QUE PODER É ESSE? (FINAL)

"Um dos maiores impérios da antiguidade apodreceu pela corrupção facilitando que outros povos considerados então como bárbaros, dominassem e destruíssem tudo, ao menos quase tudo."


Essa é a terceira e última parte desse post sobre Privatarías e Mensalões e seus desdobramentos corruptiveis.


O mal verdadeiro não está na corrupção em si, mas na forma como é ou não punida. Se um corrupto pego é punido exemplarmente, irá desinteressar outros que porventura estejam planejando o mesmo, essa é a função da justiça penal. Quando não há punição, ao contrário, vemos os elementos serem soltos para continuar mais à frente a causar os mesmos problemas danosos à sociedade, então é porque as instituições já estão podres.



No caso do livro "A Privataria Tucana" vemos fortíssimos indícios de que, ou a justiça resolveu se envolver na cumplicidade com expectativa também de fazer o mesmo no caso do mensalão, ou os mecanismos que usam atualmente para investigar devem ser imediatamente atualizados.



As vezes somos surpreendidos com notícias sobre algum pobre cidadão que cometeu um roubo de algum artigo insignificante, geralmente por desespero de causa, a dele, ou daqueles que lhe são caros. Nesse caso a justiça é IMPLACÁVEL, afinal, a pouca ou nenhuma posse de recursos que serviriam para se jogar esses processos à diversas instâncias de apelação até a prescrição, lhe é negada pela própria condição social degradante.



As vezes também, somos surpreendidos da mesma forma com "habeas corpus" disponibilizados em tempo record para nobres cidadãos verdadeiramente criminosos com o intuito de calar-lhes a boca. Muitas vezes alguns prestam depoimentos já com esses habeas corpus preventivos, ou seja, podem falar à vontade sem medo de receberem voz de prisão.



Isso tem aumentado na mesma proporção das benesses com que diversos magistrados se deleitam. Os recentes escândalos apontados também na direção dessas...olha só..."excelências" levanta tecidos suspeitos de esconderem muito lixo varrido. Que o diga a corregedora Eliana Calmon.



Mas vou ser paciente mais uma vez. Vamos ver se essa CPI das tais "Privatarias" realmente sai, e se sair, quantos irão efetivamente pagar por essa sangria. Vamos aguardar o resultado também do tal "Mensalão" e ver se sai algum veredicto, e se sair, quantos irão efetivamente também pagar pelo crime.



Por enquanto...SOMENTE POR ENQUANTO...



...teremos que aguardar!!!

                                                                             

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS