PARALELO "38"

Embora esse silêncio ensurdecedor sobre o atual aspecto beligerante entre a Coréia do Norte e demais países aliados da Coréia do Sul não tenha ocupado o merecedor destaque na imprensa noticiosa, a preocupação deve sim existir. Se não for agora, será num futuro bem próximo. Não existe possibilidade de reversão dessa condição.

Os norte-coreanos liderados por um verdadeiro moleque ditador, um dos pouquíssimos e raros obesos do regime comunista ao qual já mencionei, só privilegia sua casta dirigente nivelando seus cidadãos pelo traço, insiste em sua posição antagônica perante as resoluções da ONU em resposta aos testes nucleares e lançamentos de mísseis balísticos disfarçados de testes de foguetes.  Um moleque que brinca de jogos-de-guerra usando seres humanos como avatares fardados e alinhados ao seu dispor supremo, deve ser eliminado do convívio terrestre o quanto antes. Se a comunidade internacional continuar permitindo que obtenha sucesso em suas pesquisas, corre o sério risco de ver nações verdadeiramente democráticas e de progresso acentuado, se tornarem reféns de sua patologia criminosa!

A única que seria uma incógnita da questão, a China, já mostra sinais de cansaço frente às perturbações inconvenientes provocadas por seu pequeno aliado na península coreana. Os chineses, já em processo de adaptação e progresso dentro do sistema capitalista, começam agora a usufruir aos poucos das prerrogativas inerentes a um sistema um pouco mais justo para seus cidadãos. A Coréia do Norte tornou-se assim, um aliado bastante inconveniente e, portanto, de até desejável eliminação.

Se Pyongyang resolver iniciar realmente uma ofensiva contra  Seul e as bases americanas no Japão, Hawai, e Guan, então, será dado o sinal de partida para uma resposta ofensiva por terra a partir do paralelo 38.

Com certeza os chineses não irão interferir, desde que não seja uma resposta nuclear mesmo que o ataque inicial tenha sido cometido com tais armamentos. Milhões de seres humanos estão na mira desse moleque assassino que leva o nome do pai morto recentemente. A dinastia dos "Kim Jong's" deve ser interrompida o quanto antes sob pena de assistirmos mais um massacre mundial.

Se a Coréia do Norte estiver blefando, como a comunidade internacional acredita estar, então, que se intensifiquem as manobras no sul. Que imponham medo naquele moleque covarde que se esconde atrás de seu império de medo e sangue. Precisamos antes de tudo, libertar seus cidadãos prisioneiros de um regime brutal, assim como foi operado com os alemães orientais poucos anos atrás. Que estes venham para a luz de um novo mundo. Não perfeito, é lógico, mas um pouco mais justo que os que lhes dirigem as vidas lhes mostram.

Tenho certeza que; assim que as tropas sul-coreanas avançarem ao norte atravessando o paralelo 38, Kim Jong-un  estará sorrateiramente fugindo para alguma província chinesa mais acima. Sem esquecer, é óbvio, de ordenar para seus "súditos" que lutem até a última gota de sangue contra os malditos imperialistas que querem esfolá-los.

A raça humana, de vez em quando, produz esses espécimes difíceis de entender. Hitler, Mussolini, Stalin, Khadaff ,entre outros, também pregavam a VITÓRIA FINAL....

...só não contavam de quem seria tal vitória...
...muito menos o porque!!!!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS

COELHOS NA PISCINA