GILMAR X LULA, JOBIM NO MEIO

Não sei ainda se isso pode ser enquadrado na frase "nunca antes na história desse país...". O fato é que um ex-presidente está sendo acusado por um Ministro do Supremo de ter feito chantagem, o que foi desmentido pelo anfitrião também ex-ministro. Logo de início, observei as manifestações pró-Lula nos blogs partidários e notei que seguem o velho padrão de, primeiro "desqualificar" o acusador. Não entra em pauta o crime, mas sim, a desqualificação sistemática de quem acusa. Crime porque um cidadão comum quando chantageia um Ministro que é uma autoridade pode inclusive receber voz de prisão, o que não houve graças a Deus. Até porque seria de uma tormenta que abalaria os poderes.

Nelson Jobim, recebeu a visita de Lula em sua residência, Gilmar já estava lá, ambos conversaram e, em dado momento Lula teria insinuado a "conveniência" de se deixar o julgamento do mensalão para depois das eleições. Gilmar aparentemente discordou. Lula então, segundo o Ministro, teria feito ameaças justificando que seu companheiro José Dirceu estava "desesperado" e se não fosse obedecido, Gilmar teria problemas em explicar sobre suas viagens à Berlim junto com Demóstenes. Gilmar por sua vez, respondeu que vai a Berlim assim como Lula a São Bernardo do Campo ver sua filha e que nunca usou dinheiro público para isso, e sentenciou. "-Faça a acusação".

Essa "novelinha" aconteceu entre os três, Gilmar, Jobim e Lula. Jobim desmente.  Primeiramente diz que ao menos na sua frente, esse assunto não foi tratado indicando que não esteve o tempo todo com os dois. Logo depois, desmente que não houve porque esteve o tempo todo junto e nada disso foi dito.
Questionado sobre o Ministro Gilmar estar então "mentindo", saiu pela tangente dizendo não querer comprometer o Ministro. Hummmmm!!!!  Conveniente!

Gilmar comunicou o ocorrido a dois senadores e ao Procurador Geral da República para se garantir, e agora, denunciou para aquela revista que causa pesadelos nos governistas.

A revista Veja dessa semana trata do assunto. Acredito também ser um passo bem arriscado da editora, até porque; se for uma farsa, vai dar com os burros n'água!  Mas por que o Ministro Gilmar Mendes se arriscaria tanto e por tão pouco numa divulgação dessa natureza? Qual seria seu interesse? Arriscar a se expor dessa forma se não fosse verdade, atrairia para si absurdos que ele provavelmente não quer.

Lula tem sim interesses. Acostumado a "juntar amigavelmente" suas vontades enlaçando os ouvintes com seu ar de "boa praça" tem um alto poder de convencimento. Talvez tenha exagerado na dose. Até agora não se pronunciou. Se o fizer, e quando o fizer, abrirá destemperos com o Ministro justamente às portas do julgamento, o que também não é bom para ele, nem para os acusados que serão julgados.
Existe outra agravante na conversa sobre um suposto "controle" que ele, Lula, tem na CPI.

O assunto é seríssimo. Muito provavelmente virão os militantes petistas esculachar ao invés de argumentarem. Partirão para as supostas personalidades deficientes do Ministro, partirão para as costumeiras desqualificações dos acusadores, Veja e Gilmar. Tudo muito natural. Já é esperado.

Pelo jeito, vai ser uma semana bem quente. Não li a reportagem, aliás, não compro nem leio a Veja, fico sabendo pela blogosfera já com seus argumentos e contra-argumentos. O fato é que: Houve uma denúncia séria de um Ministro do Supremo Tribunal Federal sobre uma tentativa de chantagem, e isso é crime. Aqui ou em qualquer outro lugar onde ainda existam leis.

O jeito é aguardar!








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA