SOBRE CACHORROS LOUCOS, MAV'S E BLACK BLOCS

   Existe algo desconcertante ocorrendo no universo dos blogs da internet. A famosa "blogosfera". Antes, um local até que agradável onde podíamos colocar nossas opiniões sobre os textos dos blogueiros responsáveis pelo espaço, discordando ou concordando, mas sempre expondo de forma mais clara possível nossos argumentos.  Com a famosa "divisão" que mencionei no post anterior, isso agora se transformou em uma verdadeira guerra que se espalha de forma epidêmica em toda a rede.

Os colunistas ou blogueiros que mantém uma área de comentários sobre seus textos, passaram então a ter que apelar para a moderação no intuito de civilizar um pouco seus espaços evitando assim, os pichadores, os black blocs  disfarçados. Sempre usam nicks ou apelam para o anonimato assim como os bb's  com suas caras-tapadas!


Esses black blocs surgiram daí.  Das áreas de comentários da internet.  Continuam fazendo nas ruas o que antes faziam, e ainda fazem, na internet.  Os "argumentos" que se utilizam, são os mesmos.  Nas ruas agridem e depredam, nas redes insultam e desqualificam. Simples assim.

Sinto pena dos responsáveis sérios pelos seus textos que aceitam essas invasões em suas áreas de comentários. Eles não tem culpa afinal.  Buscam apenas executar os seus trabalhos.  Mas se alguém de opinião contrária se manifesta, então é atacado por essa "sub-raça"  (nem raça é)  de mentalidades obtusas a fim de desqualificá-lo, agredi-lo ou, como fazem com muita frequência, lhe imputar coisas que você nem sequer escreveu.  Também costumam desconstruir frases que você escreveu sim, mas geralmente de forma diferente para que o entendimento seja outro.

Não adianta tentar argumentar com eles. É o mesmo que pregar palavras de sabedoria para uma manada de bb"s  ensandecidos nas ruas.  O jeito é se retirar!

Eu sei que é justamente isso que eles querem.  Querem dominar os espaços de opiniões.  Querem mesmo é calar o contraditório que, afinal, não sabem e não conseguem compreender.  Não nasceram para viver em democracia.  Por isso mesmo, só conseguem sobreviver em "manadas".   Nas ruas concretizam o que fazem nas redes sociais, apenas isso.

Eu não sigo o politicamente correto. Não me afino com supostas ideologias falsas que apelam apenas ao sentimentalismo barato para crescer.  Tenho minha forma própria de pensar e agir.  Gosto de assuntos e busco compreender o máximo que posso sobre eles. Sei que as fontes não são confiáveis, então, apelo para o raciocínio lógico.  Onde encontro eles?  Nas argumentações...é simples.

Se você for comentar nas áreas dos colunistas e blogs; se você não concordar com o assunto do blogueiro ou colunista, se você se expressar de forma eloquente e civilizada; se os teus argumentos realmente tiverem algum fundamento. Meu amigo. Prepare-se para uma chuva de paus e pedras em tua direção. Geralmente vindos de pseudônimos, nicks, enfim;  dos "black blocs virtuais" que com certeza lhe pentelharão.


Mas não fazem isso de graça não!  São contratados atualmente.  Os tais "MAV's  (Movimentos de Asnos Virtuais")  estão pagando uma boa ração de capim para esses "intelequituais"  lhe agredirem sem mais nem menos.

Então para que vocês saibam QUEM SÃO eles, algumas dicas bem interessantes.

Sempre que você acessar algum blog ou coluna que goste dos autores independente da ideologia mas sim da construção dos textos, repare no seguinte.

Eles nunca...jamais, usam de nomes próprios. Se utilizam no máximo de nicks de nomes de personalidades históricas.

Normalmente não comentam sobre o assunto do post.  Não sabem PENSAR.  Afinal, estão ali apenas para atacar os tais contrários. Você pensa que são muitos, mas normalmente são poucos, pois se utilizam de diversos pseudônimos e nicks.

Costumam elogiar os que lhes são favoráveis, mesmo que sejam completos imbecis.  Dessa forma, conseguem angariar simpatias entre os outros assim como também agem os black blocs nas ruas se misturando àqueles que estão lá de forma séria.

São repetitivos, chatos, não tem argumentação sólida e sempre apelam para a mesma coisa. A desqualificação, agressão, enfim...seguem o padrão para o qual foram "amestrados".

Puxam o saco do blogueiro ou colunista indiscriminadamente. Vez por outra é que dão uma disfarçada para não ficar muito na vista.

Para identificar essa "sub-raça" , até que é simples. Veja o histórico de suas participações. São sempre as mesmas. Se tornam os donos do espaço.

Parece que não é nada isso, mas é uma coisa que está crescendo e causando problemas sérios. Algumas boas amizades estão sendo rompidas.  Os interesses pela vida política estão sendo minados, além das divisões e suas consequentes mobilizações já em fase de se concretizarem violentamente nas ruas.

Sua origem, seus propósitos e seus objetivos já estão a cada dia mais claros.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA