FANTASMAS DO SÓTÃO E DO PORÃO

Há algumas décadas atrás eu também fui iludido por uma sensação confortante de que, poderia sim, haver uma mudança nos rumos políticos da Nação! Surgia em meio ao caos reinante como de costume, um indivíduo convincente e de oratória brilhante lançando-se no cenário nacional junto de seu partido novo que indicava uma "reconstrução" até na própria sigla.
Mas bastou alcançar o poder e submergiu como todos os outros sempre submergem, na lama e no esgoto em que se sustentam apesar de que, isso lhes garante o "status quo" do qual jamais querem abrir mão!

Na época, não podíamos fazer grande coisa!   Lamentar, soltar impropérios, talvez alguma manifestação que frequentemente era usada mais no sentido de manipulações políticas e ideológicas, sem resultado prático nenhum no campo da verdadeira concreticidade.

Nosso sistema político só fez piorar desde sempre. Corrompe sem piedade aqueles que se aventuram em suas entranhas. Abraça os que se vendem barato, acolhe os que se vendem mais caro e elimina qualquer outro de ideologia realmente séria, transformando assim os seus integrantes, em uma pasta disforme de prostituição e corrupção. Basta observar quantas pessoas realmente sérias e absolutamente envolvidas com os seus idealismos que abandonaram o campo assim que constataram o seu verdadeiro sentido.

Os crimes que podem e com certeza cometem, são inimagináveis. O jogo do poder é, sem dúvida, uma arena de fazer inveja aos antigos gladiadores que jamais respeitariam qualquer tipo de regra, sendo normalmente utilizados em jogos de execuções! Não existe, no campo político, qualquer tipo de honra, ética, moralidade ou idealismo que tanto apregoam.  Fosse assim, o significado do termo "custo benefício" onde facilmente observamos o que aplicamos e o que recebemos, não seria tão claro!

Trinta partidos. Trinta legendas se submetem à prostituição mais vil dentro daquilo que tentam chamar de democracia. São como fantasmas dos porões e dos sótãos!  Aqueles que atingem o poder, submetem seus aliados que podem e são comprados com cargos, boquinhas, boconas e, como presenciamos recentemente, verbas públicas, num infinito horizonte de possibilidades altamente lucrativas.

Dentro deste cenário vergonhoso, para dar um ar de certa respeitabilidade entre os poderes, alimentam também a ilusão de atuação de um Poder Judiciário comprometido com a seriedade mas que se vê quase sempre amarrado à detalhes viciosos e de certa facilidade de manipulação. As leis são criadas no congresso  exatamente por aqueles que serão julgados por seus atos. Nada mais natural portanto, que se criem também mecanismos de se escapar, ou pelo menos, adiar o máximo possível as penalidades.

O povo tem percebido tudo isso. Acompanhou e acompanha os acontecimentos. Embora muitos detestem esse tema, estão começando a perceber o quanto são influenciados diretamente em suas vidas cotidianas.
Não existem inocentes nessa arena. Não existem homens sérios que se perpetuam dentro desse campo contaminado.  Não existem partidos comprometidos com a Nação. Existe sim, muita propaganda, muito circo, além, é claro, de ostensiva manipulação. Tanto da imprensa em seus diversos segmentos e aspectos ideológicos, quanto das próprias instituições criadas para controlar os abusos. Se são favoráveis ótimo, estão fazendo um ótimo trabalho constitucional. Se são desfavoráveis, então, segundo a visão do partido que se sente prejudicado, estão aplicando um golpe?

Fantasmas, ou espíritos, costumam interferir nos comportamentos dos habitantes de uma casa.  Uns acreditam, já outros não. Eu, particularmente aceito a ideia de forças negativas. A nossa Nação, como uma casa enorme habitada por cidadãos que enfrentam dificuldades e sobrevivem às custas de seus esforços, está cansada de presenciar as constantes movimentações entre sótão e porão. Está cansada de contribuir, e muito, para não obter resultados além de programas assistencialistas como se fôssemos um pais miserável qualquer. Nós não somos!!!!

Não devemos ter qualquer tipo de orgulho nacionalista para, quando enfrentarmos um problema, esse orgulho não se transforme em vergonha.  Nosso país não merece esses habitantes da obscuridade de sótãos e porões se alternando frenéticamente.  Nosso povo não merece ficar à mercê de forças negativas que sugam seus esforços. Há formas de se mudar, de se transformar, de se limpar e arejar o ambiente.

Embora qualquer tipo de mudança ou reforma tenha que ser feito por aqueles que se prestaram a esse serviço, mas não querem e protelam o máximo que podem tal trabalho.

Mais uma vez, anulei meu voto!  Mais uma vez cumpri a triste tarefa de me dirigir à urna e desprezar todos que me foram oferecidos como "opção de mudança", pois na verdade, não há opção dentro desse círculo vicioso abaixo do chão, ou acima do teto!  Não quero, como muitos, abandonar a casa...

...quero ajudar a arrumá-la....e se possível...

...desinfetá-la...






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA