ELES, OS ESPERTOS, E NÓS, OS OTÁRIOS

Dois assuntos se destacaram nos últimos dias;  primeiro, o que já se esperava da atitude do governo que venceu as eleições propondo não mexer onde está mexendo, além de acusar o outro candidato de que este iria fazer isso.  Mas são políticos e essa raça é assim mesmo. Ganha quem engana mais e melhor!

O segundo assunto, apesar de meio disfarçado, quietinho, misturado em meio à mudanças até interessantes, trata de algo como, "suavizar" a vida de corruptos.  A proposta já foi aprovada no Senado e segue impávida seus trâmites com muita discrição.  Trata-se da MP 651 com cerca de 100 artigos.  Um deles, o de número 35, caso passe junto com todos, vai propor que SE e QUANDO algum político for condenado por corrupção, possa ressarcir o que roubou do povo em suaves prestações a perder de vista!

Acho interessante a forma como decidem e "trabalham" nossos políticos.  Elaboram uma pretensiosa relação de "benefícios" a serem debatidos e aprovados ou não e, conforme vão discutindo (negociando), acabam encaixando mimos apenas para si próprios sem levar em conta sequer o que necessita a Nação!

Vamos supor que o PT, queira mesmo sobretaxar as grandes fortunas. O certo seria elaborar a proposta detalhadamente e expô-la para votação nos plenários.  Acontece que, dessa forma, seria muito fácil.  Quem se oporia ou teria coragem de mostrar aos "eleitores" que só quer tirar mesmo é dos pobres?
Mas como é uma proposta fácil de ser aprovada, então já enfiam um monte de outras "propostas" no meio para que, então sim, haja discussão e consequentemente acabem perdendo.  Depois ainda acabam discursando que propuseram algo bom ao país, mas que os outros "malvados" não aceitaram etc e tal.
Da mesma forma os tais  malvados se defendem atacando as barbaridades que vieram junto, e tudo fica por isso mesmo.  A menos que alguma Estatal ou Autarquia, ou algum fundo de pensão, sei lá, libere alguma "verba" pra que, somente as outras propostas - não a que interessa ao país - sejam aprovadas. Aí então, temos as tais "comissões", os tais semanões, mensalões, ou qualquer outro nome que possam inventar.
É assim que funciona. ...quer dizer...funciona somente para elles!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS