada mais natural do que institucionalizar isso.  Criar o novo ministério é preciso sim.  É necessário termos mais cargos negociados, mais sorvedouros de impostos, mais fontes de receitas não contabilizadas que passariam a ser então, contabilizadas.  O mesmo que querem fazer com as drogas. Se não podem combatê-las, então que se descriminalizem.  Assim também com o aborto.

Se eu subornar um policial para evitar uma multa maior, basta emitir um recibo para que esteja dentro da legalidade e possa ser restituído em parte depois.  Afinal de contas, estou colaborando com o governo!
Se eu for preso, basta "contribuir" com a parte da delegacia e dos magistrados para que não tenham que gastar comigo em processos, encarceramentos e tutórias caras.

O presidente ou a presidente, então, terá seus 40 ministros.

Pra que leis não é mesmo???  Se podem ser flexibilizadas de acordo com interesses financeiros ou políticos!
Não querem considerar inidôneas as empresas envolvidas nos crimes de corrupção porque, senão, não teremos mais obras no país.  Simples.

Aqui no Brasil, tudo se resolve facilmente!!!  Somos realmente muito criativos.

Então o novo ministério poderá cuidar de apresentar os resultados sempre mais crescentes e auspiciosos daquilo que o povo brasileiro mais gosta.  De se corromper ou corromper alguém.  A industria da dificuldade, com certeza irá melhorar e crescer bastante também.  As vendas de facilidades estarão nos patamares mais altos.  O povo irá receber suas cotas sempre crescentes de benefícios emergenciais agora eternizados, e todos viveremos felizes para sempre.

Também pra que eleições?  Por que gastar 100 bilhões a cada campanha se podemos utilizar essa verba para alimentar a máquina de propaganda governamental ao invés da máquina de campanha.

Tudo isso é perfeitamente funcional enquanto o "povão" que não lê, não pensa, e se contenta em ser aquilo que lhes mandam ser, continuar sorrindo com seus chaveirinhos e espelhinhos. Ótimo!!!!!

Ficaremos muito bem sem os tão odiados banqueiros e grandes industriais.  Ficaremos melhor ainda sem a agroindústria e todos os sem-terras devidamente assentados e produzindo seus feijões e arroz de subsistência.  Temos dinheiro afinal, para importar os alimentos e os insumos necessários a manutenção da suprema felicidade tal qual os nossos irmãos venezuelanos desfrutam.

Pensando bem...pra que trabalhar???  Melhor ficar tranquilo em casa assistindo os programas produzidos pelos governos.  Os discursos infindáveis de como estamos bem e melhorando. De como expulsamos os grandes empresários e grandes latifundiários tão nocivos ao nosso glorioso progresso!  24 horas de programas realmente construtivos sem interferência daqueles que só falavam mal do governo.  Ficaram calados por medidas que lhes controla os conteúdos.  Agora, só podem emitir opiniões "sensatas" e "imparciais".

Sendo dessa forma mesmo.  Este será meu último texto nesse blog.

Infelizmente não conseguirei me adaptar à essa nova realidade.

Não tenho nenhum talento para vestir qualquer tipo de "canga"!!!   Jamais aceitarei qualquer grilhão metafórico ou concreto.

O que eu quero saber mesmo é se vão ou não vão institucionalizar oficialmente tudo isso!  Ficar no meio termo não dá.   Já institucionalizaram verbalmente.   Espero a definição oficial!!!!

E aí...??????