terça-feira, 20 de janeiro de 2015

O QUE NÃO MATA, TAMBÉM ALEJA.

Cozinhando nesse calor aqui em casa, não sei porque, me lembrei de uma passagem que li em algum lugar sobre uma cena ocorrida durante o desembarque das tropas aliadas em alguma praia da Normandia durante a segunda guerra mundial.  Nessa passagem, não sei se foi um correspondente de guerra ou talvez algum soldado que sobreviveu por amarelar, não me lembro. Sei que nela, o comandante de um grupo de soldados entrincheirado no meio daquele inferno em que não se podia seguir, nem recuar, muito menos ficar ali, virou-se para seus jovens soldados que lhe buscavam com os olhos algum meio de se salvarem de tal situação e gritou;  "-...só existem dois tipos de homens nessa praia....aqueles que já morreram e aqueles que ainda irão morrer. "  Dito isso, ordenou que todos se levantassem e avançassem sendo que nenhum sobreviveu às rajadas, explosões e toda sorte de aço e fogo que lhes trucidaram os corpos.

Diferentemente dessa história, eu posso aplicá-la aos nossos políticos nesse Brasil que todos dizem amar.  A diferença é que, aqui, só existem dois tipos de políticos.  Aqueles que foram pegos em falcatruas e aqueles que ainda serão.  Cada caso, é lógico, terá seus desdobramentos condicionados às expectativas do que nos serve ou não. Ou seja, se realmente quiserem punir os que verdadeiramente merecem serem punidos, não sobra ninguém pra governar nossa república.

Estamos sem água,  sem energia, sem rumo e sem qualquer vergonha.  Prova disso são os pacotes de "bondades" e "maldades"  a depender da visão partidária de cada um.  O tal copo pela metade pode estar meio cheio para os otimistas, ou meio vazio para os pessimistas.  Só não dizem o que tem no copo. Seria água ou veneno?  Então, nesse caso, os papéis se inverteriam, porém, o resultado é óbvio.

Todos estamos levando nas costas as irresponsabilidades, os crimes, as falcatruas, os roubos, os desvios daqueles que se consideram nossos representantes.  Todos estamos sendo punidos por crimes e incompetências daqueles que se vangloriam somente dos votos que recebem e não dos resultados que obtém de nossa astronômica e pornográfica carga tributária.

Gastaram, perderam, roubaram, enganaram, enfim... só fizeram engrandecer as inexistências para foder as nossas existências!   Eu não voto...já deixei o motivo bem claro em vários desabafos que ponho aqui.  Não escolhi nenhum desses filhos da puta e sei que os outros filhos da puta que não venceram fariam o mesmo.  Por isso, me sinto livre leve e solto para mandar que todos vão para as putas que os pariram com toda a excelência a que tem direito.

O que vocês não tem direito, é de continuar impunemente nos oferecendo; ora um copo meio vazio, ora um copo meio cheio de veneno, e esperar tranquilamente os resultados....

...eles estão ai....
...e agora:??????




domingo, 18 de janeiro de 2015

MINHA SÚPLICA

Com certeza algumas imagens chocam.  Palavras, somente, não são suficientes para se tentar produzir algum tipo de sentimento de indignação sobre o que estamos presenciando em nosso planeta em pleno século XXI .

Estou me referindo às execuções absurdas de comunidades inteiras com todos os seus integrantes, homens, mulheres, idosos e, principalmente, crianças.  Esse é um verdadeiro tapa na cara de qualquer ser vivente que ainda possa se sentir verdadeiramente humano no contexto explícito da palavra.

Estou culpando diretamente toda a comunidade muçulmana que nada faz, além de apenas reprovar, as atitudes desses verdadeiros demônios que se dizem seguidores de Maomé.

Deixam isso à critério dos cristãos para,  ai sim,  alimentar mais ainda o ódio e o ressentimento desses extremistas.

Esse ódio existe em proporções que nem imaginamos e só nos damos conta quando vemos ataques como o recente ocorrido em París.  Cristãos são deliberadamente massacrados em todo o mundo. Mais especialmente em países onde o contingente islâmico, em sua forma agressiva prolifera qual uma praga devoradora de almas. Não só as das vítimas, mas até de seus próprios algozes.

Tudo, talvez, em nome de recompensas eternas das virgens que os aguardam.

As imagens que encontrei.....algumas poucas, pois não tive estômago nem dosagens extras de compreensão e  tolerância para suportar mais.  Eu publico agora.

Veja se dentro de você, ainda bate algo parecido com um coração.

...

Essa moça foi estuprada por vários homens na Síria por se acharem no direito de antecipar os gozos eternos que Hallah os presenteará. A razão desse ato, se verifica pelo objeto deixado como recado em seu corpo.


Tem aproximadamente e aparentemente a idade da minha filha mais velha.... (...)


Nesse outro aspecto da incompreensível atividade revolucionária maometana, outras linhas de produção de louvores em que esses acreditam.

E são, ou eram....apenas e tão somente......... crianças!!!
A atividade dita "fiel" aos preceitos, não encontra limites...



E podem observar o que pensam nesses lugares sobre os seguidores de outro messias...que não o deles.



Não queria de jeito nenhum postar algo assim.  Mas é real.   É o que estamos nos aproximando de enfrentar caso nos deixemos levar pela fantasia de que nada está acontecendo.  A loucura está dominando mentes fracas de tal forma e de tão intensa magnitude que nos recusamos a aceitar que tudo isso caminha para um desfecho cada vez mais provável.

De todas as imagens que observei, a que mais me acertou...a que mais me feriu.... a que mais me motivou a escrever esse post horrível, está expressada em apenas um único olhar de súplica.
Um olhar de menina...apenas nesse único e desesperado ...olhar.



...(...)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

DIANTE DO UNIVERSO A MEDIOCRIDADE RELIGIOSA

Parece não haver outro assunto no momento além do atentado terrorista ocorrido em Paris. Não que não deva ser comentado, afinal de contas, foi mais um golpe contra a imprensa de maneira completamente inaceitável.  A chama da islamofobia se reacende novamente por todo o mundo.
O que prega o Corão que permite tantas interpretações nesse sentido?  Mais uma porcaria escrita de forma a criar interpretações absurdas que se espalha como uma doença pelo mundo.

Contudo, retirando-se o fato de a imprensa ter sido atacada de forma tão brutal, nada há de novidade já que conhecemos muito bem do que são capazes os adeptos do terror.  Alguns invadem e matam, outros deixam bombas e matam, outros ainda se explodem junto.  Tudo é terrorismo.  Temos uma Presidente que, além de se orgulhar de seu passado onde também cometeu ou participou direta ou indiretamente de feitos parecidos, ainda se coloca como lutadora pela democracia quando todos sabem que, na verdade,(e isso já foi confessado)  lutaram por uma ditadura ainda pior.

Mas a questão é outra. O que me leva a analisar é o fato de tanta preocupação com um problema externo quando temos cerca de 50 000 mortos todos os anos no Brasil.  Mortos com intenção e não por acidentes como alguns querem acreditar.  Mortos que não recebem qualquer tipo de reparação quanto mais alguma atenção por parte dos governos.  Números oficiais nem sempre são confiáveis; então, devemos estar ai na marca dos 60 ou 70 mil ao ano.  Então eu pergunto; estamos em guerra? Estamos em conflito para exibir números tão absurdos todos os anos?  E o que tem adiantado? O que tem feito o poder público? O que temos feito nós mesmos além de nos trancarmos e nos encarcerarmos dentro de nossos lares ou de nós mesmos nos alienando a esse problema que só vem crescendo?

Eu sinto muito pelos mortos na França, assim como senti pelos mortos nas torres gêmeas, ou qualquer outro ataque covarde desses demônios travestidos de mártires.  Antes de sair por aí pregando maldições aos seguidores de Maomé, eu peço que esses seguidores então, é que cuidem de tratar esses filhos da puta da forma como merecem.  Se existem infiéis que mereçam ser exterminados que sejam eles, já que  não são fiéis à suas própria religião. Negar esse fato é também aceitar que os bons islâmicos é que são infiéis e, portanto, fora das suas práticas adequadas.

Por isso é que me mantenho sem religião,. Por isso mesmo eu não me canso de sempre dizer que "religiões só dividem".  Acredito em Deus sim.  Não Aquele que me apresentaram, mas ao Deus de amor e perdão.  Jamais ao vingativo, mesquinho, ciumento, sanguinário que se apresenta como dizem.

Minha crença é tamanha que demonstro isso não acreditando em demônio como entidade.  Onde dizem que existe demônio eu já verifico que, na verdade, é só a falta de Deus. Assim como onde dizem existir escuridão, nada mais é do que a simples falta de luz.

Todas as religiões, na verdade, são puramente incompreensíveis pra mim.  Não entendo a forma como se dedicam à elas, muitas vezes tão absurdamente hipócritas.  Respeito sim, todas, mas não as entendo como ""religação"""   de Religare,  já que nunca nos desligamos do Criador.

Uma nos manda matar os infieis, na outra a tolerá-los e perdoá-los.  Dessa forma injusta de lutar,é que o resultado se apresenta da forma como está. Milhares de cristãos massacrados todos dias pelo mundo.

E nosso país continua produzindo cadáveres e encarcerados vítimas de qual Senhor?????


quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Á TODA HUMANIDADE DE HUMANOS

A cada ano que se inicia, renovamos nossos planos, elaboramos objetivos, catalizamos boas energias para a próxima batalha diária que persistirá por mais 365 dias.   2014 se vai sem deixar saudades a menos para aqueles que obtiveram êxito naquilo que se propuseram e que esse êxito, também tenha sido contemplado por outros seres que não somente o próprio.  Vivemos em um mundo nem sempre justo, embora sempre tenhamos em mente que ele possa ser de alguma forma.  Mas a realidade nos mostra que a busca pela completa felicidade se torna utópica a partir do princípio de que ela ( a felicidade) nos exige a completa alienação.   Ser feliz é ser alienado; é não compartilhar também a necessidade de ser feliz do nosso próximo, é olhar unicamente para o próprio umbigo.

Eu espero...eu desejo que em 2015 e todos os anos que virão, possamos mudar um pouco nossos conceitos, nossos valores, nossas aspirações coletivas e individuais, para que se dirijam em função de nos aprimorarmos como seres humanos racionais, coerentes, lógicos e objetivos no entendimento único de que estamos em constante evolução, e que,  essa evolução, não nos permita  regredirmos moralmente com a falsa desculpa de progresso.  Tudo o que possa interferir na liberdade de escolha ou pensamento, ou ideologia ou sonho seja definitivamente afastado dos acontecimentos para que a verdade seja realmente  livre e também nos liberte como já foi profetizado.

Que a honestidade não se torne sinônimo de ingenuidade e que as pessoas estejam cientes de que seus direitos, mais do que qualquer outra coisa, não possam ser deturpados ou violados em função de falsas promessas ideológicas.  Que o ser humano não se deixe escravizar por essas questões parasitas sendo então livre para tomar suas próprias decisões em lugar de covardemente aceitar as que lhes são impostas por organismos ou pessoas que só se interessam por elas mesmas.

O ano...os anos que virão, serão decisivos para a humanidade.  Afinal de contas...

....os bebês estão nascendo de olhos abertos já faz tempo!!!!

FELIZ 2015 A TODA A HUMANIDADE VERDADEIRAMENTE HUMANA

sábado, 20 de dezembro de 2014

ABSORÇÃO DE IMPACTO

Desde sempre podemos perceber como o nosso "jeitinho" se adapta às mais variadas situações.  Nossa justiça começa agora a adentrar no território onde provavelmente irá demonstrar inequivocamente aos cidadãos brasileiros se é ou não é "ajeitada".  Afinal de contas, bons e caros advogados são contratados para manipular detalhes técnicos como o que acaba de inviabilizar prova contra o banqueiro Daniel Dantas. São detalhes esses que causam transtornos magníficos mas que precisam ser respeitados já que vivemos em democracia e ela própria demanda assim.

Vimos recentemente o petista relator Marco Maia encerrar uma investigação de CPI  (comissão parlamentar inútil)  sem indiciar ninguém. Quanto nos custou essa investigação afinal?  Mas logo em seguida, ouviu seu coração e mudou graciosamente de ideia...que coisa interessante!

Essas novelas corruptas ganharam então mais um tempo até fevereiro para continuar a produzir seus protagonistas que, até lá, irão se reunir até nos esgotos para assegurarem negociações escusas e torcerem para que seus planos infalíveis voltem a produzir os frutos de que gostam tanto.

Enquanto isso, as provas irão se acumulando para formar uma avalanche incontrolável por sobre suas ainda aureoladas cabeças.

De um lado se prepara uma avalanche, de outro lado a absorção desse impacto e suas consequências. Lógico, todos tem o direito à defesa.  Mas precisa ser tão demorado assim?  Começo a ver aquela imagem da nossa justiça como uma senhora exageradamente obesa que mal consegue segurar seus apetrechos de trabalho.  As vezes, usando até a venda como uma tiara para combinar com a bolsa.  Mas tudo bem, temos que ser compreensivos com a corrupção sendo ela, como sempre digo, inerente ao ser humano em seus diversos níveis e graus.   O que não aceito é a impunidade.  Essa é a diferença entre nós brasileiros e nossos outros irmãos mais civilizados.

Como era de se esperar, todos negam a culpa.  Certo!  É um direito.  Aguardemos então a chegada de fevereiro, mês do carnaval quando todos vão estar mais anestesiados pela folia e dopados pela sensualidade para ver se vai haver mesmo algum impacto nisso tudo.  É provável que esse impacto seja, ou absorvido ou desviado para os lados, caso seja muito forte.  É possível que os únicos culpados de verdade sejam somente dois.  Sérgio Guerra e Eduardo Campos.   Que sejam então punidos.

sábado, 13 de dezembro de 2014

O QUE A POPULAÇÃO GANHA ATRÁS DA HORTA

As vezes eu penso se somos mesmo ou não uma república de bananas...!  Como o cidadão pode aceitar tão pacificamente certos atos praticados por seus governantes buscando claramente deixarem de ser governantes para se tornarem "donos" de tudo???.   Meu sangue espanhol por parte de pai e germânico por parte materna não consegue entender isso.  Leio agora sobre uma tal base que será construída para que o nosso Brasil tenha então submarinos sendo que alguns deles, nucleares.  A primeira pergunta que me vem à cabeça é;  Pra quê???   A resposta que recebo é para a NOSSA DEFESA.  Então eu elaboro outra pergunta. Defesa contra o quem ou o quê?   A resposta seguida é;  Contra àqueles interessados em nossas riquezas.  Então, eu novamente questiono.  Esse ""nossas" se refere à Nação, ou ao que o partido toma pra si próprio ?   A resposta é de que precisamos proteger nossas reservas no pré-sal,  criar milhares de empregos diretos e indiretos, colocar o Brasil num patamar competitivo no cenário internacional  etc etc etc...ótimo!!!   Eu continuo questionando...  Só existem as formulações bélicas para se projetar internacionalmente???

Países com ditaduras terríveis é que pensam e procedem assim.  A Venezuela que flutua sobre um oceano de petróleo investiu a maior parte de suas receitas obtidas com o ouro-negro na aquisição de armas e o país agora não tem industrias, não tem gêneros, não tem mais liberdade.  O mesmo com Cuba que precisa explorar a mão-de-obra escrava de seus cidadãos.  Esse processo que já terminou na Europa com o fim da maldita Guerra Fria, agora vem se instalar em solo Sul Americano?

Mas eu encontrei a resposta.  É claro!   Centenas de Empresas nacionais irão construir essas "preciosidades".  Bilhões de reais e dólares serão movimentados e, já que na Petrobrás não dá pra tirar mais nada, nem é bom continuar arriscando em outras estatais, então, estão criando outros sorvedouros para manter os caixas do partido prontos para as próximas eleições.

O que passa na cabeça dessa gente????   Não sabem o significado da palavra  ""prioridade""??   Um país deve investir naquilo que traga prosperidade à nação.  Por que precisamos demonstrar tanta incompetência diante do mundo ao mesmo tempo em que criamos mecanismos belicistas para tentar amedrontar os críticos?

Fico imaginando a cena de um pai de família que não tem nada.  Que sua família vive na mais absurda miséria onde faltam todos os tipos de gêneros mas o "animal" vem todo feliz trazendo mais uma, duas, ou três mulheres para a casa dando a ""boa notícia"" de que;  dessa forma, teremos mais donas de casa para lavar, passar, costurar, enfim....cuidar de todos e ainda aumentar mais a família.  Na verdade, esse filho da puta só quer aumentar a quantidade e variedade de sexo numa orgia insana onde a infeliz família é que paga e ele é quem recebe os benefícios.

Assim é que age Fidel Castro.  Assim é que agia Hugo Chaves, assim como o gordinho norte-coreano, enfim,  essa raça imprestável de vagabundos criminosos sangue sugas que sempre sorridentes obrigam seus povos à sorrir.  Não existe o dia da suprema felicidade na Venezuela???

Se vamos construir esses submarinos nucleares, então, é porque o nordeste brasileiro já tem água trazida pela transposição do velho chicão não é mesmo?   É porque nossa saúde, educação e segurança públicas estão tinindo.  É porque a população brasileira está satisfeita e feliz da vida com a honestidade todos os dias sendo exposta por todos os rincões dessa terra feliz.

Temos trilhões de barris abaixo do oceano.  Enquanto países sérios já criaram mecanismos que possam diminuir a dependência do petróleo em suas fronteiras, aqui, supervalorizamos e incentivamos a nossa dependência por ele.  Os americanos já tiram o óleo de pedra, os europeus e asiáticos investem cada vez mais em híbridos ou simplesmente elétricos, ou a diesel.

Se insistirmos ainda nessa porcaria negra que agora está se tornando a cada dia mais inviável,  corremos o sério risco de termos ainda algum acidente em que percamos todo o nosso litoral e comprometamos também  todo o litoral oeste africano.

Nossa bio-massa é que é a nossa verdadeira riqueza.  Nosso propulsor e nosso exemplo para o mundo.

O resto?  É sabotagem, e mais uma forma de surrupiar os valores de toda uma nação.


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE ANDRÉ VARGAS...E NÃO FALEI MESMO!!!

E assim caminha a humanidade tupiniquim.  Alguém ainda acreditava sobre o resultado dessa CPMI???  Melhor acreditar na CPMF que essa sim, corre o sério risco de voltar.  CPMI's  só servem para picuinhas partidárias, e para tomar mais dinheiro público.  Não investigam nada, e quando investigam, tratam de "negociar" o resultado, ou resultados!  Mas não deixa de ser mais uma vergonha explicitada pelo nosso garboroso congresso!

Quanto à tal "Omissão da Verdade"  dito dessa forma por ter apenas relacionados os crimes cometidos contra apenas um lado da história ocultando-se outro convenientemente, dizer o que?  Qualquer pessoa que conheço é contra esses crimes. Vamos processar os vovôs????  Afinal, querem revogar a anistia não é mesmo?  Concordo que deva haver investigações, mas que seja de toda a verdade e não apenas de meia.
Agora estão dizendo que parte da população está querendo uma nova ditadura...é mesmo?  Eu acredito que ninguém a quer de verdade.  É apenas uma forma de colocar pra fora a náusea que deteriora nossos intestinos já impregnados de tanta nojeira exposta pelos nossos representantes.  Eu sou contra....totalmente contra a pena-de-morte, no entanto, tem vezes que, a depender do que sinto, também digo que tal pessoa merecia mesmo morrer.  Isso é de momento.  Apenas exponho um sentimento maximizado, não existe a mínima possibilidade de vir a objetivar tal coisa estando calmo e ciente das consequências.  Qualquer ser humano quando provocado, age assim.  A menos que seja um ET e de um planeta muitíssimo evoluído moralmente.

Muita gente sofreu na ditadura. Muita gente morreu nesse período negro da nossa história, assim como ainda morrem da mesma forma em outros países ditos "hermanos" nossos!   E o pior é que os nossos sobreviventes concordam com a ditadura de lá e condenam a que tivemos.  Mentem que lutaram contra a ditadura e PELA democracia.....O CACÊTE!!!!   Discutir com um imbecil a respeito desse assunto é perder tempo e paciência.

Estamos num período fértil em acontecimentos.  Fatos se sobrepõem estrategicamente para um poder abafar o outro e nos deixar nesse sentimento de catatonismo social.  Porém, tais fatos são tão contundentes que dificilmente serão mesmo colocados para baixo dos já volumosos e aveludados tapetes do esquecimento.  Se a tal comissão da verdade ou meia-verdade já terminou com seu trabalho sobre o passado, ótimo.  Voltemos às atenções para os fatos presentes para não termos mais que chorar fatos futuros.  Com certeza eles já esqueceram das manifestações pelo Brasil. Com certeza estão agora mais relaxados e felizes contando que; basta voltarmos às ruas para que liberem seus black blocs e nos empurrem de volta.

Não sei não...

Isso pode não funcionar novamente...!  


       -..".Ao o povo nas ruas amado ou não...
            somos  todos vencedores de faixas nas mãos.
            Pois políticos lhes ensinam as mais novas lições.
          de como roubar a Pátria e viver em mansões.
         
            vem, vamos pra rua  protestar contra isso aí..
           quem sabe é agora que possamos reconstruir...

           ...