Postagens

ANTES, DURANTE E DEPOIS DA "ALEGRIA"

Depois de um tempo de descanso quase obrigatório dos assuntos absurdos que continuam mexendo com nossas vidas e nossos sonhos, eis que não dá pra aguentar ficar fora desses registros que mantenho até para que possa, um dia, recordá-los.

Nem vou me ater às questões internacionais com suas fogueiras constantemente alimentadas pelo EI, ou a eleição daqueles destrambelhado cor-de-laranja.

Meu foco é aqui.  Minha visão paira silenciosa por sobre os fatos, boatos, intrigas, crimes, crises, enfim, em tudo aquilo que está mais perto e incomoda os meus irmãos brasileiros tal qual os odiosos mosquitos pintados.

Vejo a todo instante, nossos representantes públicos cuidando apenas de seus próprios interesses e também buscando formas de salvar suas nádegas imundas dos petardos que lhes ameaçam, o país? o país que se dane, os brasileiros que se virem,  cada um que cuide do seu.

Nas redes sociais e portais, blogs, noticias, encontramos exércitos de militantes, robôs, mercenários, e toda a sorte de …

PENALIDADE MÁXIMA ! ... (Final)

continuando...

Como vinha dizendo sobre a tal penalidade de imobilização permanente apenas para bandidos de alta periculosidade e sem nenhuma chance de qualquer tipo de recuperação, já enviei a sugestão para um Deputado Federal e aguardo a resposta.

Alguns podem dizer que isso não iria adiantar, porque o marginal poderia continuar se comunicando e enviando ordens.  Eu não acredito que pudesse fazer isso, até porque perderia muito o respeito dos comparsas já que se encontraria impossibilitado de se movimentar e seguiria  uma rotina entre um leito e uma cadeira de rodas que seria empurrada pelo enfermeiro que sugeri.  Mesmo se houvesse algum plano para libertá-lo, quem iria depois cuidar desse meliante e ainda continuar a escondê-lo das autoridades?  

Mas o fator mais interessante, seria, sem sombra de dúvidas o desestímulo aos futuros candidatos a chefes de facção, homicidas, chefes de tráfico, enfim, todos aqueles que só são humanos na casca e na aparência por assim dizer.   Nenhum d…

PENALIDADE MÁXIMA (parte 1)

Uma realidade tem nos confrontado há décadas.  O que fazer, ou como tratar aqueles que se colocam à margem da lei.  Como fazer com que determinado tipo de punição possa exercer sua efetiva finalidade?   Possa também respeitar os direitos humanos?  Muitos países acreditam que resolvem esses problemas com a pena de morte.  Mas isso tem funcionado?

Acredito que não.  Basta ver que em países como o Irã em que até a corrupção é penalizada dessa forma e, no entanto, mesmo assim, existe corrupção, já que isso é inerente ao ser humano. Todos nós somos corruptos em maior ou menor grau, mas nem todos se defrontam com circunstâncias que possam realmente promover esse fato.  Um exemplo disse é um pai honestíssimo que seria sim, capaz de se corromper para salvar um filho.  Mas essa já é outra questão.

O que tenho visto nos últimos dias e, nos primeiros desse ano, são as barbaridades cada vez maiores cometidas por marginais que assolam a nossa sociedade, certos de que mesmo sendo punidos, não tom…

RESPOSTAS ÍNTIMAS

Somos seres viventes dentro de uma dimensão, só que existem infindáveis dimensões. Vamos excetuar aqui o misticismo religioso que vem de diversas interpretações. Somos seres que captam, alguns mais, outros menos, as ondas ou energias dessas outras dimensões. Quando estamos calmos, relaxados, com pensamentos coerentes, estamos em sintonia com energias dessa nossa dimensão. Mas quando nos alteramos, quando nos sentimos dentro dos aspectos colocados como os 7 pecados capitais, então sim, estamos captando energias de outras dimensões e seus seres menos evoluídos. As religiões os chamam de espíritos ou almas diabólicas. Já penso serem os seres extra dimensionais ainda em processo evolutivo.
Raramente temos a oportunidade de captar os seres mais evoluídos, porque eles pouco se interessam por nós, não por uma questão de abandono, mas por saberem que nós iremos evoluir quer queiramos ou não. É só uma questão de tempo que eles sabem não ter significado no eterno. A lenda do demônio só …

2016 VAI FECHANDO AS CORTINAS

Estamos finalizando 2016 sem motivos para comemorar.  Pior, sem qualquer esperança de que em 2017 possa melhorar.   Os caminhos que se apresentam, ora nos indicam alguma melhora pra logo em seguida se perderem num emaranhado de bifurcações e até trifurcações complicadas,  ou então sinalizam que até aquele ponto chegamos, mas não há mais como seguir adiante.

Estamos praticamente em guerra.  Basta assistir ao pitoresco embate, ou queda de braço entre os três Poderes da República.  O Legislativo em conflito com o Judiciário que ameaça o Executivo, esse , por sua vez, se esquiva e utiliza o Legislativo contra o Judiciário. Uma guerra insana em que vez por outra a própria Constituição é estuprada sem piedade.  Todos defendendo apenas os próprios interesses, sem atentar para a realidade brasileira que, para eles, parece ser a de outro país, não aquele em que efetivamente se encontram.

O clamor das ruas cessa de um lado, ameaça de outro, interfere em mais outro, cada qual tentando assumir ou…

PLANO DE VOO

Foi só mais um acidente dentro dos inúmeros já ocorridos.  Só que a imprensa movida à sangue insiste em dramatizar ao máximo e explorar ilimitadamente o fato.  Tudo bem, até certo ponto é louvável porque nos informa da precariedade regional de algumas companhias pequenas, embora até as grandes também devam esconder alguns podres que, como sempre, acabam por serem descobertos da pior maneira e com os maiores custos.

Pane seca.  Essa é a provável e, por enquanto, a única explicação.  Tudo leva a crer que o piloto deliberadamente jogou roleta russa com todos à bordo, inclusive ele próprio.

O importante era cortar custos.   Até agora o que se apurou, foi de que o pessoal da companhia insistiu num plano de voo quase suicida !   Não havia margem de segurança, não havia espaço para margem de manobras, tudo foi feito "nas coxas"  como se costuma dizer.

Mas como todo acidente aéreo tem uma sequência de erros cometidos, esse também não foi diferente.
Por estarem acostumados a fazer ex…

CAMPO MINADO

Já dizia o ditado..."em casa que falta pão, todos brigam e ninguém tem razão"...!    Continuamos caminhando para a escassez desse pão, simbolizado pelo entendimento, já que parece que todos se unem contra todos.  O Brasil parece ter se tornado um agrupamento de tribos diversas que se digladiam entre si.

O PT deixou um terreno podre e estéril durante sua passagem, dividiu o país no tal "nós contra eles", transformou em demônios e inimigos quem não compactuava com suas idéias, mas também deixou um solo fértil  para se desenvolverem as sementes dos desacordos e conflitos.

Vejo agora que o MPF está em conflito declarado com o Congresso por conta da aprovação da lei que inclui os juristas como potencialmente imputáveis.  Ainda há um longo caminho que segue pelo Senado e depois para a Presidência, chegando finalmente ao STF.

É o caminho democrático, no entanto, dizem que, se for aprovada essa lei, irão abandonar seus postos.
A operação Lava Jato corre o risco de simple…