BRASÍLIA É UMA CESTA DE MAÇAS

Dizer que exístem políticos bons ou honestos, é o mesmo que acreditar que em um cesto de maças podres, possa existir alguma ainda boa, mesmo que depois de certo tempo.

O poder corrompe, e nenhuma verdade é maior do que essa! Não exíste forma de governar que não exija esse comprometimento com a mentira, a safadeza, e com a corrupção direta ou indireta, atíva, ou passíva.
Estamos vivendo uma época interessante no Brasil. Não exíste oposição! Não estou falando daquela oposição fictícia criada pelo atual governo tentando através de uma suposta vitimização se caracterizar como perseguido "dazelítes" elevando assim a alto grau de heroísmo os parcos avanços que justifiquem tão demasiados recursos "arreganhados" dos contribuíntes que ainda aplaudem sentados na mesma merda, ou talvez um pouco menos fétída em vísta dos "floreios" aplicados em seu entorno.

Uma nuvem paira no ar! Uma nuvem negra carregada de tempestades que constantemente ameaçam cobrar o preço acumulativo de tamanhas monstruosidades.
Ao invés de termos uma oposição, temos sim, uma imprensa que de certa forma assumiu esse papel.
Os que deveríam ser os opositores ficam calados até por uma questão de coerência! Afinal, como fazer oposição às próprias criações, ou o consequente aperfeiçoamento das mesmas?

Resta então à imprensa exercer o direito "constitucional" de informar e criticar.
No entanto, estão querendo acabar com isso também!  Não basta ter maioría, tem que se ter plenitude. Não basta ter aprovação record, tem que se ter 1000 porcento de incentivo e aprovação.

Eu não acreditava muito nessa tal de censura, mas devído ao que tenho presenciado, estou cada vez mais inclinado a aceitar que devído ao "empenho" gigantesco do poder nesse sentido, nada mais resta a não ser me dobrar aos argumentos de que existe sim, uma tentatíva de "controlar" os órgãos de imprensa.
Já temos uma constituição e mecanísmos de contrôle aceitáveis, mas ainda querem algo mais! Esse "algo mais", é que querem implantar sem definir "exatamente" de forma que possa ser como tantas coisas criadas nesse país e criteriosamente deturpando e  posteriormente eliminando assim, qualquer tipo de informação que não agrade determinados setôres da política nacional.
É a democracía tentando assassinar a democracía, por meios ainda que democráticos!

Acho que ainda não entendemos muito bem o verdadeiro significado do "nunca antes nesse país".

Queria saber quem são "azelítes" que tanto detestam o Brasil!  Seríam os banqueiros que estão faturando como nunca com essas taxas de juros? Seríam os empresários que faturaram horrores com as vendas facilitadas e eternizadas nas prestãções para alimentar essa cadeia de juros? Seriam os políticos das oposições que criaram muitos dos mecanísmos que estão sendo agora usados? Seríam as entidades sindicais e patronais tão aparelhadas, infiltradas, e outros "adas" pelo atual governo? Ou então seríam as esposas desses ilustres senhores que conquistaram o direito de se "peruar" mais? 
Dizem que partes da imprensa escrita devería ser utilizada como papel higiênico, no entanto, muitos os que dizem isso, utilizam ou utilizaram ou deixaram utilizar o mesmo com a nossa constituição, ou os estatutos de nossas instituições mais sagradas.

Descobrimos como fazer "mágica"! Como crescer sem nenhum tipo de reforma. Sem nenhum tipo de responsabilidade, mas com todos os tipos de maracutáias e safadezas, e por enquanto está dando certo.
Provavelmente me consideram ser contra o Brasil, mas será que sou mesmo?
Muitos acompanharam essas tais "mágicas" na história do país, e até do mundo, e sabem muito bem o preço que tiveram que pagar depois.

Essa sonolência é absurdamente perigosa. Alguns barrís de bebida para comemorar aparentes vitórias distribuídas entre os soldados fazíam  os louros pousarem sobre a cabeça do grande general.
Pouco tempo depois, a mesma cabeça era exposta publicamente anunciando os cadáveres deixados espalhados no campo vítimas de um imprevísto "contra-ataque", e com as buchadas etílicas expostas.
Espero, e até torço para estar errado!  Mas como eu disse antes, acreditar que exístam maças saudáveis numa cesta infectada de podridão, e deixada num ambiente totalmente insalubre e por tanto tempo, é acreditar que tudo o que sobe jamais irá descer!


...o problema não é quando, e sim como!


Em tempo:   Na gravura acima de Wallt Disney, podemos observar a beleza das maças do poder, a constituição ao lado, e o atual sistema representado por aquela senhora simpática oferecendo o produto ao povo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS