segunda-feira, 31 de agosto de 2015

FIM DAS PONTES....INICIO DOS MUROS!!!!

Estamos presenciando o estertor, a agonia de um desgoverno populista e vigarista, que tomou de assalto, usando a própria democracia, como um meio de infestar todo o organismo nacional.  Assim como um câncer maligno que, a princípio, é indolor e se espalha por todo o complexo, o PT, usou todo um sistema para se beneficiar e agora, como parasita que é, está matando o hospedeiro, no caso, a economia e a política brasileiras.  Não que fosse o único responsável, o sistema já vinha definhando, mas contribuiu calorosamente para que, a Nação se desestabilizasse de vez.

Com sua política populista e divisionista, enfraqueceu muito as instituições tal qual faz uma doença antes de terminar com o corpo.  Exauriu o que pode e, principalmente, o que não pode, a fim de buscar a tal  dominância completa do poder.

O Brasil está quebrado financeiramente, as pessoas estão quebrando, alguns poucos ainda tentam manter o indispensável e, enquanto grande parte da população faz cortes em seus orçamentos, o governo, por sua vez, aumenta os gastos.  Gasta de forma criminosa recursos que não são seus, mas de todo o povo, em razão apenas de seu projeto de poder muito provavelmente nos moldes dos moribundos socialistas de araque disfarçados de humanistas.

Tenho pena da militância, não daquela que recebe altos valores para ser, mas por aqueles que, de alguma forma, ainda acreditam nesse partido.  Eu mesmo já cheguei até a defendê-lo quando recebia ataques exagerados, fui acusado de estar em cima de um muro e não ter lado. De estar do outro, de ser tucano por alguns e petralha por outros, enfim, levei pau de todos enquanto buscava acreditar e, até desejar que estivesse errado.  Mas estão aí os resultados aparecendo.  Não adianta agora culpar o mercado externo, a China, etc... !  Nosso problema tem origens aqui mesmo, não lá fora, esse passa a ser apenas um complicador extra para dificultar ainda mais a nossa situação.

Me lembro dos vermelhos gargalhando e demonstrando intenso prazer em acompanhar a decadência da América.  Muitos até babavam em seu entusiasmo. Eu tentava mostrar que os EUA poderiam estar em situação difícil sim, mas sabiam como superá-la, já nós, que planos temos para superar a nossa?

O governo quer mais impostos pois já declarou oficialmente que quebramos. Não consegue.  Continua querendo calar a sociedade mas não encontra uma forma sem que, com isso, demonstre sua verdadeira vocação autoritária. Dilma Roussef está perdida e sem rumo e, demonstrando uma doentia teimosia, insiste em continuar a não governar.

Mas o que fazer no caso dela sair?  Que planos possam ser seguidos e que consigam atravessar as hordas que se transformariam em oposição ferrenha contra tudo o que pudesse socorrer mesmo com um remédio amargo?

Insistem em golpe, insistem de que Dilma está sendo vítima de golpe quando na verdade, se ela for tirada do poder, terá sido apenas por que merece. Já que gostam tanto de plebiscitos, então façam um para referendar os tais votos que recebeu.   O que não dá, é esperarmos mais três anos inteiros ouvindo, ou melhor, nem sequer ouvindo os planos para sairmos dessa situação.

Nicolás Maduro da Venezuela e Evo Morales da Bolívia, já demonstraram que se Dilma for demitida por nós, seus empregadores, poderão usar até de força.  Bem... isso é coisa que se diga? Ocupando os cargos que ocupam?  Eu já disse isso para uma pessoa querida que não está mais entre nós...mas...o triste mesmo em qualquer conflito armado, é ter que engolir que, para se chegar àqueles que realmente precisamos pegar, é preciso antes, vencer aqueles que não temos nada contra.  E mesmo assim, depois de muita luta e muito sangue, ainda ver-lhes a fuga de seus palácios.

Não consigo ver qualquer melhora milagrosa em nosso horizonte que não passe por medidas realmente difíceis e que o PT já provou que NÃO VAI TOMAR!!!!...

Já está faltando pouco tempo para que não possamos mais sequer protestar nas ruas.  Nas redes eles já estão criando mecanismos para buscar e punir os que acharem que devem, ou seja, todos os que não concordarem com eles.  E sempre dizendo usar a democracia.  Essa palavrinha deve lhes causar náuseas, pois não sabem e nunca souberam o que é isso.

Os fatos estão ai todos os dias.  Os níveis de desemprego, inflação, taxa de juros, déficit, somente aumentando.  A carga tributária que já é gigantesca não está mais dando conta dos gastos irresponsáveis, tanto é verdade que querem ainda mais.   A dívida pública está se tornando impagável e estamos a um passo de sermos rebaixados pelas instituições internacionais que, com isso, fariam irmos para o buraco de vez.

Mesmo assim, fazem festa todos os dias, e que festas.  Dilma principalmente se sente a princesa da Pérsia sempre que viaja ao exterior para mostrar aos gringos como se governa um país.  Agora, recentemente não tiveram dinheiro para pagar uma simples conta de 100 mil dólares a um brasileiro que lhes forneceu todo o conforto para as excelências e suas comitivas.  Isso é vergonhoso!!!!

Acho mesmo que, a primeira medida para se melhorar o Brasil, seria a saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda.  Já que os petistas odeiam ele, que Dilma tire ele de lá ou que ele saia por si só antes de se tornar o único culpado que eles possam apresentar ao cadafalso das desculpas mais adiante.

Petista nunca reconhece que errou, jamais aceita que cometeu crimes, e em tempo algum irá ter a humildade e a hombridade de reconhecer isso.  São insistentes, irritantes, e o pior...profundamente divisionistas.  Querem sim, um muro dividindo o Brasil.  Um muro não para protegê-los, mas para impedir a fuga dos seus.  O tempo das pontes se acabou para eles.  Agora serão as vezes dos muros.
Muros de blindagem, muros de esconderijos, muros da vergonha.






quinta-feira, 20 de agosto de 2015

MAIS UMA FANTASIA

Ainda não entendi esse troço de empréstimos a juros subsidiados para as grandes indústrias não demitirem.  São bilhões de reais para fazer exatamente o que?  Não demitir?  Então será o governo que irá pagar as folhas dessas empresas e esses empresários ainda terão os ônus dos juros subsidiados?

Porque os empresários não irão usar essa verba para investimentos e compra de insumos, isso é certo, já que os estoques estão abarrotados.  A troco de que, então, iriam pegar esses valores?  Somente para manter o pessoal em férias coletivas?

Se imagine você mesmo como um empresário. Seus estoques estão imensos e os credores se acumulam, pois não há giro suficiente para cobrir  as despesas.  A economia recessiva impede que desague parte considerável do seu estoque.  Você pegaria empréstimos via BNDES mesmo com juros baixos para fazer o que?  Somente para pagar as dívidas, é certo.  Porém, deveria haver alguma sinalização de melhora a médio prazo, caso contrário, seria praticamente um suicídio empresarial.

Para mim, isso se chama, venda de peneiras para tapar o sol.   Mesmo sendo essas peneiras bem baratinhas.

Com a atual taxa de juro praticada para tentar segurar uma inflação que só é alimentada pelo próprio governo em vista dos preços represados por ele próprio, e que, foram despejados agora após as eleições, tem-se uma nítida impressão de como estão mais perdidos do que cego em tiroteio.

Portanto, não estou conseguindo alcançar essa "visão" do governo em que, os empresários irão receber essa "ajuda" financeira para manterem os milhares de empregos dessa forma tão artificial.

Quanto à redução das jornadas seguida da dos custos, é até compreensível dentro do esforço, mas essa agora?

Quando o País da Fantasia estava somente na cabeça deles, tudo bem, mas continuarem insistindo em manter essa fantasia, vai nos custar cada vez mais caro.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

A NOVELA DA BOMBA

Uma bomba foi jogada na calçada do Instituto Lula alguns dias atrás, pronto, já começou a berraria sobre, atentado político contra o "ìcone" da "democracia".   Exércitos mais uma vez divididos já elaboraram suas conclusões apressadas, como sempre,  iniciando uma nova batalha também política.
Sites se debatem entre os que consideravam um atentado terrorista, e aqueles que chamaram de golpe publicitário, enfim, ninguém sequer cogitou a hipótese do..." desocupado".

Um vagabundo qualquer pode muito bem ter passado com o carro e jogado o artefato à esmo, sem sequer saber onde e porque estava fazendo isso, muito comum nessas mentes improdutivas. Mas bastou para que o país inteiro corresse para suas trincheiras e empunhasse suas armas.  Atentado político?  Golpe publicitário?  Ocorrência de vândalos?  O que teria realmente acontecido ali naquela noite?

Não descartando quaisquer possibilidades, vejamos a potencialidade de cada uma;

Acho muito difícil qualquer ação desse tipo engendrada pela dita oposição, até porque seria contraproducente politicamente.

Da mesma forma, também penso sobre uma atitude isolada de um destrambelhado revoltado que mantém ainda, algum raciocínio lógico, também teria o mesmo efeito contrário, a não ser, é óbvio que o tal destrambelhado queira fazer mais propaganda para o seu desafeto na revolta.

Enfim, sobram com uma boa margem de possibilidades, apenas duas opções;

Na primeira, e acredito que seja a de maiores probabilidades, visto já terem ocorrido situações análogas tanto no modus operandi do partido quanto na da própria história da humanidade e que seria de membros do próprio PT, os já ditos "aloprados" que fizessem essa molecagem para que o partido e o próprio Lula, se fizessem de vítimas de um tal ódio que eles mesmo criaram e alimentaram durante 13 anos.  Mas que viria agora numa circunstância favorável para, pelo menos, um desvio de foco.

Na última e, também com bastante possibilidades de acerto, existe o tal desocupado, vândalo, moleque, vagabundo, que não tendo o que fazer na vida, resolveu escolher a esmo, uma residência qualquer para jogar sua bombinha.  O artefato em questão, me pareceu uma bomba simples de confecção caseira e que não causou estragos além de um pequeno orifício no portão. Acredito também que nem tenha sido algo que se fragmentou do artefato, mas sim, uma pedra que possa ter sido arremessada pelo próprio deslocamento de ar da explosão.

Posso sim, estar errado, mas que tudo seja apurado e muito bem apurado.  Porém, enquanto isso não acontece , não adianta ficarem fazendo essa guerrinha de protestos de um lado e de outro. O comediante Danilo Gentili  está para sofrer um processo, ora vejam, porque ousou ironizar com uma piada abrindo a possibilidade de ser sim, um pessoal, digamos, "da casa".  Ele pode provar?  Não, é lógico, mas usou uma piada e não uma acusação formal.  Esse pessoal do PT está ficando cada vez mais casca-de-ferida, coitados.  

Acho muito difícil, no entanto, chegarem à qualquer conclusão nessa investigação....

...talvez, nem queiram mesmo chegar!!!!

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

ENTRE OS VERMELHOS E OS AZUIS

Eu  ainda me lembro de quando éramos  crianças, brigávamos para sentar no banco da frente do carro em qualquer passeio.  Por incrível que possa parecer, via meus funcionários, sempre que me dispunha a levá-los para casa por motivo de horários estendidos, quase a mesma disputa e mesmo assim, já adultos crescidos.

Quando, nessa época, seus salários mínimos de uns 560,00, faziam com que comprassem tênis de 600 a 800,00, sempre me perguntava se não tinham outras prioridades, mas enfim, cada qual que acalente e realize seus sonhos de consumo.

O Partido que governa o Brasil atualmente, cresceu alimentando a ladainha de que, agora, pobre pode viajar de avião.  Pobre, agora,  pode consumir produtos que antes não podia, enfim, acenou e produziu mecanismos ditos de inclusão como se fosse apenas isso que os pobres mereciam.

Deixaram de lado, com muita propriedade todo o resto.  Saúde, educação, segurança, infraestrutura, e tudo o que realmente pode se dizer durável e extremamente necessário.  Mas se você reclama disso, pronto;  já passa a ser um preconceituoso que odeia pobres e acha que eles não devem ter absolutamente nada.

Pouco tempo atrás, houve um caso bastante explicativo pelas circunstâncias em que se deu.  Alguém criou uma informação mentirosa de que o governo iria cancelar ou atrasar o programa Bolsa Família e isso bastou para que houvesse  uma verdadeira corrida aos bancos de pessoas com bons carros, celulares, vestuário, e até tablets, enfim, todo aquele aparato supérfluo mas que causa uma sensação de prazer de consumo.

Outra propaganda alimentada no objetivo da inclusão também se deu no âmbito do ensino superior, através das tais cotas.  Muito mais fácil e mais visível politicamente, é criar esse mecanismo que elimina a necessidade de se melhorar o ensino básico e remediar o problema no final do ciclo.  E coitado daquele que não concorda ou, ache estranho tal processo.  Passa a ser considerado racista!

Somando-se mais algumas outras medidas, também ditas, de inclusão e de caráter parecido, temos então um País dividido entre os mocinhos e bandidos.  Daqueles que acreditam que não precisamos de Instituições para se fazer justiça, e daqueles que ainda as prezam como um meio de manter a ordem pública.  De uns que querem o progresso revolucionário impondo que o retrocesso é uma característica particularmente exercida pelos mais conservadores.

Tudo isso pode ser apontado pelas esquerdas como um sonho durável, mas infelizmente não é!

O tempo em que durou com alguma expressão mais concreta, foi aproveitado por excelente propaganda divisionista.  O famoso "Nós contra Eles"  que dividiu o Brasil.  Só que esse tipo de trabalho e resultado, não dura muito.  O que vemos agora é isso.  A menos, é lógico, que seja imposto através dos meios em que países ditos socialistas ou comunistas se utilizam como censura dos meios de comunicação.  Tudo é controlado então, e a população tem sempre informações de que tudo vai bem.  Assisti o filme 1984 de Jorge Orwell  onde mostra uma sociedade tipicamente nesses moldes.
E isso não é apenas ficção.  A Coréia do Norte especifica muito bem esse caso.

Assista o filme:



Esses grandes vendedores de sonhos, cobram muito caro por eles, e sempre acabam deixando em troca, um pesadelo igualitário que vai de encontro à melhor essência do ser humano que é a liberdade de pensar por si próprio.  Esse geralmente é o objetivo do Estado forte.  O absoluto controle de tudo.

Sempre irão existir os que tem mais e os que tem menos.  Embora existam sim, mecanismos para se reduzir esse distanciamento, não há como eliminá-lo.  Nem onde isso ainda existe no mundo como nos ditos países comunistas ou socialistas.  Lá, a maior parte da população deve se contentar com o básico para a sobrevivência enquanto os "líderes"  e seus aliados formam a casta que tem tudo.

Assim é que funcionam os países estagnados pela ilusão do coletivismo imposto.  Basta observar a Coréia do Norte comparando-se  à  Coréia do Sul.  Quando o muro de Berlim foi posto abaixo, a Alemanha unificada percebeu como viviam seus irmãos do oriente e foi um trabalho duro absorvê-los.  Gostaria de sabe se houvesse um plebiscito para todos voltarem à forma antiga do lado oriental qual seria o resultado desse.

Portanto, inclusão social é aceitável e até desejável, porém, deve ser feito a partir das bases de uma sociedade, e não no final simplesmente induzindo ao consumo desenfreado de bens e serviços supérfluos.  É preciso antes, educar, sanar, criar condições para que as pessoas pensem e ajam com prudência e respeito mútuo.  Que não se dividam em "lados" antagônicos, nem disputem colocações predatórias se exibindo falsamente como humanistas.

Aqueles que vendem esses sonhos utópicos é que estão amealhando tudo como sempre fazem e sempre fizeram.  Basta ver os milhões, os bilhões que estão desviando para si próprios ou para os partidos.  E nós, temos que enfrentar mais uma crise imposta por eles que estão apenas preocupados com suas "boquinhas" esfomeadas enquanto o País vai mergulhando cada vez mais no abismo.

Só estamos ainda em razoáveis condições pelas instituições que ainda se mantém fortes, mas que as esquerdas teimam também em destruir.  A democracia é apenas um empecilho para eles.

Quanto ao tal "Capitalismo" é, realmente o pior dos sistemas, excetuando-se todos os outros como bem disse Churchill.   Só precisa mesmo é ser aperfeiçoado, melhor utilizado e de forma também mais moderada.
Já o comunismo travestido de socialismo é que está se provando mais uma vez ser o verdadeiro retrocesso da humanidade com todo o seu divisionismo, estagnação, e perda total de liberdade de expressão, idéias e respeito à vida!  O verdadeiro responsável por tanto derramamento de sangue, e lágrimas no mundo.

Qualquer pesquisa, por mais superficial que seja na história do mundo, prova tudo isso!



domingo, 9 de agosto de 2015

PRÓLOGO

Em que país vivem os "monarcas" dessa nação?  Nossa "rainha" se isola em seu palácio completamente alheia à todas as realidades da população. Parece, apenas se fixar num desafio praticamente impossível, se manter no poder.  Eu gostaria de saber para que!

Existe sim, alguma possibilidade de ela vir a se manter nesse castelo de sonhos. Mas à custa dos pesadelos de todos os brasileiros.  Mas esse é apenas um ponto.  Caso ela realmente saia, só terá que levar esse rótulo na biografia e nada mais, e quanto aos outros cento e poucos milhões?  Haveria alguma mudança com objetivos concretos para que a situação melhore?  ou, ao menos pare de piorar?

Uma coisa é certa, Dilma saindo, já acena com alguma confiabilidade no mercado, pelo menos por um tempo curto, eu sei, mas esse tempo precioso deve ser aproveitado para se implantarem medidas correcionais no sentido de equilibrar os juros, inflação e desemprego, todos eles em níveis crescentes.

Acabo de ler uma entrevista de Frei Beto onde ele mesmo reconhece a situação e diz temer que Dilma acabe renunciando.  A entrevista está aqui;
 
http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/08/1666232-no-intimo-eu-temo-que-a-presidente-dilma-renuncie-diz-frei-betto.shtml

O que também me chamou a atenção nessa entrevista, foi a óbvia constatação dele, que o PT já perdeu aquela militância que tinha no início.  Uma militância gratuita que agora foi substituída, segundo ele, pela militância paga. Em suas palavras, Frei Beto disse que, agora o PT tem que pagar pessoas desocupadas para "agitar" suas bandeiras, e antes, isso era feito "de graça"!

Bem, isso pode ser perfeitamente encaixado em todos os segmentos do partido, antes considerados como voluntários. A exemplo dos MAV"s  que são aqueles seres desocupados que perturbam nos sites, e blogs da internet.  Já temos denuncia inclusive, de um site que recebia dinheiro para defender o PT, o tal de Brasil 247.    Fora, os outros que recebem patrocínio de Estatais onde não se pode contrariar nos comentários, como o Conversa Afiada.

Bem, se a militância outrora gratuita e voluntária, começa a cobrar pelos seus "serviços", essas despesas viriam de onde?

Logo, com certeza,  iremos saber!   Mais escândalos a caminho!

O que me dá muita pena também, inclusive constatado pelo próprio Frei Beto, é sobre a "vaquinha" em ajuda a José Dirceu na ocasião de sua primeira prisão.  Ficou provado que ele ganhou milhões até mesmo durante sua estada na Papuda.  Muitos "cumpanheiros" devem ter contribuído com dificuldades com seus 100,00...200,00 ...300,00 enfim, para que ele pudesse pagar o débito judicial, e agora sabem dos milhões que esse senhor detinha em conta bancária.  

Eu tenho amigos petistas.  Bons amigos, mas que prefiro não mais discutir.  Prefiro manter a amizade e deixar de tentar lhes chamar à razão.  O raciocínio realmente fica comprometido diante de qualquer tipo de passionalidade, e o píor, é que acabam até por comprometer a nossa própria.

Não querem aceitar que seu partido está morrendo.  E não por culpa alheia.

Por culpa própria!




sexta-feira, 7 de agosto de 2015

BREVE REFLEXÃO

Uns dias atrás, recebi um telefonema de minha filha.  Notei que a voz dela estava estranha, ela chorava e isso me fez estalar o ânimo.  Ela havia sido assaltada.  Isso é uma experiência muito comum, eu mesmo já fiquei uma vez sob mira de uma arma sendo chacoalhada insistentemente no meu rosto. Posso dizer que é uma experiência bem traumatizante. Me lembro que até fiz besteira como movimentos bruscos, enfim, não há como estarmos preparados porque, nessas horas, tudo é muito confuso.
Minha filha não sofreu ameaça com arma, mas foi interpelada e o assaltante queria a bolsa dela.  Começou puxando-a e minha filha reagiu tentando impedir. Foi quando o rapaz ameaçou agredi-la fisicamente. Só então ela largou e deixou ele ir.
Agora, com mais calma, eu vejo que o tal rapaz deve ser um desses viciados que precisava saciar o vício logo pela manha e encontrou uma ótima oportunidade naquele lugar.

Eu vejo constantemente o ódio que as pessoas expressam quanto aos bandidos comuns. Todos, sem exceção querem que eles morram, que vão para o inferno, enfim.  Mas há de se ter alguma reflexão a respeito.  Muitas vezes, nem todos são marginais.  Existem necessidades que podem ser aparentemente impossíveis de serem transpostas por algumas pessoas.  Muitas delas acreditam que não poderão superar uma dificuldade, são fracas. Não há como não reconhecer isso.  Somos fortes em algumas coisas e fracos em outras, não existem pessoas perfeitas.  A própria necessidade de condenar um possível criminoso já demonstra que temos falhas a verificar.

Não fiquei indiferente a isso.  Quando ela me disse sobre a ameaça física dele, eu também me exaltei.  Não há como manter a serenidade nessas horas. Para mim, minhas filhas continuam a serem as mesmas meninas indefesas e que sempre podem precisar de amparo do pai.

Hoje, passados alguns dias, já me permito refletir um pouco mais.  E nessa reflexão eu busco perdoar o jovem rapaz.  Não acredito que seja um bandido.  Fora o susto, minha menina só perdeu o celular, documentos, entre outras coisas de bolsa.  Mas e ele?  Ganhou ou perdeu?  Será que essa pequena vitória temporária não seja uma forma de incentivar outras investidas no futuro?  Não estamos ainda numa situação econômica no País a tal ponto para se justificar essa necessidade, embora, alguns possam já estar se preparando para tal.

Também não defendo o banditismo, principalmente aquele de forma cruel e sanguinária.  Desses eu não costumo ter pena.  Só desejo que sejam pegos e recebam a punição adequada, e consigam superar e melhorar depois as suas vidas.

Mas existem outros criminosos mais nocivos ainda do que esses.  São aqueles que, detém o poder de minimizar tudo isso, mas fazem questão de desviar os recursos para esses fins, direto aos seus bolsos.

Se existem penalidades fortíssimas a serem aplicadas, devem, com certeza, serem aplicadas a estes, os verdadeiros fomentadores de toda essa violência.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

DÁ PRA APLAUDIR?....JURA???

Quando eu penso que talvez eu esteja errado, e até torço pra isso, me vem a mandatária da Nação fazendo um daqueles discursos em que todos são pagos para aplaudir dizendo claramente e sem sombra de dúvida de que não irão colocar uma meta, e sim, irão deixar a meta em aberto, mas quando atingirem essa meta, irão dobrar a meta.
A cada dia que passa, o sofrimento moral, intelectual, e até sexual do nosso povo, vai ficando mais abatido.
Agora está ficando mais difícil tentar compreender os rumos que estão tentando colocar o nosso país.
E pagamos já, com pouco mais de meio ano, quase 1 trilhão e duzentos bilhões pra ouvir coisas como estas...!
Talvez ela tenha se referido à palavra "merda", pois teria mais sentido!