MARACUJÁ E LIMÃO

Se eu tenho alguma virtude nessa vida, a paciência com certeza não é uma. Posso até ser tolerante, compreensivo, buscar entender a lógica das coisas, mas quando alguma coisa emperra, enrosca, enfim, empaca, aí o ser demoníaco que há em mim vem à superfície!
O pior, é que na maior parte das vezes, evito exteriorizar esse ser. Fico naquela luta interna tentando conter o monstro assassino que quer porque quer sua vingança sangrenta.
O engraçado, é que essas situações só aparecem em ocasiões propícias. Como por exemplo; se estou adiantado em relação a um horário - e quase sempre estou, pois odeio me atrasar - nada acontece. Procuro não perturbar a fluidez assim como os ingleses que se mantém do lado esquerdo nas escadas rolantes numa demonstração educada de como proceder para não atrapalhar aqueles que querem passar subindo mais rápido.
Mas se por qualquer motivo, meu horário não concorda muito com minha disponibilidade de distância a percorrer, somado ao fato da  urgência da resolução....ah  aí começa o pesadelo.  Sempre busco fazer um planejamento de percurso e situações para poder assim, resolver tudo o que puder. Dos bancos, aos clientes, cartórios, compras, etc. Mentalizo tudo. Desde os circuíto completo, até o tempo gasto em cada um. Mesmo considerando as tais "variáveis" como congestionamentos, semáforos discordantes, ou algum encontro com amigos chatos que querem aproveitar o tempo pra lhe contar a vida e perguntar da sua. Mesmo com tudo isso. Se o alinhamento dos planetas nesses dias não for positivo, aí então surge o "portal" para o tal monstro tentar sua fuga para o exterior. Caminhões seguindo à frente na descida como se estivessem subindo e em pontos impossíveis de se livrar. Calçadas apinhadas onde senhoras obesas passeiam de braços dados em suave caminhar olhando as vitrines e fechando completamente o percurso. Telefonemas que depois de horas ou dias de espera só tocam quando se está no chuveiro, cagando, ou fazendo sexo. Carroceiros na rua, tratores manobrando, caminhões manobrando no primeiro dia do motorista que afinal, nem é o motorista. Deve ser o porteiro que substituiu o desgraçado que faltou e mostra assim todas as habilidades que NÃO TEM!!!
Sem contar os desvios que nunca são para o lado que se quer ir.  Nos bancos então, tenho dificuldades em passar naquelas malditas portas com detector. Já até iniciei um streep certa vez quando a abençoada não destravava de jeito nenhum.  Motivo?  Estavam colando cartazes ao lado e a  "jeitosa" moça que colava os cartazes deixou a tesoura muito próxima da área de detecção. Se desculparam depois, tudo bem. Pude engolir o Mr Haid de volta.
Talvez resida nesse particular também a minha aversão à pesca. Contei até cinco, não beliscou, vou passear e admirar a natureza. Beliscou e ENROSCOU?  Jogo tudo no rio. Vara, linha, apetrechos, e se acharem ruim, jogo também quem achou.
Incrível como essas pequenas coisinhas me enlouquecem. Ainda agora antes de conseguir acessar esse meu blog, fiquei bem uns 20 minutos tentando...tentando....e o computador só com aquelas mensagens de "a página não responde"  Decidi então reiniciar...durou uma eternidade, mas cheguei.
Um neurologista me disse certa vez que sou muito estressado. Bem...eu acho que já nasci estressado. Faz parte de mim essa constante luta em dominar o "monstro".  Mas acabo por me resignar só pra provocar ele.
Talvez a resposta mais adequada esteja embutida em algum ponto da física quântica! Ou na teoria do caos. Ou nos dois juntos.
Mas uma coisa é certa. De uma forma ou de outra, eu acabo atraindo essas situações.  Eu, e o meu bom amigo "Zé", que lá do alto deve se divertir bastante com minhas expressões faciais diante desses empecilhos empacantes.
Queria muito saber se só eu sou assim, ou se tem mais pessoas no mundo tentando dominar seus monstros da mesma forma.
Minha paciência agradeceria...e muito!!!


https://www.youtube.com/watch?v=cA9bNiE_BjM

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA