O SORRISO DE DEUS

Houve uma época em que trabalhei para um senhor como seu motorista particular. Na verdade, eu até gostava de cuidar daquele velhinho. Seria mais um trabalho social já que me ocupava apenas dois dias na semana e por poucas horas. Como ele teve um AVC, não podia se deslocar até a fisioterapia, portanto a razão pela qual acompanhei seus últimos meses até seu ciclo terreno findar.
Me lembro que discutíamos muito sobre política. Ele, um petista de carteirinha, daqueles que paravam o difícil caminhar no meio da faixa de pedestres para erguer a bengala e fazer um discurso contra o então Presidente FHC.  Isso podia acontecer na fila de um banco, no meio da rua, no meio do trânsito, enfim, onde quer que lhe desse na telha, lá estava Seu Augusto erguendo a bengala gritando "-presidente de la mierda"!!!!  Nada porém, pior do que seu ódio a Paulo Maluf. Sorte que não viveu para testemunhar certas "alianças" atuais.
Mas o assunto é outro!

Me lembro que foi num dia bem chuvoso. Um daqueles dias que a depressão se instala num piscar de olhos e quando vemos, já estamos perdidos. O céu cinzento, aquela chuvinha chata tamborilando sem parar e um friosinho nojento.

Eu tinha que estacionar, ajudá-lo a sair do carro, o que era de enorme dificuldade, até que muito lentamente fazia seu deslocamento. Bengalinha numa mão e meu apoio na outra. Na volta, a mesma coisa.

Foi num desses instantes que, calados, notamos uma súbita mudança climática bem no momento em que saímos do carro para entrar na clínica.  Naquele exato instante, um raio esplendoroso de sol penetrou através das nuvens quase como num daqueles efeitos de filmes.  A rajada de luz parecia nos iluminar instantaneamente. Eu já havia visto fenômenos assim antes, mas nunca havia reparado com tanta atenção a beleza daqueles poucos segundos.  O momento em que a chuva para e o brilho do sol aparece colorindo tudo.

Foi tão lindo o espetáculo que deixei escapar uma pequena frase.

" UM SORRISO DE DEUS"...

Seu Augusto adorou o comentário. Nos dávamos muito bem.

Não teve discurso naquele dia.

Apenas um acenar de aprovação com a repetição da  mesma frase.

-"É...um sorriso de Deus"!!!!!!

Encontrei essa linda foto na internet que me fez lembrar desse fato por outros meios...






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS