PIMENTA NO "OLHO" DO OUTRO, NÃO ARDE

Realmente não tenho acompanhado sobre a disputa em aprovação do novo índice de aumento dos aposentados. Tenho sim, ouvído muitos protestos, e reclamações do "descaso" do atual governo nesse setor.
Mas me lembro que o PT sempre criticava os pequenos aumentos (segundo eles) quando estavam na oposição. Agora que estão na situação, o discurso é outro!
Tudo bem que faça parte do jogo de empurra, em que se transformou a política nacional há muitos anos.
Com certeza os petístas, irão argumentar que toda essa situação está sendo criada pela oposição, a fim de deixar o governo, em má situação frente ao eleitorado aposentado.
Não deixo de enxergar isso também, tamanha a "obviedade" do momento!

Mas infelizmente tenho que constatar mais uma vez, como o povo é tratado como "bola" sendo jogado de um lado para outro, de pé ao outro pé, até que finalmente seja "chutado" ao seu devído lugar.
Nesse caso, os "dividendos" políticos serão acrescentados ao "placar" de um dos lados, e a "bola" (povo), volta para o meio-de-campo!
No final do jogo, após ser chutada, cabeçeada, peitada, e cuspída, será recolhida, e talvez receba um "afago", ou quem sabe um produtinho para "amenizar" seu sofrimento.
Assim seguirão para outras partídas, até que estourem, ou simplesmente desapareçam de vísta, ou de campo.

Será que se a atual oposição, fosse situação, e fizessem o mesmo, nossos amigos vermelhos não estaríam também "protestando"?

Esse eterno jogo de empurra, de passionalísmos egocêntricos, de bravatas inconsistentes, é que faz com que o povo seja sempre iludido, manobrado, usado, abusado, em sua mais completa ignorância dos fatos.
Afinal, alguém disse certa vez, que o "povo" brasileiro raciocína pelo "estômago".

...no que infelizmente tenho que lhe dar a total razão!!!!!!

Comentários

  1. Meu amigo, vc já viu falar em algum país em que se observa uma total satisfação pela soma recebida como aposentadoria?
    Bem, quem sabe nos países do primeiro mundo isto exista. Dificil em Sul América.
    O que nós temos aqui sim são elevados pagamentos de aposentadoria para uns poucos e uma miséria para a maioria.
    Que tal equilibrar aqueles que tem um super-salário com a maioria da população?
    Sim, somamos todos e dividimos pelo total, vai sobrar mais para todos em geral.
    Por que alguns precisam de um dinheiro absurdo para sobreviver e outros sobrevivem com o mínimo possivel?
    Igualdade na aposetadoria seria uma pequena e ótima melhora para todos.
    Socialização salarial, incluso para aposentados.
    Vai pensando
    Abraço

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA