UM DIA VAI TER PROBLEMA DE "JUNTA"

Sempre detestei terças-feiras. Acho que é porque já estou cansado da segunda e ainda falta a semana inteira pela frente. Ainda mais um tempo depressivo desses; céu nublado, uma chuvinha chata, pernoite em hospital, enfim, algumas noticias escabrosas para digerir.
A última, que não sai da blogosfera, é a novela "petista/malufêsca".  Inacreditável o que se pode proporcionar de espetáculos dentro de tão inesperado fato. O PT, pede ajuda a Maluf.  Arregou mesmo, entregou uma Secretaria e prometeu uma boa fatia do município caso seu "bebê" vença a eleição. Maluf aceitou, é óbvio. Mas ainda não satisfeito, fez uma "exigência", uma foto, ou várias delas, em sua mansão, mais precisamente nos jardins com Lula, Haddad e ele...todos sorrindo!
Erundina achando tudo isso um despropósito, foi honesta com ela mesma, saiu da candidatura a vice.

Aos poucos, bem devagarinho, a militância vai "justificando" a atitude do partido. Impressionante como sempre concordam com tudo. Jamais criticam nada que venha do "comando". Lula faz o que bem entende, como entende, e mesmo sem entender. É o tal inimputável, infalível, aquele que desfruta dentro do partido o grau de infalibilidade!  Em todas as justificativas, ou ao menos na maioria, vem aquela observação conveniente da necessidade de se aliar ao demônico que seja, desde que se ganhe a eleição. 1:30 (um minuto e meio) à mais na telinha da TV foi o preço dessa verdadeira traição a todos os militantes sérios que sei que ainda existem dentro dessas fileiras. O que vão fazer dentro desse tempo? Tocar aquelas "musiquinhas" ufanistas?  Mostrar aqueles personagens com lábios rasgados naqueles sorrisos esgarniçados enquanto uma voz aveludada pronuncia um texto romântico? Ou quem sabe, uma música grave em tom de enterro demonstrando as obviedades negativas do atual prefeito, que por sinal, já foi ensaiado e elogiado quando da possibilidade de entrar para suas fileiras.

Política é uma merda!  Mas é preciso entendê-la de algum modo. A forma como ela se apresenta, talvez não seja exatamente como pensamos. O buraco é mais em baixo com certeza. O verdadeiro político tem que engolir sapos e cagar cobras.  Tudo para se manter no poder. Tudo para exercer esse poder que emana dele mesmo, por ele mesmo e que é para ele mesmo. O povo, passa a ser o "detalhe" que pode ou não lhe propiciar esse "paraíso"!

Embora tenhamos que assistir "deprimências" como estas;


 ...logo seguida por esta;


...para se chegar finalmente na improvável, porém verídica e histórica como esta;


Pois é...meus pêsames aos eleitores de São Paulo!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA