PEQUENA JÚLIA

Mudanças são sempre estressantes, acho que nisso todos concordam, embora alguns achem algum prazer em contabilizar infinitos detalhes onde a tal "Lei de Murphy" costuma atuar com mais frequência que o desejável.

Mudar as instalações e equipamentos com alguma complexabilidade então, é bem mais penoso.

Mas mudanças são mudanças, levamos expectativas e deixamos lembranças.
Uma que me marcou, e só fui sentir isso nos últimos dias, foi a ausência de uma certa "vozinha" infantil que todas as manhãs ouvia às minhas costas durante os trabalhos de preparação.

Ao lado do terreno onde se situava a fábrica havia...ou melhor...ainda há, uma instalação de uma antena de rádio. Abaixo dessa antena de transmissão, uma casa humilde onde uma senhora mais uma filha vivem.
Um dos filhos dessa senhora, todos os dias chegava para deixar a pequena Júlia de apenas 5 aninhos, e depois saía para trabalhar.
Essa menina "muito esperta" por sinal, me lembra muito minhas filhas nessa idade. Sempre cultivo essa devoção que já mencionei por diversas vezes nesse espaço sobre minhas filhotas.  Então, quando à via, involuntariamente já nostalgiava minhas princesinhas em épocas passadas.

A cena se repetia sempre da mesma forma. A avó recebendo a neta, o pai ligando o carro e saindo, e a pequena Júlia dando uns passos atrás do veículo gritando -"Tchau papai"
Desse jeito mesmo, com o papai ao invés de apenas "pai".

Depois vinha o melhor. A pequena Júlia chegava junto da avó e se virava em minha direção também gritando alegremente...-"Bom dia seu Robson"

O "bom dia" mais gostoso e sonoro que me alimentava a alma. Não dava para não se emocionar com aquele sorrisinho lindo acompanhado daquela mãozinha dançando no ar.

Essa será a lembrança que guardarei desse pequeno período de tempo. Logo, Júlia também crescerá, também será uma moça, uma mulher, e seguirá sua vida. Talvez, nem se lembre de mim, mas com certeza jamais irei esquecer dos dias que fui alimentado por seus cumprimentos tão cheios de vida.

Um grande beijo pequena Júlia, e seja muito...muito...mas muito feliz!

...e tenha infinitos "BONS DIAS"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA