HEMORRAGIA CAPITAL

A julgar pelas fracas manifestações feitas nesse último sábado em todo o Brasil, chego a conclusão de que o brasileiro ainda não está bem a par do que realmente está acontecendo no país.
É lógico que não foram fracas totalmente. Muitos expuseram o que sentiam, mas percebi o quanto o brasileiro está dividido e temporariamente confuso.  Alguns querem o impedimento da Presidente Dilma, mesmo ainda não havendo provas públicas do envolvimento dela nos crimes da Petrobrás. Outros querem a volta dos militares ao poder.  Já outros ainda, querem mais isso, menos aquilo, enfim. Uma divisão dentro da própria divisão onde não há uma rota firme e coerente.

Os protestos já pipocam por toda a América Latina, desde a Venezuela, passando pela Argentina, e vem chegando ao Brasil.  O governo sabe disso.  Apesar da aparente calma demonstrada pelos nossos mandatários, a realidade é bem diferente.  Devem estar ocupadíssimos em reuniões e mais reuniões buscando saídas que provavelmente não irão encontrar.  Por enquanto, jogam com política, mas logo estarão jogando com a polícia.  Dezenas de advogados caríssimos devem estar sendo contratados a peso de ouro.  Mas isso faz parte.  Todos tem direito à defesa.  A democracia assegura isso!

O problema é que o brasileiro já está perdendo a fé nas próprias instituições. Muitas pessoas, muitos amigos com quem conversei me disseram isso.  Disseram que não acreditam que possam haver políticos realmente punidos.  No máximo, a repetição do que ocorreu no caso do mensalão.  Todos soltos!!!

Mas o que agrava mais a nossa situação atual, é, sem dúvida, o estado em que está a nossa economia e o rumo que ela está tomando. Os motivos?  Péssima administração, não tem outra explicação.  Colocar a culpa no mercado externo é até criminoso já que outros países latinos estão melhores apesar disso. Não existem planos...nada para estancar essa hemorragia capital.  Uma coisa está ligada à outra e parece não haver saída.  Jamais poderia imaginar o quão grave está nossa situação, que só não demonstra ainda sua cara completamente, devida à força que ainda lhe resta para aparentar alguma pouca saúde.

Os pobres....aqueles a quem o governo berrou aos cinco ventos que são a razão de suas existências, é que serão os mais diretamente atingidos dentro de pouco tempo caso nada seja feito em regime de urgência urgentíssima (nunca entendi esse termo).

A inflação reúne suas forças para retornar com total magnitude.  A taxa de juros nas alturas.  São dois fatores que servem para o controle do mercado. O mercado é controlado para obtenção de empregos e tudo isso culmina com arrecadação de  impostos. Pois bem.   Nosso crescimento nos últimos tempos tem mostrado o que acontece com uma economia baseada apenas em consumo e expressões de grandeza afinada com discursos e propagandas falsas.  Os tais pessimistas choram ao ver sua previsões se concretizando enquanto os otimistas também por razões opostas.  Nossa maior Estatal sangra por todos os poros como uma vítima do terrível ebola monetário.  Fosse uma empresa privada já teria falido de vez.

O governo não consegue montar uma equipe séria.  Parece impedido pelos escândalos diários descobertos pela Polícia Federal.  Outros países como a Holanda e os Estados Unidos da América, resolveram investigar o que não conseguimos investigar para a vergonha dos muitos brasileiros que ainda cativam algum orgulho pelo Brasil e ódio aos gringos....fazer o que?  Nossas relações promíscuas com ditaduras horrendas começam a aparecer para reforçar a negatividade do nosso caráter nacional.  A única coisa certa, parece ser a enorme recessão que se aproxima, seguida de inflação descontrolada. Isso será também culpa do mercado externo?  Nossa economia vai tão mal que, Dilma envia ao congresso um pedido urgente de ajuda para que facilitem mais uma "maquiagem" nas contas para que possam fechar o ano no azul.  Querem transformar déficit em superávit tal qual empresas costumam fazer criminosamente para enganar seus trouxas.

Dizem que se não conseguirem o que querem...."a maquiagem"  irão ter que cortar benefícios sociais numa clara ameaça politica.  Ora...porque não praticam um choque fiscal?  não reduzem a máquina pública tão absurdamente inchada?  Gastaram à vontade não é?  Foram incompetentes e abusaram criminosamente da máquina pública para ganhar vantagens. Fizeram chantagens, praticaram estelionatos, roubaram, desviaram, e agora querem o que?

A oposição também tem culpa sim.  Deixou tudo isso ficar dessa forma  sem se manifestar.  Ficamos reféns de um governo perdulário, autoritário, soberbo, prepotente, ganancioso, criminoso, além de extremamente e infinitamente corrupto.  Não falamos mais em milhares, nem sequer em milhões....agora já aparecem frequentemente em "BILHÕES"  as cifras ilícitas que alimentam essa máquina arrogante!

Só espero que o povo brasileiro da qual eu faço parte, ainda acorde a tempo e sinta a verdadeira magnitude dessa doença que está nos atingindo agora para que possamos - do mesmo jeito que um corpo biológico se livra de seus vermes e vírus -  possamos nos livrar desses parasitas sociais.   E não vai ser através do voto, infelizmente, pois até mesmo esse mecanismo democrático, conseguiram destruir.

Vai ser nas ruas e nas praças!

...amém!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS