CARA LIMPA, ALMA IMUNDA

As situações com certeza estão se aproximando rapidamente de um limite. Não é possível que uma Nação aceite passivamente os desmandos quase aparentemente de ficção, mas de conotações verdadeiramente de cruel realidade, sem que isso lhe projete na cara o insulto a sua inteligência.

Renan Calheiros é Presidente do Senado. O voto foi feito de forma secreta, acho isso um absurdo se formos analisar que esses senhores, também tratados por excelências, estão lá para defender nossos interesses sendo que, de forma alguma, poderiam usar desse artificio do sigilo do voto. Pra que serve então a porra da imunidade parlamentar?

Eu assinei o manifesto da rede que, agora às 19;17 de sábado dia 16 de fevereiro de 2013 estava em exatos 1.550.669 . (HUM MILHÃO QUINHENTOS E CINQUENTA MIL SEISCENTOS E SESSENTA E NOVE) brasileiros que não aceitam esse bandido como Presidente de uma casa congressista. Um órgão que deveria ser respeitado como poder democrático, mas que é constantemente usado, assim como a Câmara dos Deputados, para "agasalhar" bandidos, alguns até já condenados.

Antes estivesse numa ditadura em que, escrevendo um desabafo desses, esperaria até a porta ser arrombada para então, trocar "carinhos" com os agentes antes de meu cadáver ser jogado para fora.
Me sinto profundamente envergonhado, revoltado, enojado a cada vez que ouço algum imbecil justificar que; É ASSIM QUE SE GOVERNA!!!!!

Não...não pode ser assim. Não tem que ser desse jeito. O país não precisa mais de uma reforma política, precisa de uma reforma geral, principalmente a política. Mas o povo, enquanto sente que as coisas "aparentemente" não lhes espreme os furúnculos, vai levando, vai se abstendo, vai ignorando tudo o que dizem e fazem em seu nome.

Não existe sequer uma maldita oposição.   A atual, se vendeu, no mínimo.   Cruza os braços, as pernas e faz cara-de-paisagem. Pra que votar nesses então?  Pra que eleger alguém nesse país em que tudo parece ser levado na malandragem, na brincadeira, na mais sórdida artimanha criminosa?

Certa vez, conheci uma guerreira que, através de uma manifestação minha num blog, concordou e passamos a trocar mensagens.  Nosso relacionamento através da internet avançou em poucas semanas para além do que se pode considerar somente uma amizade. Eu SENTIA a profundeza de suas revoltas com a situação, podíamos discutir horas atrás da telinha do computador. Algumas vezes me vi até na condição de advogar pelos políticos tal a ferocidade dessa menina guerreira em atacá-los. Sua revolta era só comparável a sua vergonha.

Infelizmente seu coraçãozinho jovem, (apenas 28 anos) traiçoeiramente a levou daqui num ataque fulminante.
Seu corpo se foi, mas seu espirito combatente ficou em mim. Somou-se ao que já tinha.

Não acredito em violência para solucionar questões, porém, do jeito que as coisas caminham, a forma como  "deslizam" sorrateiramente, infelizmente, aponta cada vez mais para essa degradante situação.

As únicas armas que ainda podem ser usadas, são; o voto e a internet.  A primeira no seu "NÃO USO" como tenho sempre pregado o voto-nulo enquanto de sua "obrigatoriedade". A segunda, as diversas manifestações de "EPA" NÃO É ASSIM NÃO"... Se não podem, não podem, mesmo que encontrem soluções aparentemente lícitas para surrupiarem, se esconderem, ou deslizarem pelas covas obscuras.

Nosso país sangra. Sangra em seus fluídos mais sagrados de ferimentos rompidos dentro de suas Instituições mais vitais. Se deixarmos, se simplesmente ignorarmos o que vem acontecendo aceitando as justificativas medonhas e covardes expostas naqueles sorrisinhos maquiavélicos de quem não está nem ai com os interesses da Nação mas sim, dos deles próprios. Então partamos logo para a bovinidade, para a aceitação pura e simples de que, somos sim, um país de vira-latas, de bundas-moles, de moleques que só querem apreciar o próprio umbigo.

Só que não poderão contar com todos, é certo!  Haverão, tem de haver...aqueles que se chamam BRASILEIROS que como eu nesse momento, contém as lágrimas enquanto escreve com o fígado, o pâncreas, o estômago e todos os órgãos que possam exprimir o nojo por aqueles que, atualmente ACHAM que estão no poder. Que "acham" que basta frequentar um SPA antiestresse pago muito provavelmente com recursos inconfessáveis, estarão com a cara-limpa, embora a alma imunda.

Tudo tem que ter um fim, e continuar votando, elegendo esses verdadeiros monstros de cara limpa e alma imunda, só irá nos arrastar para  o abismo da inevitável violência.

Não....

...não tem que ser assim...



...em memória a jovem guerreira  Anne Louize Berlitozi;







Comentários

  1. Maravilhoso. Valeu a pena ler. É mais um indgnado como eu. Não acredito mais em politico nenhum.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela visita João. Mas a questão não é ficar somente na indignação, é agir. Eu tenho notado que estão usando a internet como arma. Uns para o bem, outros para o mal. As militâncias cegadas por seus próprios egos, não se deixa conscientizar. Se matam como se estivesse em disputa, apenas um simples jogo.-- Se o jogo é assim, então, meu "protegido" tem que ganhar todas...! Esses pouco mais de milhão e meio de brasileiros que assinaram o manifesto não representam ainda um corpo. Um big brother obtém muitos mais em qualquer votação. Deveriam ter, no mínimo, umas 5 milhões de assinaturas nesse manifesto.
    Essa é a arma. A internet. Mas uma arma que deve ser usada de forma limpa, honesta, sem partidarismos. Onde as pessoas reconheçam quando erram, quando são traídas por aqueles em que confiaram o voto. Isso é de uma importância sem tamanho.
    Quando atingirmos esse grau de civilidade, nossa democracia, com certeza, irá avançar.

    Abçs

    Robson de Oliveira

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA