O QUADRAGÉSIMO MINISTÉRIO

Está certo então. Agora que estão novamente se defendendo expondo ao país que nem um simples paralelepípedo é colocado no Brasil sem que se "molhe" as mãos de algum órgão público, fica estabelecida mais uma pasta institucional do governo; o Ministério da Corrupção.   O governo petista que incansavelmente dizia que iria combater exatamente isso, resolveu então aceitar como inevitável e até progressismo tal expediente.  Também institucionalizou o "Caixa Dois" tão bem explicitado verbalmente por Lula durante a fase inicial do caso do mensalão, sendo então aperfeiçoado em seu significado por Delúbio Soares como "Recursos  não Contabilizados" dando então, um ar mais sofisticado ao "procedimento".

Essa é a tal revolução socialista que tanto pregam por aí?  É dessa forma que a Venezuela, mesmo sobre um oceano de petróleo não produz absolutamente nada. Nem sequer papel higiênico.  É dessa forma estatizante onde todas as empresas públicas devem possuir membros com funções específicas e dirigidas pelo governo para "produzir" verbas destinadas a interessados em perpetuações no poder.  Sendo assim, nada mais natural do que institucionalizar isso.  Criar o novo ministério é preciso sim.  É necessário termos mais cargos negociados, mais sorvedouros de impostos, mais fontes de receitas não contabilizadas que passariam a ser então, contabilizadas.  O mesmo que querem fazer com as drogas. Se não podem combatê-las, então que se descriminalizem.  Assim também com o aborto.

Se eu subornar um policial para evitar uma multa maior, basta emitir um recibo para que esteja dentro da legalidade e possa ser restituído em parte depois.  Afinal de contas, estou colaborando com o governo!
Se eu for preso, basta "contribuir" com a parte da delegacia e dos magistrados para que não tenham que gastar comigo em processos, encarceramentos e tutórias caras.

O presidente ou a presidente, então, terá seus 40 ministros.

Pra que leis não é mesmo???  Se podem ser flexibilizadas de acordo com interesses financeiros ou políticos!
Não querem considerar inidôneas as empresas envolvidas nos crimes de corrupção porque, senão, não teremos mais obras no país.  Simples.

Aqui no Brasil, tudo se resolve facilmente!!!  Somos realmente muito criativos.

Então o novo ministério poderá cuidar de apresentar os resultados sempre mais crescentes e auspiciosos daquilo que o povo brasileiro mais gosta.  De se corromper ou corromper alguém.  A industria da dificuldade, com certeza irá melhorar e crescer bastante também.  As vendas de facilidades estarão nos patamares mais altos.  O povo irá receber suas cotas sempre crescentes de benefícios emergenciais agora eternizados, e todos viveremos felizes para sempre.

Também pra que eleições?  Por que gastar 100 bilhões a cada campanha se podemos utilizar essa verba para alimentar a máquina de propaganda governamental ao invés da máquina de campanha.

Tudo isso é perfeitamente funcional enquanto o "povão" que não lê, não pensa, e se contenta em ser aquilo que lhes mandam ser, continuar sorrindo com seus chaveirinhos e espelhinhos. Ótimo!!!!!

Ficaremos muito bem sem os tão odiados banqueiros e grandes industriais.  Ficaremos melhor ainda sem a agroindústria e todos os sem-terras devidamente assentados e produzindo seus feijões e arroz de subsistência.  Temos dinheiro afinal, para importar os alimentos e os insumos necessários a manutenção da suprema felicidade tal qual os nossos irmãos venezuelanos desfrutam.

Pensando bem...pra que trabalhar???  Melhor ficar tranquilo em casa assistindo os programas produzidos pelos governos.  Os discursos infindáveis de como estamos bem e melhorando. De como expulsamos os grandes empresários e grandes latifundiários tão nocivos ao nosso glorioso progresso!  24 horas de programas realmente construtivos sem interferência daqueles que só falavam mal do governo.  Ficaram calados por medidas que lhes controla os conteúdos.  Agora, só podem emitir opiniões "sensatas" e "imparciais".

Sendo dessa forma mesmo.  Este será meu último texto nesse blog.

Infelizmente não conseguirei me adaptar à essa nova realidade.

Não tenho nenhum talento para vestir qualquer tipo de "canga"!!!   Jamais aceitarei qualquer grilhão metafórico ou concreto.

O que eu quero saber mesmo é se vão ou não vão institucionalizar oficialmente tudo isso!  Ficar no meio termo não dá.   Já institucionalizaram verbalmente.   Espero a definição oficial!!!!

E aí...??????

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

TIJOLO ECOLÓGICO - PROBLEMAS COM UMIDADE NA CONFECÇÃO

COELHOS NA PISCINA

O CIDADÃO, O SÚDITO E SEUS ORIFÍCIOS