CIDADÃO, QUEIME.

As vezes eu fico pensando e me questionando o porque de tanta preocupação com os caminhos políticos nacionais!  Não consigo às vezes entender, como podem tão poucos, influír na vida de tantos.
O brasileiro, não é um povo politizado, não gosta do assunto, prefere futebol, novelas, programas de auditório, e realitys shows.  Aprecía a vida quase que exclusivamente em função do próprio umbigo, ou no máximo de seu ente mais próximo.

Raramente assistimos alguma espécie de indignação coletíva que possa ser expressada nas ruas, a não ser aquelas já organizadas por alguma entidade de classe, ou corporatíva defendendo seus interesses obviamente.

Estamos já anestesiados pelos escândalos com o dinheiro público. Hipnotizados pelas benesses dadas aos mais necessitados achando que com esse "doar" governamental, o problema está ou solucionado, ou a caminho da solução concreta!

Brasileiro não quer saber de problemas dos outros, mesmo que esses outros estejam justamente criando os problemas brasileiros.  Não gostamos de ser menosprezados por outras nações, no entanto, não criamos condições reais de mudar uma postura altamente negativa perante essas outras nações.

Não alimentamos critérios responsáveis e deixamos os poucos critérios restantes vazar pelo ralo da indiferênça. Só levantamos mesmo a bunda da cadeira, quando a mesma já pegou fogo.

Aprendemos desde cedo o valôr de se exercer a cidadanía, sem no entanto, ter uma idéia mais precísa sobre esse valôr. Afinal de contas, o que é ser cidadão?  É simplesmente votar?  É apoiar alguma entidade? É participar de alguma fundação? É cobrar os organísmos públicos? ...o que é ser cidadão?

Talvez a resposta seja simplesmente não aceitar que um "Poder Executívo" aja como um "Poder Judiciário" e um "Poder Judiciário aja como um "Poder Legislatívo", e um "Poder Legislatívo"..."não haja!!!!

Eu procuro aos poucos me politizar, embora isso tenha me feito mais mal do que bem ultimamente. Quanto mais busco entender os complexos trâmites burocráticos políticos, mais me sinto enojado.

-Mas é assim mesmo-  Como muitos dizem...!!!!

Eu tenho certeza absoluta QUE NÃO DEVERÍA SER!!!!

Já estou cansado de ouvír citações de Ruy Barbosa, de Martin Luther King, de John Kennedy, enfim, de tantos que chegaram às raias da loucura que é uma política selvagem aplicada a também selvagens e ignorantes úteis!  Aqueles que acreditam e TEIMAM EM ACREDITAR que algo possa ser mudado apenas com o voto nas urnas.

Estamos caminhando para uma zona de confronto em que precisaremos decidir se tudo deve continuar como está, ou se realmente algo precisa ser feito.  Precisamos pensar e principalmente agir, não na forma de proteger os interesses de determinado partído ou ideología, mas sim, no sentido de proteger os verdadeiros interesses do povo brasileiro. Povo este constantemente enganado, ludibriado, feito de trouxa, de otário, de manézão mesmo!!!

Quando esse povo se der conta de que não é apenas "lenha para se queimar" e perceber o quanto é usado como massa moldável de acordo com interesses umbilicais dos seus pretensos defensores, aí sim, poderemos estar aptos a desenvolver algum tipo de mudança concreta.

Seremos mais críticos e mais severos com aqueles que se beneficíam de nossos esforços. De nosso sangue, de nosso suor, e até de nossas lágrimas!

Afinal, NÃO SOMOS APENAS NÚMEROS.  Não somos apenas um simples RG, um CPF, um CNPJ, ou um inútil  "Titulo de Eleitor!

Somos gente...Somos seres humanos...Somos dígnos de respeito tanto na confiança quanto na mentalidade.

Não suporto mais tantas agressões à inteligência do povo expressas naquelas desculpas esfarrapadas feitas por nossos pretensos representantes que se escondem covardemente em meio a tantos trâmites políticos burocráticos supostamente amparados pela lei.  Um "jurisdiquês arcaico" utilizado constantemente para iludir as massas!

Quando as leis estiverem cada vez mais injustas... quando o fogo na cadeira chegar até a bunda...quando todos realmente sentirem o quanto tem pago caro por tanta miséria humana, então, "o velho tigre" estará pronto para se banhar no sangue!

Não haverá mais protesto, não haverá mais indignação, não haverá mais "encantamento" por ossos jogados da mesa da fartura. 

Haverá apenas a suprema e inadiável vontade de se "demolir" a nova "Bastilha" E lavar no sangue do sofrimento tantos quantos forem encontrados em seu interior.

Só assim, o cidadão deixará de ser consumido e não será mais considerado como lenha!

O futuro do Brasil tão alardeado, terá então chegado!!!!

Comentários

  1. Oi Robson.

    Muito bom texto, parabéns.
    entrei aqui para ver se você sabe como contatar o Ricardo Kotscho, quero pedir a autorização dele para publicar a entrevista dele com o Miguel Nicolelis no livro Garopaba Século 21, que creio lhe agradará, pelo que está escrito acima.
    se quiser posso passar o livro em word para ele saber qual contexto será publicado.
    abraços.
    zeno
    zenocastilho@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Castilho, já lhe enviei um e-mail com a resposta do Ricardo Kotscho sobre como deve proceder.
    Obrigado pela visita!

    Abraços

    Robson

    ResponderExcluir
  3. rs... gostei do seu texto, mesmo nao gostando muito de politica concordo com vc, mas gostei msm do seu texto... me prendeu do inicio ao fim.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado Glória. Estive em teu blog, mas não tinha como comentar.
    Também não gosto de política, mas ultimamente não tenho como evitar ficar fora dela.

    Nesse caso, como você pode ver, prefiro não seguir junto com as manadas tão bem "tocadas" pelas ilusórias propagandas governistas.

    Um grande abraço, e fique à vontade para voltar!

    ...mesmo que seja para discordar ok?

    ResponderExcluir
  5. É até desanimador ver e entender que fazemos parte de uma nação que facilmente seria exemplo para todas as outras, que sem dúvidas seríamos a maior potência neste mundo e com condições de ajudar tantos países necessitados como os do continente africano.
    A muito tempo eu vejo o povo brasileiro como o mais rico do mundo não só pelas condições climáticas, mas por pagarmos impostos tão altos e ainda assim, termos que pagar por tudo que precisamos "novamente" como seguros de veículos, convênios médicos, educação, etc.
    Sonho em um dia ver nossa legislação alterada de forma que seja justa e rápida, entretanto, a maior força que uma nação pode manifestar está adormecida, assim como citado no texto acima e eu, não consigo ver caminhos que possam mudar nossa realidade.
    Gostaria de lhe parabenizar Robson por não ser mais um dos corrompidos deste país.

    ResponderExcluir
  6. Caro Leando, obrigado pela visita e pelo comentário.
    Mas não desanime não. É tudo o que eles querem. Eles apostam nisso todo o tempo e o tempo todo.
    Contamos com uma arma poderosa que é a internet. Muitos são corrompidos pelo dinheiro público e se alastram se vendendo para eles. Já outros não.
    Sonhamos o mesmo sonho Leandro. Acredito que muitos perderam a crença, a confiança, a disposição. Mas não podemos nos deixar abater por esse circo que ´sempre é montado para um espetáculo de fraudes e enganações.
    Essa mudança que você quer, ainda vai acontecer. Apesar dos pesares e de todo o sofrimento de um País que tem sim, potencial para ser uma das maiores e melhores Nações do Planeta, nós ainda iremos conquistar tudo isso. Talvez não estejamos mais aqui, mas nossos filhos ou netos estarão. E onde quer que estejamos nós, eu, você e tantos outros que não se deixam iludir, vamos estar então cientes que um novo tempo finalmente começou.

    Grande abraço!

    Robson

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS