LUTA ENTRE PALÁCIOS, SUSTENTADOS PELOS PALACETES, CRIANDO PALAFITAS.

A cada dia que passa, vamos criando um cenário cada vez mais surreal.  É certo que não estamos num inferno venezuelano ainda, mas, com certeza, a caminho!  Todos os dias, somos surpreendidos por notícias absurdas de como nossos agentes públicos tratam aquilo que lhes confiamos.  Enquanto os cidadãos buscam alternativas cortando despesas, modificando projetos, alterando ou eliminando sonhos, até, por fim, se encontrarem em situações extremamente humilhantes, nossos dirigentes se encastelam em seus palácios numa guerra mesquinha, intransigente, e acima de tudo, covarde.

Dilma foi afastada, Temer assumiu, no entanto, mesmo com dois presidentes, uma afastada e outro interino, só aceleramos ainda mais a queda.  Temer, até que tenta se mostrar competente, mas parece lhe faltar coragem, determinação, hombridade.  Desvia-se dos obstáculos, foge dos problemas, não enfrenta, ao menos até agora,  os graves problemas que nos atormentam.

Enquanto Dilma, enfiada em seu Palácio da Alvorada, sendo sustentada suntuosamente continua seu empenho em sabotar o governo interino, Temer, do Palácio do Planalto, se descabeça tentando agradar a todos, sem, no entanto, produzir algo conclusivo, concreto, substancial.  Fica apenas tateando, e recuando frente às pressões que lhes são impostas por aqueles que não aceitam que lhes retirem ou remanejem seus interesses.

Nosso Congresso, vive momentos de "pega-ladrão" , e nossa Justiça continua atuando em todas as frentes trazendo à mostra o lodo putrefato à superfície, aquele que muitos sempre acreditaram ser a nata.

Lula, sumiu...desapareceu!   Espera, como um demônio traiçoeiro segurando seu tridente, a oportunidade de reaparecer e corromper mais almas.  Corromper no sentido literal..."comprar".  Mas é claro...comprar sem deixar vestígios, sem qualquer possibilidade que possa lhe imputar alguma culpa e que lhe garanta a inimputabilidade através do propagado "não conhecimento" depois.

Dilma, no entanto, ainda apegada a estúpida ideia de que houve mesmo algum tipo de golpe, alimenta a esperança, e também o buxo, de que possa voltar.   Os gastos dessa senhora se tornaram públicos e vergonhosamente expostos.  Essa "madame" que se diz protetora dos pobres, torra verdadeiras fortunas em alimentação, hospedagens, e tudo o que possa envolver um luxuoso requinte nababesco.
Tudo pago com nossos impostos.  Não bastou ter quebrado o país, não bastou ter coberto com o lençol da humilhação milhões de brasileiros, na bastou, repassar nos mesmos moldes em que faliu uma simples loja de produtos 1,99 , para a economia e estrutura de uma das maiores economias do mundo.  Ela insiste ainda em terminar sua obra.  Caso volte, muito provavelmente irá tentar.

Enquanto isso, vamos seguindo apreciando a luta entre os palácios, sustentados pelas empresas que ainda sobrevivem, e aqueles trabalhadores que, por enquanto,  tem algum rendimento,

Enquanto os palacianos se entregam a um esporte divertido, porém, custoso para nós, os vamos vendo crescer a cada dia mais, o triste número de " palafitianos." !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS