2016 VAI FECHANDO AS CORTINAS

Estamos finalizando 2016 sem motivos para comemorar.  Pior, sem qualquer esperança de que em 2017 possa melhorar.   Os caminhos que se apresentam, ora nos indicam alguma melhora pra logo em seguida se perderem num emaranhado de bifurcações e até trifurcações complicadas,  ou então sinalizam que até aquele ponto chegamos, mas não há mais como seguir adiante.

Estamos praticamente em guerra.  Basta assistir ao pitoresco embate, ou queda de braço entre os três Poderes da República.  O Legislativo em conflito com o Judiciário que ameaça o Executivo, esse , por sua vez, se esquiva e utiliza o Legislativo contra o Judiciário. Uma guerra insana em que vez por outra a própria Constituição é estuprada sem piedade.  Todos defendendo apenas os próprios interesses, sem atentar para a realidade brasileira que, para eles, parece ser a de outro país, não aquele em que efetivamente se encontram.

O clamor das ruas cessa de um lado, ameaça de outro, interfere em mais outro, cada qual tentando assumir ou escolher uma causa que lhe pareça justa ou não, a depender de que tribo resolvam pertencer.  Sim... O Brasil está dividido. Está fracionado e perturbado.  Os militares já deixaram bem claro que não vão interferir, mas eu me pergunto: "será que continuarão assim, se por acaso mexerem com suas poupudas aposentadorias nas reformas que virão? ".

Juízes, desembargadores, e toda a casta jurídica briga com o Senado defendendo os seus interesses em NÃO cumprir o que determina a Constituição no que se refere ao teto salarial da classe.  Querem manter os privilégios inconstitucionais a qualquer custo.  Assim como as mudanças que não aceitam, também apelam ao fim do combate a corrupção ou da Operação Lava a Jato como único argumento, tentando, dessa forma, angariar alianças de tribos cada vez mais numerosas de revoltados com os políticos.

Já as tribos de esquerda, comemoram o fato de tudo o que foi destruído por eles, nessa confusão, argumentarem que é o resultado do tal golpe que sofreram e não o fruto de seus crimes, incompetências e ingerências.   Por outro lado, a dita, direita, não responde à altura, pois prefere o silêncio, ou a irrisória comunicabilidade dando margens a que fiquem como verdades incontestáveis os argumentos esquerdistas.

O centro dividido entre apoiar ou desfazer alianças sempre ameaçadas pelas inúmeras delações que bombardeiam constantemente parlamentares ilustres, líderes de partidos e até os próprios líderes dos poderes constituídos, se mostram incapazes de uma reação mais enérgica.

O mercado apenas aguarda.  As indústrias com seus parques vazios sem funcionários com produção reduzida ou, em muitos casos, completamente paradas, demonstram o sofrimento de micros, pequenos e médios empresários sem forças para tentar ao menos investir já que o quadro se mostra totalmente contrário e desfavorável a quaisquer investimentos.  Não os culpo... alguém seria louco de investir agora no país com tamanha insegurança jurídica e política retroalimentando uma crise sem precedentes?

Vejo as guerras no oriente entre  facções... os governistas contra os rebeldes e os terroristas do EI,  os rebeldes contra o EI e os governistas, e o EI contra os governistas e os rebeldes, também contando com a ajuda militar dos russos que apoiam os governistas mas também dos americanos que apoiam os rebeldes,  A visão das  cidades sírias demonstram em última estância, o visual concreto de como estamos também na parte administrativa do nosso país.

Quem abriria uma lojinha hoje em Alepo por exemplo?

Já ultrapassamos os 13 milhões de desempregados,  muitos adotaram o sub emprego,  uma massa gigantesca sobrevivendo de bicos.

Essa é a visão que nos apresentam.  Embora tenhamos ficado em sexto lugar entre os povos mais ignorantes na visão da realidade e da política,  basta observar que ganhamos  dos americanos que se mostraram ainda piores, embora ainda existam mecanismos lá, mais fortes para conter esses tristes espetáculos.

Não há como evitar...teremos que entrar sim em 2017.   No começo do ano quando todas as ilustríssimas excelências estiverem em pleno gozo de férias e as famílias se desdobrando para arcar com os pornográficos impostos que sempre aparecem para alimentar ainda mais as desesperanças de que possam realmente serem usados com sabedoria e competência.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA