VALQUÍRIA VERDE E AMARELA

As Valquírias, eram guerreiras que, galopando seus cavalos alados, escolhiam os mais valentes guerreiros que tombavam em combate para levá-los ao grande salão de Odin na mitologia antiga nórdica.

Hoje, durante a manifestação aqui em Campinas, SP, enquanto cantava a plenos pulmões o nosso Hino Nacional, dei uma olhada para trás e vi um casal em que a moça exibia sua barriga bem avantajada pela gravides.  Na pele da barriga estava escrito """- cuidem desse pais que eu to chegando..."
Foi o suficiente para me levar às lágrimas e baixar um pouco o tom com que cantava devido ao nó que se formou na garganta.
Pouco depois, me virei e, fui perguntar sobre a criança achando que pudesse ser um menino, mas fui informado que se tratava de uma menina.  Logo disse que tenho duas, embora já sejam moças agora, mas que sempre tive um carinho todo especial mais por meninas.

Minha última pergunta ao casal, foi então se ela já tinha nome:   me disseram que será Valquíria.  Não sabiam sobre a lenda nórdica antiga, apenas gostaram do nome.

Desejei toda a sorte do mundo a eles e à pequena guerreira que virá a esse país que estamos tentando reconstruir.

Infelizmente ela chegará em um momento muito  difícil para todos nós.  Um país dividido entre a mentira e as meias verdades.  Um país ainda sem uma identificação própria e que se aproveita de tudo que lhe é possível se identificar.  Um país tentando fomentar uma divisão de classes que não mais deveria existir e inventando uma luta entre essas classes que também já nem existe mais.

Nesse país é que Valquíria irá nascer!  Não sei o que deu na cabeça de Odin para enviá-la bem aqui e agora.  Vai ver, ele quer se distrair um pouco para não ficar se atormentando com as belicosidades fratricidas entre Thor e Look, vai saber.

O Valhala envelheceu, assim como as crenças e as fés de outrora valorosos guerreiros Vikings que tombaram.

Mas tenho certeza de uma coisa.... Valquíria jamais irá ver o vermelho em nossa bandeira. O vermelho poderá, quem sabe, tingir nossas ruas, nossas praças assim como tingiu muitos países onde o povo passa fome hoje em dia.  Mas nossa bandeira e nossas almas...

...jamais...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA