DESARMAMENTO??? DE QUEM????

Mal acabamos de passar por um momento estarrecedor e aproveitadores de plantão sugerem no vácuo dos recentes acontecimentos, uma nova consulta popular a respeito de o cidadão se desarmar.
Como se toda a violência cometída no país fosse resultado expressívo dessas armas nas mãos dos mesmos cidadãos.
Ora: Eu detesto armas, não suporto a simples cena de vê-las nas mãos de um paisano, mesmo que seja um policial civíl. Votei contra o comércio de armas e fui voto vencído. Mas repetir esse mesmo plebiscíto, e ainda tão cedo, não seria demonstrar que o povo VOTOU ERRADO, e que agora gráças a essa tragédia em Realengo pode ser mais facilmente "amolecido" em vísta de sua fragilidade temporária?

Muitos estão questionando quantos e quais bandidos entregarão as suas armas. Outros confiam que deixando sua "peça" nas mãos das autoridades cumprem seu papel na busca de uma sociedade mais justa, pacífica, e acima de tudo...humana!

Argumentos existem aos montes, e todos muito bem amparados, ou pela lei, ou pela falta dela, quem sabe até na completa falta de sua expressão máxima em que a segurança, é antes de tudo um direito do cidadão.

Comparam-se números de outros países em que existe uma cultura completamente diferente da nossa, na mesma medida em que também convenientemente evitam sequer olhar para os números da violência de forma mais acertada.

Armas existem aos montes e a facilidade em adquirí-las é gritante. Tudo o que os marginais querem, é saber com certeza de que o cidadão está realmente indefeso.
Eu não uso armas, nem as guardo em casa, mas ninguém sabe disso!!!!  Já é alguma coisa. Estou protegído pelo benefício da dúvida!

Todos nós sabemos como é a justíça nesse país e também sabem que ela (a justíça) tem uma "bolsa" a tira-colo, além de uma parte da famosa "venda" não cobrir um olho!

Um excelente exemplo, é o caso do Sr Pimenta Neves que trucidou sua namorada com dois tiros, confessou o crime, e está lá...livre, leve, e SOLTO rindo muito!
Não fosse o revolver, tería sido uma faca, uma caneta bic, ou até um estilete escolar bem aplicado na garganta da jovem.

Armas NÃO MATAM...PESSOAS SIM!!!!

Querem conter a violência? Apliquem as leis com mais severidade. Nem precisam criar outras, basta que retirem tantos benefícios que são verdadeiros malefícios sociais. Esses sim, podem contar que são as verdadeiras armas que matam todos os cidadãos diariamente.

Não poderemos ter armas, assim como não podemos dar mais tapinhas em nossos filhos, ou como não podemos xingar um juiz no estádio, ou emitir uma opinião sincera sem que nos coloquem algemas?

Com todo o respeito!!!!

Vou continuar desarmado, mas sabendo que se quiser, eu posso decidir ter uma, e vou continuar a xingar não só juízes, como também os políticos como esses que se aproveitam de momentos como estes para TENTAR conseguir dessa vez, mais uma forma de manter o cidadão em RÉDEA CURTA.

...antes eu votei pelo desarmamento...hoje voto pelo ARMAMENTO SIM!!!! PORÉM, SEM PERDER LA  TERNURA!!!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS