QUEM QUEBROU A LOUÇA????

Uma coisa que vem me atormentando, não digo mais incomodando, mas atormentando sim, eu diria até uma parcela cada vez maior de brasileiros. A tal da impunidade, a injustiça maior que se perde entre os infindáveis labirintos burocráticos da nossa morosidade penal.
O Brasil, é o único país NO MUNDO onde existem tantas instâncias para que aqueles mais privilegiados financeiramente possam recorrer de suas sentenças condenatórias. Podem enfim, recorrer até o STF, Supremo Tribunal Federal. Isso é para poucos, somente a "casta" privilegiada que tem condições de "empurrar" seus processos até a prescrição!


Ou temos varias instancias, ou as prescrições, os dois juntos não dá. A corrupção deita e rola dentro desses segmentos.

Já disse que não sou contra a corrupção, fato facilmente comprovado pela fraqueza do ser humano e onde a hipocrisia pode negar completamente esse detalhe. Ser contra a corrupção, é como se declarar contra às Tsunamis, os terremotos, enfim, fica muito bonito politicamente e socialmente, mas convenhamos...pára por aí.

O que temos que combater mesmo, é a "impunidade" visto ser ela a criadora, alimentadora, incentivadora, do corrupto. Se não há possibilidade de ser punido, ou se a tal punição for branda demais, pra que então caminhar na retidão? Se os exemplos que vemos TODOS OS DIAS nos apontam exatamente nesse sentido?

Apela-se então para a tal justiça divina? E aqueles que nem acreditam nisso?

"Abençoados todos aqueles que tem sede de justiça, pois serão saciados"


Como se não conhecessem o Brasil.  Também existem algumas ditaduras pelo mundo onde o problema é justamente o contrário. É lógico que condenar um inocente é terrível, até porque se a pena aplicada não tiver como ser reparada, isso no caso da pena capital, que sou extremamente contrário.

Mas e NÃO PUNIR um culpado, não seria também extremamente terrível?

Acho que certas pessoas já nascem com dois tipos de documentos, um é a certidão, o outro, um "habeas corpus preventivo".

É a lei...eu sei!  Temos que respeitá-la e cumpri-la, mesmo que com o passar do tempo ela comece a causar aquela vontade de se apelar aos "justiçamentos" cada vez mais comuns praticados por cidadãos que vão perdendo a confiança na instituição jurídica.

Antes, os culpados eram os corruptos, embora nunca fossem punidos, agora com a entrada nas esferas públicas do partido salvador da moralidade, descobriu-se um novo culpado...O CORRUPTOR, esse desalmado que está cada vez mais e em maior número estuprando as indefesas morais éticas dos nossos queridos salvadores. Quanta maldade meu Deus.

Mais uma classe só descoberta agora que irá com certeza, dividir com seus amigos CORRUPTOS um patamar saudável de verdadeira imputabilidade temporal, onde vão jogando os dados até que tudo esteja devidamente prescrito ou as provas nunca apareçam, afinal, nenhum deles declara isso oficialmente ou emite recibo.

A louça quebrou, está quebrada...mas...

...não foi ninguém!!!!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS